WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

camara ilheus secom bahia





junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
videos


:: ‘Honraria: Mestre Ney’

Honraria: Mestre Ney, do Grupo Cultural Dilazenze, recebe título de Doutor Honoris

O trabalho que o Mestre Ney desenvolve há 40 por meio da militância no movimento afrocultural na cidade de Ilhéus rendeu-lhe o título de Doutor Honoris Causa, concedido pela Faculdade de Formação e Especialização Brasileira e Internacional de Capelania (Febraica), do Rio de Janeiro, e pela Ordem dos Capelães do Brasil (OCB).

A honraria é a prova do reconhecimento de atuação pautada na proteção e no fortalecimento das religiões de Matriz Africana. A solenidade de outorga aconteceu no sábado (19), na cidade de Ituberá, no Baixo Sul.

Mestre Ney, cujo nome de batismo é Gilsonei Rodrigues Santos, é presidente do Conselho das Entidades Afro Culturais de Ilhéus e um dos fundadores do Grupo de Preservação da Cultura Negra Dilazenze, que desenvolve projetos políticos, culturais, carnavalescos, artísticos e educacionais, que buscam resgatar a autoestima da população negra através de atividades que promovam sua consciência crítica.

Sua atuação no setor cultural foi fundamental para a consolidação do conselho Municipal de Cultura de Ilhéus, criação do Fundo de Cultura e elaboração do Plano e do Sistema Municipal de Cultura, bem como na luta pela implementação das políticas de cotas nas universidades do município e na aprovação do Estatuto da Igualdade Racial na Bahia.

“Eu me sinto muito honrado e feliz por ter sido agraciado com o título. É muito gratificante saber que o nosso trabalho tem dado resultados positivos. Agradeço ao Movimento Negro de Salvador, em especial à doutora Patrícia Pinheiros, do Segmento dos Povos de Terreiros da Bahia, à Febraica e Ordem dos Capelães do Brasil. Vamos continuar unidos em prol da autoafirmação do povo negro, da manutenção dos valores e da nossa identidade”, disse Mestre Ney.

Gilsonei Rodrigues é filho de Mãe Ilza Mukalê (ou Mameto Mukalê), a líder religiosa do Terreiro Matamba Tombeci Neto, existente há 138 anos e localizado há mais de 50 anos no bairro da Conquista.

Dentre os projetos desempenhados pelo Dilazenze destacam-se o bloco Afro Dilazenze, a Banda Percussiva, o grupo de samba de roda Sambadila, o corpo de Ballet Afro, o projeto socioeducacional Batukerê, a biblioteca comunitária Mamêto Mukalê e o Espaço Cultural Dilazenze. O Grupo ainda realiza oficinas de dança e de percussão destinadas à comunidade, no Espaço Cultural Dilazenze.





web