WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

camara ilheus



agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
videos


:: 5/ago/2019 . 15:47

ILHÉUS: Ponto de ônibus do paredão é relocado provisoriamente por conta de reformas

Por conta das obras de reforma do ponto de ônibus localizado no paredão do Hospital São José, na Avenida Bento Berilo, um dos principais de Ilhéus, a Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade (Sutram) relocou no início da manhã desta segunda-feira (5), a parada dos serviços de transporte coletivo centro-zona sul, para a Avenida Tiradentes, na altura da Igreja Universal.

A recente alteração se dá por conta do cumprimento do Decreto 133/2019, que determina às empresas São Miguel e Viametro, concessionárias dos serviços de transporte coletivo, a reforma 10 pontos de ônibus na cidade, além da inclusão de 14 novos ônibus até 30 de julho de 2019 e mais 20 até julho de 2020. Para garantir os serviços, o órgão transferiu provisoriamente para um espaço 100 metros após o equipamento que passa por obras.

Como noticiamos aqui, esse ponto estava colocando em risco os passageiros, relembre clicando aqui.

ILHÉUS: Seminário de atenção primária à saúde discute democracia e políticas públicas

No Dia Nacional da Saúde, data em que se comemora ainda o nascimento de Oswaldo Cruz, médico e pioneiro da medicina experimental no Brasil, a oportunidade de rediscutir os avanços na democracia e as estratégias indispensáveis para enfrentar os desafios da saúde pública no município de Ilhéus. A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) organizou nesta segunda-feira (5), no Centro de Convenções, o I Seminário de Atenção Primária, que busca contribuir para o debate sobre as opções de fortalecimento do setor em Ilhéus.

O público participante contou com os palestrantes, dr. Jairnilson Paim, do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA (ISC/UFBA) e dra. Cristina Setenta Andrade, da UESC/UESB, que na ocasião, analisaram e apresentaram resultados, uma série de evidências científicas sobre o impacto da atenção primária à saúde na redução das desigualdades e na melhoria dos indicadores de saúde na Bahia, no Brasil e no mundo. O encontro reuniu estudantes, profissionais e articuladores dos setores da saúde.

Avanços – O prefeito Mário Alexandre ressaltou o êxito do evento na atual gestão municipal. Para ele, houve aumento da cobertura, acesso, equidade e satisfação dos usuários do SUS. “Quando assumimos o governo de Ilhéus a saúde tinha um índice de rejeição de mais de oitenta por cento. Para contrariar tudo isso, reorganizamos o setor e ampliamos a oferta dos serviços, com profissionais concursados, médicos, reformas de postos de saúde e melhoria no atendimento de toda a rede”.

Ao destacar os 30 anos do SUS no Brasil, dr. Jairnilson Paim disse que o sistema é uma conquista do povo brasileiro. Na sua avaliação, o SUS não saiu de governantes, partidos políticos e nem dos organismos internacionais. “O SUS nasceu nas periferias, zonas rurais, da organização popular, dos profissionais de saúde e dos pesquisadores. Estamos vivendo um momento difícil para a democracia no País. Há uma preocupação em trazer essa conquista de forma mais clara e isso se faz com atenção básica e primária”, frisou.

Já o titular da Saúde em Ilhéus, Geraldo Magela lembrou que este trabalho começou em 2018, no processo de reorganização do trabalho da rede de saúde municipal. “Este cenário vem coroar o trabalho e lançar novas propostas, graças aos investimentos na saúde e na atenção básica, especificamente, feitos pelo prefeito Mário Alexandre. Isso melhorou, significativamente, e portanto, está de parabéns a equipe por ousar fazer uma saúde diferente e transformadora no município”.

O diretor da Atenção Básica e Primária da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), José Cristiano Sóstenes salienta a atual gestão tem feito seu dever de casa, com ações e investimentos na atenção primária. “Esse evento fala aquilo que precisa ser avançado, e casa muito bem com o momento que Ilhéus está vivendo. O Estado tem monitorado e compartilhado todos os investimentos, através do apoio, porque acreditamos numa gestão que está efetivamente executando aquilo que tem sido proposto”.

Primeiro evento – O objetivo é permitir uma aproximação ainda maior dos conceitos e das técnicas de avaliação em saúde, voltadas para atenção primária à saúde, conforme disse a diretora da atenção básica do município, Jailma Cunha Lima. “A ideia desta primeira edição é construir um seminário com ênfase na democracia e na saúde, a fim de fortalecer nossas práticas de atuação na rede, através da experiência de renomados profissionais”, declarou a diretora.

Os articuladores ressaltaram as ações do Governo do Estado, cuja parceria visa, prioritariamente, a ampliação da oferta dos serviços da atenção básica no município. Com a parceria, disseram os gestores “foi possível ofertar um atendimento com maior qualidade, estabelecendo metas nos processos de democratização destes serviços”. Por último, destacaram o apoio da faculdades e universidades no município e na região, na oferta dos cursos de extensão que beneficiam diretamente os alunos destas instituições.

O evento contou ainda com a participação do presidente do Conselho Municipal de Saúde, Rafael Santos; representante do Departamento de Saúde da UESC, Cristiano Bahia; professora emérita da UESC/UESB, Cristina Setenta Andrade; representante da Faculdade Madre Thaís, Andréa Dickie; vereadores Makrisi Sá e Ivo Evangelista, além dos membros da Comissão de Saúde; integrantes do EdPopSUS; agentes comunitários de saúde e agentes de combate as endemias e diretores e coordenadores.

ECONOMIA: Saques do FGTS começarão em 13 de setembro

POR: TERRA

A Caixa Econômica Federal divulgou nesta segunda-feira, 5, o cronograma para os saques de até R$ 500 de cada conta ativa e inativa do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS. Os trabalhadores terão acesso aos recursos de maneira escalonada conforme a data de aniversário, a partir de 13 de setembro. A previsão do governo é de que as medidas anunciadas no mês passado para os fundos injetem R$ 30 bilhões na economia neste ano e R$ 12 bilhões no próximo.

As pessoas nascidas em janeiro, fevereiro, março e abril poderão sacar os recursos do FGTS primeiro, a partir de 13 de setembro. Já quem faz aniversário em maio, junho, julho e agosto terá acesso aos saques a partir de 27 de setembro. Quem nasceu em setembro, outubro, novembro e dezembro poderá sacar das contas do FGTS a partir 9 de outubro.

O prazo final para que todos os trabalhadores realizem os saques de até R$ 500 por conta do FGTS acaba em 31 de março de 2020. Os 33 milhões de trabalhadores que têm conta poupança na Caixa receberão os recursos automaticamente. A expectativa do banco é de que até 96 milhões de pessoas saquem recursos do fundo.

Nas casas lotéricas poderão ser realizados saques de até R$ 100, com a apresentação de um documento de identidade e do CPF. Nesse caso, o escalonamento será mais longo.

Para os nascidos em janeiro, o saque nas lotéricas começará apenas em 18 de outubro. Os saques nas lotéricas seguirão essa ordem: nascidos em fevereiro (25/10), março (08/11), abril (22/11), maio (06/12), junho (18/12), julho (10/01), agosto (17/01), setembro (24/01), outubro (07/02), novembro (14/02) e dezembro (06/03).

PIS

Já os saques do PIS obedecerão uma lógica diferente, por idade do beneficiário, sendo que os trabalhadores com conta na Caixa receberão os recursos a partir do dia 19 deste mês, independentemente da idade.

Já os trabalhadores sem conta na Caixa que tenham mais de 60 anos poderão sacar os recursos a partir do dia 26 de agosto. Os beneficiários com até 59 anos poderão realizar os saques do PIS a partir de 2 de setembro. No caso do PIS, não há prazo limite para a retirada do dinheiro.

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, reafirmou que a Caixa está focada para o atendimento de todos os brasileiros. “Funcionaremos inclusive nos sábados e todos os executivos, inclusive eu, estaremos nas agências. Teremos diretores em todos os Estados e irei pessoalmente ao Norte e Nordeste”, completou.

ILHÉUS: Novo presidente do PSDB, Alan Marinho, diz que partido terá candidato a prefeito em 2020

O Partido Social Democracia Brasileira, (PSDB) está com nova executiva no município de Ilhéus. As nomeações por parte da executiva estadual foram feitas no dia 27/07.

O novo presidente do partido é Alan Marinho, tendo como coordenador Regional, o Advogado e ex vereador e ex presidente da OAB Marcos Flávio, além do vice-Presidente, o pastor Carlos Morais, Drº Eduardo Cintra no Jurídico, e Nilton Reis como Secretário.

O presidente Alan Marinho, afirmou que prioridade é a eleição proporcional, e terá candidatura própria para prefeito de Ilhéus em 2020.

“Iremos construir de fato uma Direita a cidade de Ilhéus, e garantir o pleito ao legislativo uma vez que o último Vereador da sigla foi o finado Marcos Paiva”, Salientou Alan Marinho.

PSDB a nível nacional, não tem mais a linha social e se consolidou como centro direita.

Inclusive é a sigla que mais aprova a pauta do governo, junto com o partido Novo, ligando a nova tendência atual, e na Bahia, tem o presidente estadual e Deputado federal Adolfo Vianna que assume a Bahia com protagonismo e  sem João Gualberto, Jutahy Magalhães e Imbassahy que por anos estavam a frente da sigla mostrando que realmente que a sigla vem para renovar.

POLÍTICA: Com fundo partidário de meio bilhão de reais, PSL aposta em capitais nas eleições de 2020

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL-RJ) e o fundador do PSL, Luciano Bivar

O PSL vai concentrar os recursos dos fundos eleitoral e partidário na disputa a prefeituras em capitais e municípios com importância regional ou com mais de 500 mil habitantes. O partido do presidente Jair Bolsonaro é, ao lado do PT, o que mais vai ter dinheiro público para gastar nas eleições municipais do ano que vem. A previsão é de que a legenda tenha meio bilhão de reais e ambiciona, com isso, conquistar pelo menos dez grandes cidades, segundo o presidente do partido, deputado Luciano Bivar (PE).

Apesar de ter o posto mais alto da República e a segunda maior bancada da Câmara, o PSL ainda é “nanico” no País. Das 5.464 cidades que tiveram disputas nas eleições passadas, a legenda ganhou apenas 30. A maior é São João del-Rei (MG), que tem menos de 100 mil habitantes. “Não podemos achar que vamos ganhar em todos os lugares só porque o presidente vai estar na foto. Ele vai ser fundamental, mas temos que ter uma estratégia”, afirmou Bivar.

As duas maiores capitais, São Paulo e Rio, estão entre as prioridades da legenda e devem receber a maior fatia do bolo. Os demais gastos serão decididos em pesquisas locais e entre deputados e senadores do PSL.

O maior desafio será expandir o PSL pelo Nordeste, na avaliação de Bivar. O partido quer conquistar pelo menos uma capital na região e uma cidade importante do interior de PernambucoCeará ou Bahia. “Para diminuir o poder da esquerda”, afirmou ele ao Estado.

Em uma reunião a portas fechadas na semana passada, Bivar ofereceu a Bolsonaro voz mais ativa na indicação de dirigentes do partido nos Estados e de nomes para disputas locais.

O dirigente não ouviu do presidente nem que sim nem que não. Apenas conseguiu a promessa de que ele gravará um vídeo para ser divulgado no dia 17 convidando interessados a se filiar ao PSL. A legenda espera aumentar de 362 mil para um milhão o número de filiados.

O partido já anunciou a intenção de priorizar candidaturas próprias no Rio e em São Paulo. Nos dois Estados, caberá aos filhos do presidente a escolha do candidato. O senador Flávio Bolsonaro comanda o diretório fluminense e já escolheu onde vai gastar os recursos. Serão nove candidaturas em municípios estratégicos do interior e da região metropolitana, além da capital, onde o deputado estadual Rodrigo Amorim vai concorrer. Amorim ficou conhecido por destruir uma placa em homenagem à vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada no ano passado.

Em São Paulo, o diretório é comandado pelo deputado Eduardo Bolsonaro, que não decidiu o nome para a disputa da capital. A deputada Joice Hasselmann, líder do governo no Congresso, é cotada, mas está longe de ser consenso. Dois empecilhos estão no seu caminho. O primeiro seria o senador Major Olímpio, que quer fazer um nome seu no comando da capital. O segundo, mais complicado, seria o próprio filho do presidente.

Indicado ao cargo de embaixador do Brasil nos EUA, Eduardo quer deixar o deputado estadual Gil Diniz no comando da legenda em São Paulo. Gil já se mostrou publicamente contrário ao nome de Joice. O grupo político de Eduardo gostaria de ter o apresentador de TV José Luiz Datena na disputa.

POR: TERRA





web