WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia





agosto 2021
D S T Q Q S S
« jul   set »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
videos


Ilhéus: João Maron faz um alerta sobre o Encceja

João Victor Maron é presidente da juventude do DEM em Ilhéus, faz um alerta para os jovens e adultos/ o texto é de responsabilidade dele.

As provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos 2020 (Encceja) foram remarcadas para o dia de ontem (29/8) por causa do cenário da pandemia da covid-19, que deixou vários estados com capacidade menor que 80% dos leitos para pacientes acometidos pelo novo coronavírus.

Segundo o Inep, 1.630.046 participantes estão confirmados para o Encceja 2020. Desse total, 301.438 farão provas para obter certificação de ensino fundamental e 1.328.608 para o ensino médio. A participação no Encceja é voluntária, gratuita e destinada a jovens e adultos que não concluíram os estudos na idade apropriada. Por meio do exame, que avalia competências, habilidades e saberes adquiridos no processo escolar ou extraescolar, os participantes têm a oportunidade de conseguir a certificação para as duas etapas de ensino. Entre outras finalidades, o Encceja também possibilita que os gestores educacionais se baseiem na avaliação para corrigir questões relacionadas ao fluxo escolar, como a evasão de estudantes.

Dessa forma, o exame serve de baliza para a implementação de procedimentos e políticas, visando à melhoria da qualidade na oferta da educação de jovens e adultos, bem como o aperfeiçoamento do processo de certificação. Além disso, os resultados das provas viabilizam o desenvolvimento de estudos e indicadores sobre o sistema educacional brasileiro.

” Apesar de toda essa oportunidade para àqueles que por diversos motivos não conseguiram finalizar seus estudos no tempo correto, a falta de compromisso dos inscritos é notória, tirando por base Ilhéus, onde o exame foi  aplicado também no domingo, é assustador o quadro de faltosos. Salas com 30 pessoas inscritas e o comparecimento de 1, 2 a 3 pessoas para fazer o exame. O estado da Bahia tem por índice a quinta pior educação do país. Mediante a isso um alerta fica aceso, precisamos falar sobre educação, conscientizar os jovens, os não jovens e todos os indivíduos de que a educação é o caminho para uma melhor qualidade de vida e fortalecimento do município, estado e do país. Sem contar os gastos de dinheiro público com impressão de provas, contratação de aplicadores e equipe de correção e avaliação. Esse tipo de oportunidade as pessoas não podem deixar passar em branco”, alerta João Victor Maron, presidente da juventude democratas de Ilhéus.

1 resposta para “Ilhéus: João Maron faz um alerta sobre o Encceja”

Deixe seu comentário





web