WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

sufotur secom bahia



janeiro 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
videos


:: 9/jan/2024 . 14:10

Bahia: Escolas estaduais abertas nas férias; espaços permanentes de cidadania

As férias escolares na Bahia estão ganhando um novo significado com o lançamento do projeto “Férias na Escola com mais Sabor e Saber”, uma iniciativa do Governo do Estado, realizada pela Secretaria de Educação (SEC).

Famílias, comunidades do entorno escolar, voluntários e equipes técnicas envolvidas com o propósito de enriquecer o dia a dia dos estudantes da rede pública durante esse período. Entre os dias 10 e 31 de janeiro, será oferecida a milhares de jovens uma combinação de diversão, aprendizado e descontração, além de um mergulho nas manifestações culturais tradicionais de cada região da Bahia. As atividades ocorrerão nas unidades da rede estadual de educação.

Todos os inscritos poderão fazer duas refeições diárias na escola. Para que a participação dos alunos seja ampla, garantindo inclusão e acessibilidade ao programa, serão disponibilizados também ônibus de transporte escolar. A expectativa é que mais de 120 mil estudantes de 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTEs) sejam beneficiados com esta iniciativa. É um programa que não parte do zero. Na realidade, é uma expansão do bem-sucedido “Educa Mais Bahia”, que realiza oficinas educativas durante o ano letivo.

O “Férias na Escola com mais Sabor e Saber” oferece oficinas em cinco eixos principais: Cultura Corporal, Arte e Cultura, Saúde e Bem-Estar, Esporte e Lazer e Recomposição de Aprendizagem. Cada uma dessas áreas é projetada para não só entreter, mas também educar e inspirar. Os estudantes terão a oportunidade de participar de uma variedade de atividades, desde esportes e jogos até formas de arte como dança, teatro, artesanato e cinema, refletindo as ricas tradições culturais da Bahia.

O programa tem a intenção de ocupar o tempo ocioso dos jovens com atividades artísticas, esportivas e científicas. Esse acolhimento do estado contribui para o fortalecimento de uma cultura de paz, favorecida pelo envolvimento das famílias, da comunidade e dos mais de quatro mil voluntários participantes. A Secretaria da Segurança Pública (SSP) também se integrará com atenção especial no entorno das cerca de 500 unidades escolares que farão parte do projeto.

É importante ressaltar que este modelo de projeto só é possível, hoje, devido à requalificação da estrutura física das escolas públicas baianas, na qual o governo vem fazendo um dos seus maiores investimentos. Os novos colégios são espaços muito mais atrativos para os estudantes com seus teatros, bibliotecas, laboratórios, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros equipamentos.

A importância desse projeto vai além da simples oferta de atividades de férias. Representa um investimento na formação integral dos jovens, oferecendo-lhes oportunidades de aprender e crescer de maneira divertida e intensa. Ao promover a recuperação de aprendizados em áreas acadêmicas essenciais e ao mesmo tempo enfatizar o bem-estar físico e emocional, o “Férias na Escola com mais Sabor e Saber” surge como uma medida educacional inovadora e útil na vida escolar dos jovens.

Ao fazer a inscrição, os estudantes têm a liberdade de escolher as atividades que mais lhes interessam, garantindo que cada participante tenha uma experiência única e enriquecedora. A iniciativa não só mantém os jovens engajados e ativos durante as férias, mas também os conecta com sua comunidade e herança cultural de maneira profunda e duradoura.

Uma das coisas que mais gosto no programa é sua capacidade de otimizar recursos já existentes na máquina pública em benefício da comunidade.

É assim, priorizando o bem-estar das pessoas, que estamos construindo a nova Bahia do presente e também para o futuro.

Ilhéus: Allan Diniz e Sinho Ferrary agitarão a festa da puxa do mastro que acontece neste final de semana, em Olivença; confira a programação completa

“Ajuê Dão, Ajuê Dan Dão. Vamos puxar esse mastro que é de São Sebastião”. Estes versos serão entoados novamente no tradicional cortejo da Puxada do Mastro, que acontece nos dias 11, 12, 13 e 14 de janeiro, em Olivença. Realizada pela Prefeitura e pela Associação dos Machadeiros de Olivença (AMAO), a Puxada do Mastro une comunidade religiosa e indígena para celebrar o mártir e padroeiro da catedral diocesana. Geralmente, os festejos acontecem no segundo domingo do mês de janeiro ou juntamente com a Folia de Reis. O ritual de escolha das árvores, que serão transformadas em mastro e mastaréu, é feito na semana anterior ao evento.

O resgate da cultura é essencial, visto que a Bahia possui muitas tradições. A Puxada do Mastro é uma das mais importantes festas da cidade, parte do calendário turístico e cultural de Ilhéus, com rituais indígenas, replantio de árvores e confraternização dos machadeiros, que junto aos nativos e visitantes levam o tronco até a Praça Cláudio Magalhães, passando pelas praias do Sirihyba e Cai n’Água. Com os tupinambás, os ilheenses e todas as pessoas que depositam sua fé, o evento fica ainda mais belo e com mais vivacidade.

A programação religiosa e cultural já começou no último domingo (07), com a escolha do mastro e segue, no dia 11 de janeiro (quinta-feira), com a realização da Missa e Cortejo dos Mascarados, seguindo os dias do evento, com shows, missas, apresentações étnicas e desfile cívico e cultural. Entre os shows, estão o de Naian Dimes, no dia 12/01, Allan Diniz e Sinho Ferrary, no dia 13/02 e para encerrar, no domingo (14), Axé Beach e Batuke Bom.

A sacralidade é um elemento fortemente presente na festividade. Conforme o historiador e etnógrafo ilheense, Erlon Costa Tupinambá, após a derrubada da árvore em homenagem ao santo católico, são adotadas práticas como retirada das cascas do mastro para fazer chá, com a certeza de cura de enfermidades e atração de sorte, quando colocadas na carteira.

Segundo a tradição e crença, as cordas utilizadas para puxar o mastro servem de enfeites e de proteção para o corpo e a alma. Transcorrida a festividade, o mastro é substituído na praça, o tronco novo é retalhado e o antigo guardado junto com o mastaréu para ser queimado nos festejos juninos.

Confira a programação completa da Festa da Puxada do Mastro de São Sebastião

11/01 – Missa e Cortejo dos Mascarados

12/01 – Desfile cívico e cultural, Missa, Apresentações étnicas e culturais e show de Naian Dimes

13/01 – Feirinha Criativa, Procissão , Missa, Apresentações culturais e os shows de Allan Diniz e Sinho Ferrary

14/01 – Puxada do Mastro de São Sebastião e os shows de Axé Beach e Batuke Bom

Local: Praça Cláudio Magalhães, Olivença





web