WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia





agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
videos


:: 7/ago/2019 . 13:41

MÚSICA: BANDA TRIO DA HUANNA ASSINA CONTRATO COM A SOM LIVRE

Na tarde desta terça-feira, 6, a banda Trio da Huanna, de Ibicaraí, sul da Bahia, deu um grande salto na carreira e desembarcou no Rio de Janeiro para assinar contrato com uma das gravadoras mais renomadas do cenário musical brasileiro, a Som Livre. Para os integrantes da banda, que já possuem 16 anos de estrada, esse é um momento de total reconhecimento pelo trabalho que eles vêm desenvolvendo.

Dona de grandes sucessos como “Piriri Pom Pom” e “Chuva De 100”, a banda é composta pelos irmãos Luizinho, Neto e Lúcio, além do parceiro Fuscão, e agora está focada na gravação do seu novo álbum que, segundo o empresário Leonardo Alves, já começou a ser produzido e em breve será lançado em parceria com a Som Livre. “Também estamos trabalhando em cima do projeto da gravação do DVD e, dentro de pouco tempo, teremos mais novidades”, explicou Alves.

Governo do Estado sanciona leis de combate ao abuso sexual contra mulheres

No dia em que a Lei Maria da Penha completa 13 anos, o governador Rui Costa sanciona duas leis voltadas à proteção das mulheres na Bahia. Ambas foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) e estão em vigor a partir desta quarta-feira (7).
Uma delas dispõe sobre a obrigatoriedade da fixação de placas contendo, de forma legível e aparente ao público, a lei federal nº 13.718/2018 em diversos espaços e meios de transporte, com o objetivo de combater a importunação sexual contra mulheres. As placas também devem indicar o Disque 180 para denúncia das violações.
A obrigatoriedade é válida para trios, camarotes, restaurantes, bares, boates e casas de show, além de meios de transporte intermunicipal, hidroviário, rodoviário e metroviário. O descumprimento da lei implicará em multa, que será revertida para ações da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM).
A outra lei indica que os serviços de transporte intermunicipal de passageiros devem adotar campanhas afirmativas, educativas e preventivas sobre o abuso sexual e a violência contra a mulher sofridos no interior dos veículos coletivos. As campanhas envolverão a confecção de cartazes com instruções para identificação do agressor, acompanhadas dos números da Polícia Militar (190) e da Central de Atendimento à Mulher (180).

ILHÉUS: SECRETARIA DE CULTURA E TURISMO EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em relação a publicação “Cultura de Ilhéus a preço de banana”, veiculada no último sábado (3), no Facebook, a Secretaria Municipal da Cultura e do Turismo (Secult) esclarece que é inverídica e leviana a informação de que o titular da pasta, Fábio Manzi Junior transformou seu gabinete em uma ‘banca de feira’ – com negociações proponentes dos projetos culturais habilitados no edital Demanda Espontânea – Apoios Culturais.

A verdade é que o Edital contempla propostas culturais do município, selecionadas nas cinco chamadas estabelecidas no presente chamamento público. Salienta que a liberação dos recursos financeiros (veja Edital) está sujeita à existência de dotação orçamentária, ou seja, o apoio financeiro será repassado aos proponentes de acordo com a disponibilidade orçamentária do Fundo Municipal de Cultura.

Ressalta-se também que uma vez inscritos, os proponentes aceitam as cláusulas e itens contidos no presente edital (vide item 4.9). Além disso, há margem discricionária para que seja feito reajuste orçamentário, informação contida no item 7.7. Diante disso, a Secult reconhece o papel que os artistas locais desempenham para o fortalecimento e o reconhecimento da cultura do município de Ilhéus.





web