WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura ilheus



agosto 2022
D S T Q Q S S
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
videos


:: ‘Lula aparece em 1º com 48%; Bolsonaro tem 23%’

Ipec: na corrida de 2022, Lula aparece em 1º com 48%; Bolsonaro tem 23%

As informações são do portal G1/Foto: Agência Brasil

ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera a corrida para a presidência da República em 2022, com 48% das intenções de voto em um dos cenários, ante 23% do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), segundo pesquisa divulgada nesta 4ª feira (22.set) pelo Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec). Em relação ao levantamento anterior, realizado em junho deste ano, Lula recuou um ponto percentual (pp), enquanto o atual chefe do Executivo não apresentou variação.

De todo modo, o petista tem 11 pps a mais de intenções de voto do que a soma dos resultados de todos os demais possíveis candidatos. O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (8%), o governador de São Paulo, João Doria (3%), e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (3%) aparecem em terceiro, quarto e quinto lugar, respectivamente; as intenções de votos brancos/nulos (10%) e a quantidade de pessoas que não sabem ou não responderam (4%) vêm na sequência. A pesquisa ouviu 2.002 indivíduos em 141 municípios, entre os dias 16 e 20 de setembro.

Um segundo cenário também foi pesquisado. Nesse caso, Lula é o primeiro colocado com 45% das intenções. Na sequência, aparecem Bolsonaro (22%), Ciro Gomes (6%), o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro (5%), o apresentador José Luiz Datena (3%), João Doria (2%), Mandetta (1%), o senador Rodrigo Pacheco (1%), o senador Alessandro Vieira (0%), a senadora Simone Tebet (0%), brancos/nulos (9%) e não sabe/não respondeu (5%).

O Ipec perguntou ainda sobre como os entrevistados avaliam o governo Bolsonaro. Dentre o total, 53% classificou a administração como ruim ou péssima — 4 pps a mais que em junho –, 23%, como regular — ante 26% –, e 22%, como ótima ou boa – ante 24%. Os que não souberam ou não responderam representam 1%. O percentual de brasileiros que desaprovam o governo, então, subiu de 66% para 68%. Aqueles que aprovam são 28%, ou seja, dois pontos percentuais a menos do que no sexto mês do ano. A margem de erro dos resultados é de dois pps para mais ou menos. O instituto responsável pelo levantamento foi criado por ex-integrantes do Ibope Inteligência.





web