WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura ilheus



janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
videos


:: ‘_destaque1’

Ilhéus: Secretário de Turismo, Fábio Jr., com suspeita de Covid-19 suspende agenda e fica em isolamento

O secretário de Turismo de Ilhéus, Fábio Júnior, entrou em isolamento domiciliar nesta quinta-feira (21) após apresentar sintomas da Covid-19. A informação foi confirmada pelo secretário ao Leo Novais Notícias, após  ser questionado sobre sua ausência na reunião acerca do turismo de Ilhéus com o Prefeito Mário Alexandre, com o secretário Estadual de Turismo, Fausto Franco,  diretor-presidente da Codeba, Carlos Autran Amaral e  com representante da Marinha, que pautaram algumas ações importantes;

☑️Requalificação e revitalização do cais do Antigo Porto no Centro Histórico potencializando o turismo e o aproveitamento do espaço,
☑️ Acompanhamento das medidas destinadas à Codeba para contenção do avanço da maré no São Miguel e São Domingos.

Fabio afirmou que teve febre e dores no corpo, mas que já foi medicado e está se sentindo melhor e aguardando o exame PCR para confirmar ou descartar a doença. Enquanto isso, a agenda dele na está suspensa.

Ilhéus: Veja as vagas de emprego do SINEBAHIA para sexta-feira (22)

Os candidatos interessados devem enviar um e-mail para sinebahia.ilhéus@setre.ba.gov.br com o nome completo, números de CPF, PIS, telefone, currículo e o nome da vaga pretendida.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: das 7h às 15:30h.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA: Imprescindível enviar por e-mail todos os dados necessários.

Vagas exclusivas para Ilhéus até dia (22.01.2021)

ENCARREGADO DE PREVENÇAO E PERDA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na Função em carteira de trabalho

01 VAGA

ENCARREGADO DE PERECÍVEIS

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na Função em carteira de trabalho

01 VAGA

ENCARREGADO DE FRENTE DE LOJA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na Função em carteira de trabalho

01 VAGA

REPRESENTANTE COMERCIAL

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na Função

02 VAGAS

VENDEDOR (ÁREA DE TECIDOS)

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na Função

01 VAGA

MECÂNICO DE AUTOMOVEL

Ensino Fundamental completo

Experiência mínima de 6 meses na Função

02 VAGAS

Ilhéus: Idosos acima de 80 anos serão vacinados contra a Covid-19 nesta segunda (25) e terça (26)

Idosos com mais de 80 anos serão vacinados contra a Covid-19 na próxima segunda (25) e terça-feira (26) em Ilhéus. As doses serão aplicadas nas unidades do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Norte, Sul, Vilela, Olivença e Oeste (Banco da Vitória); no PA da Zona Sul e no CEMAE (antigo Colégio Fênix), das 9h às 16h. A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) informa que a vacinação é exclusiva para idosos acima de 80 anos.

É preciso levar documento de identificação, comprovante de residência, cartão de vacina e do SUS. As unidades do CRAS atenderão o público-alvo conforme a área de abrangência. Para evitar a transmissão da Covid-19, a população deve seguir todos os protocolos de segurança sanitária, com medidas de distanciamento social e uso da máscara de proteção e álcool em gel.

Pontos de vacinação:

Cras Norte

Endereço: Avenida Raimundo Sá Barreto, 539 – Jardim Savóia.

Cras Sul

Endereço: Avenida Dr Arnoldo Neves – Nossa Senhora da Vitória.

Cras Vilela

Endereço: Avenida Governador Paulo Souto (perto da Associação de Moradores), 625 – Teotônio Vilela.

CRAS Oeste

Endereço: Rua Duque de Caxias, 154 – Banco da Vitória.

CRAS Olivença

Endereço: Rua Almerindo Sarmento, 8 – Olivença.

PA da Zona Sul

Endereço: Rua Diaconisa Góes, 780 – São Francisco.

CEMAE – antigo Colégio Fênix

Endereço: Avenida Canavieiras, 275 – Cidade Nova

Una: Prefeitura abre processo seletivo; inscrições serão on-line

A Prefeitura do município de Una abriu hoje (20) seleção  e contratação por prazo determinado  de profissionais para atuarem em atendimento  às necessidades de excepcional interesse público, em regime de designação temporária, aos programas específicos  e rede assistencial de atendimento contínuo; Secretaria de saúde, secretaria de  governo, administração e planejamento .

 Os candidatos deverão inscrever-se através de preenchimento do formulário constante do ANEXO I que se encontra no Edital (CLICA AQUI E CONFIRA O EDITAL) , que deverá ser enviado através de do e-mail: processoseletivo@una.ba.gov.br, acompanhado do respectivo currículo do candidato e dos documentos comprobatórios do atendimento dos requisitos de escolaridade e das titulações apresentadas, além do comprovante de pagamento da taxa de inscrição, todos em formato pdf.

TAXA DE INSCRIÇÃO: Para participar do processo seletivo o candidato deverá pagar taxa de inscrição obrigatória, cuja comprovação de pagamento deverá acompanhar o pedido de inscrição, no seguinte valor, se revelando exclusivamente necessária para o custeio das despesas inerentes à sua realização.

CARGO NÍVEL MÉDIO/FUNDAMENTAL: R$ 35,00 (trinta e cinco reais)

PERÍODO: Das 8:00 h do dia 20/01/2021 às 23:59 h. do dia 26/01/2021.1.2

Ilhéus: Dumar investe R$ 1 milhão e amplia produção de pescados

A Dumar estima investir R$ 1 milhão para ampliar e modernizar a unidade fabril destinada ao processamento e conservação de peixes, crustáceos e moluscos, no município de Ilhéus. O protocolo de intenções foi assinado com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), nesta terça-feira (19). Além de manter os 19 empregos diretos existentes, a empresa vai gerar 60 novas vagas de trabalho.

“O setor pesqueiro tem crescido muito na Bahia. Ano passado atraímos três empreendimentos do segmento para Lauro de Freitas, Feira de Santana e Ilhéus, onde a Dumar vai ampliar suas atividades. Juntos, os quatro investimentos vão gerar R$ 215,6 milhões. Esses investimentos são importantes, pois impulsionam o mercado local”, afirma o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico.

De acordo com o proprietário Joilton Machado, com a ampliação, a produção atual de 30 toneladas/mês pode chegar a 90 toneladas por mês. “Nossa produção deve dobrar logo nos primeiros meses de ampliação, com previsão de aumentar mais ainda e triplicar o número de funcionários. Eu acho que o mais importante disso tudo é a possibilidade de gerar mais emprego neste momento em que tanta gente ficou desempregada. Conseguimos enfrentar a pandemia e o crescimento nos encorajou a partir para ampliação”, destaca.

Ato simbólico marcará o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa

Um ato simbólico no Parque do Abaeté, em Salvador, marcará o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, nesta quinta-feira (21), a partir das 8h. A atividade ocorrerá em frente ao busto da yalorixá Gildásia dos Santos, a Mãe Gilda, considerada símbolo de resistência e afirmação das religiões de matriz africana, inspirando a criação da data.

O evento é realizado pelo Ilê Axé Abassá de Ogum, com número limitado de pessoas em virtude da pandemia de Covid-19, mas terá transmissão ao vivo pelo Instagram (@axeabassadeogum).

A programação incluirá uma homenagem à Mãe Gilda, que liderou o Abassá de Ogum até seu falecimento, após ser vítima de intolerância, em 2000. Estarão presentes no ato a yalorixá Jaciara Ribeiro, filha biológica de Mãe Gilda, além da titular da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), Fabya Reis.

Dados do Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela apontam que, em 2020, foram denunciados 29 crimes de ódio religioso, totalizando 232 desde a implantação do serviço, em 2013.

A data

O Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa foi instituído em 2007, tendo o caso de Mãe Gilda como um dos mais emblemáticos na luta contra o racismo e o ódio religioso no país. Após ter a imagem maculada e o terreiro invadido e depredado por representantes de outra religião, a sacerdotisa teve agravamentos de problemas de saúde e faleceu em 21 de janeiro de 2000.

O episódio repercutiu amplamente, resultando em projetos de lei na esfera municipal e, em seguida, sendo reconhecido na esfera federal. A data é um marco para fomentar o debate acerca do respeito às diferentes crenças e à liberdade de culto.

Políticas públicas

Na Bahia, dentre políticas públicas na área está o Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, serviço de atendimento gratuito, em Salvador. Vinculado à Sepromi, o equipamento oferece apoio social e jurídico a vítimas, desde 2013.

O Centro de Referência é uma das portas de entrada dos casos acompanhados pela Rede de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa, composta por instituições do poder público, universidades federais e estaduais, o Sistema de Justiça e um conjunto de organizações da sociedade civil.

Covid: Prefeito de Ilhéus dá vacina nas 4 primeiras pessoas

Quatro trabalhadoras da saúde que estão na linha de frente no combate ao coronavírus, foram vacinadas contra a Covid-19 pelo o prefeito Mário Alexandre na manhã desta terça-feira (19).

Esteve presente a primeira dama Soane Galvão.

Covid: Ilhéus recebeu a vacina na madrugada de hoje (19)

O município de Ilhéus recebeu a vacina da Covid-19 da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), na madrugada desta terça-feira (19). Os lotes de 6.017 doses da vacina Covid-19 do Butantan, foram desembarcados no Aeroporto Jorge Amado por volta das 3h.

“Estamos preparados para realizar todos os protocolos para uma imunização segura para a nossa população ilheense. Daremos início com o grupo prioritário na Fase 1, conforme o Plano Municipal de Vacinação. Com a vacina, muitas vidas serão poupadas”, destacou o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre.

De acordo com informações da secretaria municipal de saúde (Sesau), a primeira vacinação em Ilhéus será realizada na sala de imunização do antigo Sesp, na Avenida Canavieiras, na manhã desta terça-feira (19), logo cedo. A população prioritária na 1ª fase compreende os trabalhadores da saúde; os idosos abrigados que tem de 60 a 80 anos ou mais; e indígenas. Estima-se um total de 29.632 doses para essa primeira etapa, com duas doses para cada usuário.

Música: Clipe de Biel e Tays Reis já bateu a marca de 2 milhões de views com apenas um dia de lançado

Biel e Tays Reis são um dos casais formados na 12ª edição do reality show A Fazenda, da Record TV. Dando frutos fora do confinamento, o romance agora tem trilha sonora oficial. Os cantores lançaram um clipe para a música em conjunto Artigo 157.

No refrão, Biel canta: “Troquei de profissão, amor virei ladrão. Artigo 157, eu vou roubar seu coração”.

O casal lançou um clipe para a faixa, no qual aparece em momentos fofos na praia, comendo junto e até surpreende com uma cena na qual Tays faz um teste de gravidez, que dá positivo.

Nas redes sociais, a cantora deixou os fãs alvoroçados ao publicar uma foto abraçando Biel com o teste na mão, mas era apenas cena do clipe.

Biel e Tays aproveitaram o sucesso do vídeo, que já bateu a marca de mais de 2 milhões de visualizações e lançaram um desafio de dança fazendo a coreografia da música.

Veja abaixo o clipe de Artigo 157 e a dancinha feita pelo casal.

Covid: Governo Federal inicia a distribuição da vacina; veja como será a 1º fase em cada Estado

O Ministério da Saúde iniciou, nesta segunda-feira (18), a distribuição da vacina contra a Covid-19. No Centro de Logística da pasta, em Guarulhos, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, se reuniu com governadores e disse que a distribuição será feita de maneira proporcional a cada região brasileira.

O ministro afirmou que a vacinação pode começar ainda nesta segunda-feira (18). “A gente distribui tudo hoje (18), e a vacinação começa hoje ao final do dia”, reforçou.

“Tudo isso demonstra o trabalho em conjunto, tudo isso demonstra a nossa lealdade federativa. No que depender do Governo Federal e do Ministério da Saúde, nós vamos cumprir rigorosamente o que for combinado. Em nome da nossa ética, em nome da nossa palavra”, afirmou.

Ao todo, são seis milhões de doses desenvolvidas pela farmacêutica Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

Logística

A distribuição conta com uma frota de 100 caminhões com áreas de carga refrigeradas, com sistema de rastreamento e bloqueio via satélite. Além disso, o Ministério da Saúde tem o apoio da Associação Brasileira de Empresas Aéreas por meio das companhias aéreas Azul, Gol, Latam e Voepass, para transporte gratuito da vacina às unidades federadas do país que necessitam do transporte aéreo. O Ministério da Defesa contribuirá com a distribuição da vacina para os municípios.

Anvisa

Nesse domingo (17), a Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a autorização temporária de uso emergencial da vacina CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, e da vacina Covishield, produzida pela farmacêutica Serum Institute of India, em parceria com a AstraZeneca/Universidade de Oxford/Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Segundo a Anvisa, a Fiocruz e o Instituto Butantan devem dar continuidade aos estudos e à geração de dados para permitir o registro sanitário na agência. E informou que precisam manter o monitoramento da segurança das vacinas.

Veja como será a distribuição em cada região brasileira:

Região Norte

Acre

– Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 244
– População indígena vivendo em terras indígenas: 12.815
– Trabalhadores de saúde: 6.343
– Total: 19.402

Amapá 

– Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 76
– População indígena vivendo em terras indígenas: 7.616
– Trabalhadores de saúde: 7.057
– Total: 14.749

Amazonas 

– Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 400
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 60
– População indígena vivendo em terras indígenas: 101.156
– Trabalhadores de saúde: 32.813
– Total: 134.429

Pará 

– Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 962
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 10
– População indígena vivendo em terras indígenas: 23.184
– Trabalhadores de saúde: 58.334
– Total: 82.490

Rondônia 

– Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 140
– População indígena vivendo em terras indígenas: 7.784
– Trabalhadores de saúde: 15.595
– Total: 23.519

Roraima 

– Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 100
– População indígena vivendo em terras indígenas: 36.834
– Trabalhadores de saúde: 4.833
– Total: 41.767

Tocantins 

– Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 424
– População indígena vivendo em terras indígenas: 6.749
– Trabalhadores de saúde: 13.803
– Total: 20.976

Região Nordeste

Alagoas 

– Pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas: 1.246
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 10
– População indígena vivendo em terras indígenas: 7.946
– Trabalhadores de saúde: 32.594
– Total: 41.796

Bahia

– Pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas: 9.788
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 285
– População indígena vivendo em terras indígenas: 27.201
– Trabalhadores de saúde: 142.087
– Total: 179.361

Ceará 

– Pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas: 2.398
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 132
– População indígena vivendo em terras indígenas: 20.250
– Trabalhadores de saúde: 86.380
– Total: 109.160

Maranhão 

– Pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas: 264
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 110
– População indígena vivendo em terras indígenas: 19.626
– Trabalhadores de saúde: 58.223
– Total: 78.223

Paraíba 

– Pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas: 1.212
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 120
– População indígena vivendo em terras indígenas: 10.432
– Trabalhadores de saúde: 42.925
– Total: 54.689

Pernambuco 

– Pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas: 2.462
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 130
– População indígena vivendo em terras indígenas: 26.506
– Trabalhadores de saúde: 99.924
– Total: 129.022

Piauí 

– Pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas: 460
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 10
– População indígena vivendo em terras indígenas: 21
– Trabalhadores de saúde: 28.651
– Total: 29.142

Rio Grande do Norte

– Pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas: 1.400
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 10
– População indígena vivendo em terras indígenas: 0
– Trabalhadores de saúde: 37.848
– Total: 39.258

Sergipe 

– Pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas: 240
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 22
– População indígena vivendo em terras indígenas: 250
– Trabalhadores de saúde: 22.760
– Total: 23.272

Região Centro-Oeste

Distrito Federal

– Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 648
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 178
– População indígena vivendo em terras indígenas: 95
– Trabalhadores de saúde: 49.629
– Total: 50.550

Goiás 

– Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 8.828
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 475
– População indígena vivendo em terras indígenas: 320
– Trabalhadores de saúde: 77.549
– Total: 87.172

Mato Grosso 

– Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 2.382
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 190
– População indígena vivendo em terras indígenas: 28.758
– Trabalhadores de saúde: 28.744
– Total: 60.074

Mato Grosso do Sul

– Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 2.966
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 95
– População indígena vivendo em terras indígenas: 46.180
– Trabalhadores de saúde: 26.356
– Total: 75.597

Região Sudeste

Espírito Santo

– Pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas: 2.970
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 210
– População indígena vivendo em terras indígenas: 2.793
– Trabalhadores de saúde: 42.273
– Total: 48.246

Minas Gerais 

– Pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas: 38.578
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 1.160
– População indígena vivendo em terras indígenas: 7.878
– Trabalhadores de saúde: 227.472
– Total: 275.088

Rio de Janeiro

– Pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas: 10.892
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 783
– População indígena vivendo em terras indígenas: 381
– Trabalhadores de saúde: 220.495
– Total: 232.551

São Paulo

– Pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas: 42.604
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 1.357
– População indígena vivendo em terras indígenas: 3.727
– Trabalhadores de saúde: 598.518
– Total: 646.206

Região Sul

Paraná 

– Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 12.224
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 482
– População indígena vivendo em terras indígenas: 10.816
– Trabalhadores de saúde: 102.959
– Total: 126.481

Rio Grande do Sul

– Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 9.510
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 380
– População indígena vivendo em terras indígenas: 14.348
– Trabalhadores de saúde: 138.523
– Total: 162.761

Santa Catarina

– Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas: 3.460
– Pessoas com deficiência institucionalizadas: 263
– População indígena vivendo em terras indígenas: 8.317
– Trabalhadores de saúde: 56.540
– Total: 68.580











rl consultoria




web