WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

pm ilheus



novembro 2020
D S T Q Q S S
« out    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  
videos


:: ‘FERNANDO GOMES’

Itabuna: Após decreto do Prefeito, tarifa do transporte coletivo aumenta neste domingo (01)

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Sem Partido), decretou o reajuste da tarifa do transporte coletivo do município há 30 dias, após o término da última greve dos rodoviários no dia 30 de janeiro.

Com o aumento, a passagem passa de R$ 3,20 para R$ 3,70. A nova tarifa passa a ser cobrada a partir de amanhã (01 de março).

O ato do reajuste foi publicado na edição eletrônica do Diário Oficial do Município (DOM) no dia 31 de janeiro.

ITABUNA: Justiça impede esquema que revertia o terreno do teatro para Fernando Gomes

POR: A REGIÃO

O gabinete do vereador Jairo Araújo (PCdoB) divulgou nota relatando que a Justiça derrubou o decreto do prefeito em exercício, vice Fernando Gomes Vita, que revertia o terreno do teatro para o prefeito Fernando Gomes. Dessa forma, a área volta a pertencer ao município de Itabuna.

Na sua decisão, o juiz Ulysses Maynard Salgado teria mencionado o investimento feito pelo Estado, e lembrou que “segundo fiscalização do órgão estadual, a obra fora paralisada em 31 de março de 2007, em virtude de irregularidades cometidas pelo Município, à época administrado pelo réu Fernando Gomes”.

Ainda conforme o relatório, encontram-se construídos 95% da superestrutura, 70% da estrutura metálica do teatro e 10% da estrutura de concreto do centro de eventos. O município fica impossibilitado de alterar sua destinação pública, ficando vedada qualquer intervenção ou investimento particular.

A desobediência gera pena de multa diária de R$ 10 mil, limitada a R$ 200 mil, sem prejuízo das demais sanções cabíveis pelo descumprimento da decisão judicial. Cabe recurso da decisão que pôs fim ao esquema imoral.

ILHÉUS/ITABUNA: Gestão péssima faz eleitor rejeitar “Cuma” e Marão

POR: A REGIÃO

Fernando Gomes e Marão – prefeitos das duas maiores cidades do sul da Bahia. Duas pesquisas, feitas pela respeitável Sócio Estatística, mostram um panorama nada animador para os dois e justificam porque Itabuna perdeu mais de 7 mil habitantes e Ilhéus 14 mil.

As taxas de rejeição são recorde. O prefeito de Itabuna, Fernando “Cuma” Gomes, é considerado péssimo por 54,48% dos entrevistados e ruim por outros 16,79%, somando 71,27%. Na outra ponta, apenas 4,98% o consideram bom e 1,37%, ótimo.

Em Ilhéus, a pesquisa da Sócio Estatística mostra que a gestão do prefeito Mário Alexandre Souza, o “Marão”, é considerada péssima por 34,86% e ruim por outros 18,33%, somando 53,19% de rejeição. Apenas 2,49% o acham ótimo e 10,56%, bom.

História repetida

Nas outras vezes em que Gomes foi prefeito de Itabuna, a história se repetiu. Em todas ele saiu do governo com altíssimas taxas de rejeição, deixando no rastro dívidas monumentais, salários em atraso, a cidade abandonada e destruída. Nada indica que será diferente em 2020.

A população se queixa de praticamente todos os setores, mas elencou como os mais prejudicados pela gestão de Gomes a segurança, a saúde, o desemprego, a educação, o saneamento básico, a pavimentação das ruas e o transporte público.

Mas ele não está sozinho. Perguntados em quem não votariam de jeito nenhum, os entrevistados colocaram os ex-prefeitos Geraldo Simões e Vane no topo da lista, com mais de 70%. Depois vem Azevedo (outro ex-prefeito), Son Gomes, Capitão Fábio, Davidson Magalhães e Augusto Castro.

Polarização

As intenções de voto indicam uma polarização entre Dr. Mangabeira (20,6%) e Capitão Azevedo (17,2%), com Augusto Castro (12,4%) perto deles. O resultado é igual na pesquisa estimulada e na espontânea, com uma margem de erro de 4,5%.

No cenário mais provável, eles são seguidos de Geraldo Simões com 5,8% e Fernando Gomes com 4%. Depois tem Eric Júnior, Edmilton Carneiro e Charliane Sousa com 1,9% cada; Jairo Araújo com 1,2%, Babá Cearense com 0,7% e Maruse Xavier com 0,2%.

Na espontânea, onde o entrevistado lembra livremente de um nome, Mangabeira tem 14,55%, Azevedo 13,06% e Augusto Castro 8,46%. São seguidos de Fernando Gomes (3,61%), Geraldo simões (3,36%), Dr Eric e Edmilton Carneiro (1,49%) e Charliane (1,12%). Os outros tem menos de 1%.

EM ILHÉUS

Pesquisa de opinião da empresa Sócio Estatística realizada de 13 a 17 de agosto, em Ilhéus, mostra um empate técnico entre Cacá Colchões, Valderico Júnior, Jabes Ribeiro, Marão quatro dos principais nomes que podem disputar o comando da prefeitura em 2020. Foram entrevistadas 1004 pessoas e a margem de erro é de 3% para mais ou menos.

Na pergunta estimulada: “Se a eleição fosse hoje e os candidatos fossem estes, em quem votaria?”, os resultados foram os seguintes:

Cacá Colchões 9.86%;

Valderico Júnior 9.36%,

Jabes Ribeiro 8.47%

Mário Alexandre  – Marão 8.07%

Cosme Araujo 7.87%

Bebeto 5.38%

Outro 3.49%

Jorge Luís 3.29%

Professor Reinaldo 3.09%

Nazal 2.79%

Alcides Krushewsky 2.79%

Nilton Cruz 1.49%

Marlon Silveira 0.90%

Adélia Pinheiro 0.80%

Luís Uaquim 0.30%

Na espontânea: “Já tem candidato a prefeito?” a Sócio Estatística colheu os seguintes resultados:

Não 70.52%

Não respondeu 15.34%

Marão/Mário 4.18%

Cacá/Cacá Colchões 2.99%

Valderico Júnior/Valderico/Jr  1.89%

Cosme Araujo/Cosme 1.16%

Jabes/Jabes Ribeiro 1.0 %

Bebeto 0.50%

Nazal 0.50%

Alcides 0.30%

Rui 0.30%

Professor 0.20%

Augustão 0.10%

Jorge/Jorge Luiz 0.20%

Pro Reinaldo 0.10%

Sim. Quem? 0.10%

O uso do ponto em numerações com casas decimais remete à formatação original do relatório da Sócio Estatística.

ITABUNA: Prefeitura conclui pavimentação em 15 km de ruas e avenidas nos bairros Jorge Amado e Maria Matos

A Prefeitura Municipal de Itabuna concluiu os trabalhos de saneamento básico e pavimentação asfáltica nos bairros Jorge Amado e Maria Matos (Rua de Palha). Ao total, foram recuperados 15 km nas duas localidades, beneficiando a população que passou a contar com maior mobilidade urbana e melhoria na qualidade de vida. A próxima etapa do projeto que prevê a requalificação e humanização de sete bairros da zona oeste do município irá contemplar as comunidades dos bairros Santa Catarina, Nova Itabuna, Lomanto Júnior, Sinval Palmeira e Bananeira.

Com recursos originados do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC II (Pacão) – do Governo Federal, o projeto recebeu uma ação complementar da Empresa Municipal de Águas e Saneamento de Itabuna (Emasa), que realizou a construção de caixas domiciliares, além das ligações dos imóveis com a rede geral de esgotos. Em locais que possuem apenas os terrenos sem imóvel construído foram feitos os ramais que facilitarão as ligações da rede geral no futuro.

O secretário de Administração, Dinailson Oliveira, pontua que esses investimentos foram viabilizados após o esforço do município em reaver recursos do PAC II, perdidos em decorrência da falência da empresa licitada anteriormente. A partir de agora, segundo Dinailson, “a prefeitura esta fiscalizando in loco cada detalhe operacional das obras, cumprindo uma determinação prefeito Fernando Gomes, que sempre vistoria e acompanha a execução das obras no município, garantido a qualidade do serviço”, ressalta.

Com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população, o prefeito Fernando Gomes tem desempenhado esforços para que a administração municipal possa intervir nos bairros mais afastados do centro da cidade. Nesta semana, o projeto de requalificação e humanização dos bairros da zona oeste de Itabuna segue em execução no bairro Santa Catarina, com a pretensão de melhorar não somente a mobilidade urbana, mas criar opções de lazer para a comunidade, garantindo segurança e uma vida melhor.

Itabuna: Justiça obriga Fernando Gomes a devolver emprego de Mangabeira

A 1ª Vara da Fazenda Pública de Itabuna, tendo à frente juiz Ulysses Maynard Salgado, concedeu liminar determinando a reintegração imediata do médico Antonio Mangabeira França ao quadro de médicos da Secretaria de Saúde do município.

Foi dado um prazo de cinco dias para a decisão ser cumprida e um dos principais argumentos é que o desligamento aconteceu “sem prévia instauração de procedimento administrativo disciplinar para apurar a conduta” do médico.

Diz a liminar: “Não há notícia de qualquer procedimento para apuração dos fatos motivadores do desligamento do impetrante, nem mesmo comprovação de efetivo prejuízo ao município advindo da suposta conduta do autor em atender além da demanda programada”.

Além disso, o magistrado constata que “não foi observada a continuidade da prestação de serviços médicos nas especialidades atendidas pelo impetrante, não havendo indicação de outros profissionais habilitados para substituí-lo no atendimento neste município”.

Dr. Mangabeira, servidor público federal, era o único médico hematologista e oncologista a atender pelo SUS na Policlínica Dois de Julho e a população ficou desassistida com o afastamento dele.

Licença para política

O médico Antonio Mangabeira, conforme detalhou no mandado de segurança impetrado junto à Justiça, teve licença deferida no dia 26 de julho de 2018 e ficaria afastado da função até 07 de outubro. No período, ele fez campanha na candidatura a deputado federal.

Mas, o profissional relatou na ação que “após o término da sua licença, em 19.11.2018, foi impedido de atender aos pacientes na Policlínica Dois de julho, sob a informação de que não mais comporia o quadro de funcionários da secretaria municipal”.

Reiterando a informação do início desta matéria, o prazo dado para o retorno do médico às atividades é de cinco dias. Em caso de descumprimento,está prevista multa diária de R$ 600,00

DB

ITABUNA: NÃO HAVERÁ CARNAVAL 2019 NA CIDADE, AFIRMA FERNANDO GOMES

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, revelou nesta terça-feira (15) que o tradicional carnaval antecipado da cidade foi cancelado por causa da crise financeira que o município enfrenta. “Diante desta dificuldade que tem gerado atrasos no pagamento dos salários dos servidores e dívidas do carnaval do ano passado, não justifica fazer uma festa como esta em 2019, que demanda despesas”, afirmou o prefeito ao A Tarde. Gomes salientou que a lavagem do Beco do Fuxico deverá ser mantida e que espera ter resolvido as pendências financeiras até maio. Desta forma, Gomes pretende viabilizar a festa de São João.

Itabuna: Prefeito fecha restaurante popular

As atividades do Restaurante Popular de Itabuna serão encerradas nesta quarta-feira, 31. O fechamento da unidade se dá com base no decreto 13.093/2018, de 17 de outubro de 2018, no qual a Prefeitura de Itabuna rescindiu o contrato administrativo com a empresa Pupo Restaurante e Cozinha Industrial LTDA, que gerenciava a unidade. De acordo com o decreto, o município considera que as atuais dificuldades financeiras e orçamentarias têm comprometido o pagamento e manutenção dos contratos já celebrados pelo município.

Segundo a Prefeitura, o fechamento do restaurante popular se dá para que não haja comprometimento dos pagamentos dos salários dos servidores, e/ou a interrupção dos serviços públicos considerados essenciais, tais como saúde, educação, limpeza urbana e assistência social.

Ipolitica

Derrota para os prefeitos de Ilhéus e Itabuna nessas eleições

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, e o de Ilhéus, Mário Alexandre, fracassaram nas urnas nessas eleições. Não contribuíram para a aprovação de parentes próximos para a Assembleia Legislativa.

Fernando perdeu com Sérgio Gomes, o filho. Mário perdeu com Ângela Souza, a mãe, deputada que não se reelegeu. Pode-se dizer que trata-se de uma resposta do eleitorado á qualidade da administração dos dois alcaides?

A verdade é que Mário Alexandre sofre desgaste em Ilhéus da mesma forma que Fernando sofre em Itabuna. O apoio que eles tiveram do festejado governador Rui Costa, reeleito, de nada adiantou.

De qualquer forma, a situação política nada é favorável ás duas cidades do sul da Bahia, que ficaram sem representação na AL.

ITABUNA: UPA do Monte Cristo fecha portas em seis meses de inaugurada

A Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro Monte Cristo, inaugurada no mês de março em Itabuna, fechou as portas na manhã desta quinta-feira (20), deixando desassistida a população de quatro bairros. O encerramento das atividades foi o estopim de uma série de problemas que se arrastam desde a inauguração.

Os funcionários, por exemplo, estão com os salários atrasados há três meses e fizeram greves de vários momentos. Os médicos também abandonaram seus postos, pela falta de insumos e irregularidade na remuneração. Apenas um médico atende apenas aos casos classificados como “risco iminente de morte”.

A situação dos servidores é discutida com o prefeito Fernando Gomes desde a manhã. Está sendo discutida uma alternativa de pagamento e, também, para a retomada do funcionamento.

Quatro secretários

Enquanto isso, mais um secretário de Saúde deixou as funções. O médico Isaac Nery pediu exoneração do cargo na manhã de ontem e neste momento o administrador Josimar Sales responde interinamente pela pasta.

Desde que o governo Fernando Gomes começou, Nery é o quarto secretário a “pedir pra sair”. Antes dele, a função foi ocupada por Vitor Lawinsky, Lysias Miranda, Deivis Guimarães.

ITABUNA: Emasa recupera e amplia rede de esgoto no bairro João Soares

A Prefeitura Municipal de Itabuna segue realizando obras para melhorar a qualidade de vida da população, a exemplo da recuperação e ampliação da rede de esgoto localizada na Travessa Montes Claros, no bairro João Soares. O trabalho que foi realizado pela Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) beneficiou famílias da localidade e abre uma perspectiva de melhorias à região.

Para viabilizar a obra, a Emasa realizou um estudo técnico no local, encaminhando ainda uma equipe de trabalho, além do maquinário necessário para a execução do projeto. A realização da obra foi coordenada pelo técnico Sânio Jobson, que informou detalhes da operação. Segundo Sânio Jobson, foi realizada a recuperação de parte da rede já existente, o que ampliou a capacidade da vazão dos esgotos.

O responsável pela intervenção informou ainda que, na travessa Montes Claros, foram implantados tubos de 150 milímetros, já que várias casas não contavam com a rede de esgotos. Ele conta que ao longo da extensão foram construídas oito caixas domiciliares e dois poços de visita, os conhecidos PVs, utilizando, no total, 62 metros de tubos.

A ampliação das redes de esgotamento sanitário em Itabuna faz parte do projeto do prefeito Fernando Gomes, que visa melhorar a qualidade de vida das pessoas mais carentes, atendendo todas as comunidades. O presidente da Emasa Jader Guedes destacou a atuação da equipe da Emasa que, segundo ele, vem realizando um trabalho eficiente e comprometido com a população de Itabuna.











rl consultoria




web