WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

camara de ilheus



junho 2021
D S T Q Q S S
« maio    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
videos


:: ‘LGBT’

ABSURDO! Eduardo Bolsonaro ironiza sigla LGBT em camiseta

POR: VN

O deputado federal Eduardo Bolsonaro publicou, neste sábado (12), uma foto em que ironiza a sigla LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros). Na imagem, ele usa camiseta em que a sigla da comunidade foi substituída por Liberdade, Armas, Bolsonaro e Trump.

Para ele, a camiseta mostra que “o conceito de LGBT foi atualizado com sucesso”. A deputada federal Bia Kicis publicou um vídeo em que mostra o deputado, seu companheiro de partido, usando a camiseta e no qual explica a “atualização do conceito”.

Os deputados ironizam a sigla enquanto o relatório População LGBT Morta no Brasil em 2018, realizado pelo Grupo Gay da Bahia, revelou que a cada 20 horas uma pessoa LGBT é assassinada no Brasil, o que torna o país o recordista mundial de crimes contra minorias sexuais e de gênero, incluindo os países onde a homossexualidade é ilegal.

O relatório também aponta que os assassinatos de pessoas LGBT se destacam pelos “requintes de crueldade, muitos golpes, múltiplos instrumentos, tortura, latrocínio e destruição\incêndio do cadáver e patrimônio característicos”.

Famosos: Reynaldo Gianecchini afirma que teve ‘romances com homens’

O ator Reynaldo Gianecchini, 46 anos, comentou pela primeira vez sobre sua sexualidade em uma entrevista à Revista Ela, do jornal O Globo, neste domingo (29). Ele está no ar como o personagem Régis, em A Dona do Pedaço, na TV Globo.

Gianecchini contou que é muito cobrado para “sair do armário”. “Primeiro, quero falar para essas pessoas: antes de você achar tão interessante a sexualidade dos outros, dá uma olhadinha na sua. Talvez ela tenha mais nuances do que você pensa. Querem te encaixar numa gaveta, mas eu não consigo, porque a sexualidade é o canal da vida e a minha sexualidade não cabe numa gaveta”, disse.

Na oportunidade, ele disse que prefere não definir sua sexualidade com um rótulo. “Já tive, sim, romances com homens. Mas a sexualidade é muito ampla. […] Reconheço todas as partes dentro de mim: o homem, a mulher, o gay, o hétero, o bissexual, a criança e o velho. As pessoas são levianas. Querem te encaixar numa gaveta, e eu não consigo, porque a sexualidade é o canal da vida e minha sexualidade não cabe numa gaveta”, explicou.

O ator acrescentou que seu desejo não fica limitado a gênero nem por idade. “Demorei para falar isso porque esbarra sempre no tamanho do preconceito no Brasil. Mas agora é importante reafirmar a liberdade, por mim e por quem enfrenta repressão”, completou.

O casamento com a jornalista Marília Gabriela, que chegou ao fim em 2006, também foi lembrado na conversa. “Eu era casado pra caramba, nunca vi um casamento tão inteiro, a gente vivia uma história a dois de verdade. E já falavam coisas”.

Após depressão, Patrícia Araújo, atriz transexual de Salve Jorge, morre aos 37 anos

A modelo e atriz transexual Patrícia Araújo, que ficou conhecida em todo o país ao roubar a cena nos desfiles do Fashion Rio de 2009, e por ter atuado na novela “Salve Jorge”, da TV Globo, morreu no último sábado (6) no Rio de Janeiro. Ela tinha 37 anos e estava internada há dez dias. Patrícia sofria de depressão.

O estilista Beto Neves, da Complexo B, lamentou a morte da modelo e amiga em sua página no Facebook: “Faleceu sábado minha amiga querida. Trajetória nem tão curta pra quem foi expulsa de casa aos 11 anos. Em 2009 foi eleita como a mulher mais bonita do camarote da Grande Rio no Carnaval Carioca. No mesmo ano que brilhou no meu desfile no Fashion Rio. No fundo uma menina, porém a depressão foi mais forte. Não resistiu!”.

Na novela Salve Jorge, da Globo,  ela era uma das vítimas do tráfico de mulheres na Turquia, tema social abordado na história de Gloria Perez.

A autora de novelas Gloria Perez lamentou publicamente a morte da atriz. “Que triste! Tão bonita, tão jovem”, disse no Twitter.

INF: +GOIAS

Criança rejeitada pela mãe biológica em Ilhéus é adotada por um casal homoafetivo

Nada melhor do que conhecermos histórias do processo inspiradoras, como a Benjamin Cano Planès e Louis Planès. Eles são franceses de Toulouse e decidiram se mudar para o Brasil há quase 10 anos para iniciar um novo empreendimento. Administraram um hotel-boutique em Ipanema por 7 anos e hoje, além de casados, são sócios no ramo imobiliário.

Em meio ao trabalho, decidiram adotar uma criança e entraram com a habilitação na Vara da Infância e da Juventude do Rio de Janeiro. Durante 1 ano, ocorrem encontros com psicólogos e assistentes sociais para obter um estudo da condição familiar.

Depois de aprovados, aguardaram 2 anos com imensa expectativa, acompanhando de perto o processo junto à Vara da Infância e da Juventude para saber se havia uma criança disponível para o casal.

Até que em um belo dia, uma juíza carioca telefonou para Benjamin e informou que uma colega, também juíza, de Ilhéus, Bahia, estava com um caso de um recém nascido prematuro de 5 meses sem pretendentes.

O pequeno Vinicius havia nascido na rua com apenas 900 gramas. Foi reanimado na ambulância do SAMU e abandonado no hospital. A mãe biológica não chegou a ficar nem 3 horas com o bebê.

Imediatamente o casal se interessou e foram até a Bahia. Ali começou a conexão do casal com Vinicius. O bebê, já com 7 meses e meio de vida, teve alta da UTI um dia após a ligação da juíza e os novos pais foram buscá-lo na maternidade. Era dia 11 de maio de 2017.

A nova família teve de permanecer na Bahia por 3 semanas, pois Vinicius estava tão magro que a pediatra não autorizou a viagem de avião para o Rio.

“Adotar uma criança no Brasil foi mais um ato de amor pelo país que nos deu muita sorte, eu me senti e me sinto brasileiro desde a primeira hora. O melhor presente da minha vida é meu filho e quem me deu foi meu país de adoção”, conta Benjamin.

A história também pode ser acompanhada pelo Instagram. O casal criou um perfil para Vinicius desde que o mesmo foi adotado e o @viniciuscanoplanes tem quase 500 seguidores.

Por: criativa online

Primeira igreja evangélica LGBT ganha sede em Salvador

A Igreja Cristã Contemporânea terá a sede própria inaugurada neste sábado (04), na Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô), em Salvador. A igreja é a primeira do Nordeste a trazer LGBTs e familiares como público principal. A cerimônia de inauguração acontece às 19h, no entanto, os cultos irão acontecer aos domingos, às 10h.

A doutrina foi criada no Rio de Janeiro e passou a ser praticada em Salvador no ano de 2016, contudo, não possuía sede própria e os representantes se reuniam sempre em espaços alugados. A igreja também atua nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo.

Relator no STF diz que homofobia deve ser tratada como racismo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello votou hoje (20) a favor da criminalização da homofobia, que é caracterizada pelo preconceito contra o público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais). Pelo voto do ministro, agressões deverão ser enquadradas como crime de racismo diante da inércia do Congresso em aprovar uma lei para punir os casos de homofobia.

Após a manifestação, a sessão foi suspensa e será retomada amanhã (21).

Mello é o relator da na Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) nº 26, que começou a ser julgada na semana passada pelo STF. Na ação, o PPS defende na Corte que a minoria LGBT deve ser incluída no conceito de “raça social”, e os agressores, punidos na forma do crime de racismo, cuja conduta é inafiançável e imprescritível. A pena varia entre um a cinco anos de reclusão, de acordo com a conduta.

Na semana passada, na primeira parte do voto de Celso de Mello, o ministro reconheceu a omissão do Congresso Nacional ao não criminalizar a homofobia desde a promulgação de Constituição, em 1988. Ao complementar seu voto na sessão desta tarde, Mello entendeu que é preciso tratar os casos de homofobia como crime de racismo enquanto não for aprovada legislação específica.

“Os atos de preconceito ou de discriminação em razão da orientação sexual ou de identidade de gênero não podem ser tolerados, ao contrário, devem ser reprimidos e neutralizados. pois se revela essencial que o Brasil dê um passo significativo contra a discriminação e contra o tratamento excludente que tem marginalizado grupos minoritários em nosso país, como a comunidade LGBT.”, afirmou.

O ministro também disse que a criminalização da homofobia não trará consequências para a liberdade religiosa. Dessa forma, líderes religiosos não podem ser punidos por racismo por defenderem valores e doutrinas contra o tema da homossexualidade.

“Temas de caráter teológico, quaisquer que sejam, que busquem atribuir densidade teológica a ideias propagadas por qualquer corrente de pensamento, estão fora do alcance do poder jurídico-penal do Estado, sob pena de gravíssima frustração da liberdade constitucional de liberdade de expressão”, afirmou.

Amanhã (21), devem votar o ministro Edson Fachin, relator de outra ação sobre o tema, além dos ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio e o presidente, Dias Toffoli.

Primeira candidata travesti ao Senado anuncia gravidez

A primeira candidata travesti ao Senado na última eleição, que concorreu por Minas, anunciou nesta segunda-feira que vai ser mãe. A mulher de  Duda Salabert já está com 13 semanas de gestação. A política publicou em suas redes sociais um vídeo com imagens do ultrasom que mostra o bebê.

Apesar de não saber o sexo ainda, o casal já definiu o nome. Vai se chamar Sol. “Escolhemos um nome de gênero neutro: se for uma criança trans, não terá que se preocupar em retificar nome. Chama-se Sol ! É música que encanta , é luz que revigora. Sol”, escreveu ela. Duda é casada há sete anos com Raísa Novaes. Ela é uma travesti lésbica e o bebê é filho biológico do casal.

Por: Bnews

BAFAUÊ: Alexandre Frota revela que já sentiu atração por homens

Alexandre Frota revelou que já sentiu atração por pessoas do mesmo sexo. Em entrevista à apresentadora Cátia Fonseca, que foi ao ar na terça-feira, o polêmico ex-ator pornô e deputado federal eleito, de 55 anos, disse ser um cara “bem resolvido” e “cabeça aberta” e não fugiu da raia quando foi questionado sobre ter preferências também por homens.

“Já teve atração por pessoas do mesmo sexo?”, perguntou a apresentadora. “Olha, se eu te falar que não é mentira minha”, respondeu Frota, ponderando: “Mas eu sou um cara extremamente bem resolvido com isso. Sou um cara que tenho a cabeça muito aberta para essas questões todas. Já fui acusado de tudo… Mas sou apaixonado por minha mulher e sei exatamente como penso e como vivo”, respondeu Frota.

Durante a entrevista, ele ainda falou sobre seu relacionamento com os filhos e se defendeu das acusações do filho Mayã, de 18 anos, que durante as eleições desse ano afirmou que o pai chegou a planejar um aborto enquanto ele ainda estava no ventre de sua mãe.

IB

Casal gay adota criança de 8 anos após ser rejeitado por outras famílias

Nas últimas semanas, a história de Enzo ganhou destaque. Com apenas 8 anos, o menino viu seus seis irmãos biológicos serem adotados por diferentes famílias enquanto ele era rejeitado. Na última ocasião, inclusive, acabou separado da irmã. Após ser recusado por dois casais, a criança finalmente foi adotado pelo casal gay formado por Kairon Oliveira da Silva e Silvio Romero Fagundes.

Mesmo morando em Brasília, o casal entrou com o pedido de adoção de Enzo, que vivia em um abrigo de Águas Lindas de Goiás. Em entrevista ao G1, eles contam que o menino que os escolheu logo de cara. Kairon e Silvio visitaram a criança juntos, pela primeira vez, há um ano para começarem os trabalhos de aproximação com o menino.

Kairon e Silvio contam que o fato de ter dois pais não atrapalhou o menino, pois ele via na mãe a figura que sempre o abandonava. O processo de adoção foi concluído no último dia 12 de novembro.

“Ele é que nos escolheu. O plano era adotar uma criança de até dois anos, mas quando me apresentaram o Enzo foi amor à primeira vista”, declarou Kairon ao G1.

Enzo, segundo eles afirmaram ao G1, foi diagnosticado com déficit de atenção no abrigo e chegou a ser tirado de uma escola, mas que exames mostraram que o menino não tem qualquer alteração.

 

Duas travestis são baleadas em Vitória da Conquista; uma morreu

A onda de atentados é destaque na noite da ultima terça-feira (7), em Vitória da Conquista. Até às 21 horas foram registradas duas mortes violentas e logo após vieram dois atentados contra travestis.

Diz o Blog do Léo Santos, que essas duas vítimas foram baleadas no Morumbi, loteamento que fica no bairro São Pedro, às margens do Anel Rodoviário Jadiel Vieira Matos. Uma morreu no local e a outra foi levada ao Hospital Geral de Vitória da Conquista. A 92ª Companhia Independente de Polícia Militar registrou esses últimos fatos. O corpo passará por necropsia no Instituto Médico Legal. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa está à frente das investigações.











rl consultoria




web