WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura ilheus camara ilheus prefeitura ilheus



junho 2022
D S T Q Q S S
« maio    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
videos


:: ‘diz Bolsonaro’

Brasil vai conceder visto humanitário a ucranianos, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse nesta 2ª feira (28.fev) que o Brasil vai conceder vistos humanitários aos ucranianos que queiram vir ao país fugindo da guerra. Segundo o chefe do Executivo, uma portaria conjunta dos ministérios das Relações Exteriores e da Justiça regulamentando a decisão será publicada na 3ª feira (29.fev).

“Conversei com Carlos França [ministro das Relações Exteriores] e ele disse que tomará as providências. Vamos abrir a possibilidade de ucranianos virem para o Brasil através do visto humanitário, o mais fácil de vir”, disse o presidente em entrevista à rádio Jovem Pan.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), 500 mil pessoas deixaram a Ucrânia desde o início da guerra, na última 5ª feira (24.fev). A maior parte deles tem se dirigido a países fronteiriços, como Polônia e Hungria.

A projeção da ONU é que o conflito pode fazer com que até 5 milhões de pessoas deixem o país do leste europeu. A população da Ucrânia é de cerca de 44 milhões de habitantes.

Política: “PP passa a ser uma possibilidade de filiação”, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, nesta 6ª feira (23.jul), em entrevista no Facebook, que o partido Progressistas (PP) pode ser uma opção para sua filiação. “Eu ainda não tenho partido político para chamar de meu. Se eu for disputar a presidência, o PP passa a ser uma possibilidade de filiação. A regra do jogo tá ai, tenho que jogar dentro das quatro linhas da Constituição”, diz.

Sobre as eleições de 2022, o presidente afirmou que ainda não pensa em reeleição.”Não vou falar que sou candidato ou não sou”, ressalta. O presidente defendeu diversas vezes a adoção do voto impresso auditável para o ano que vem. “Eleições que não são limpas, não são eleições”, declarou ao ser questionado sobre a fala que deu de que sem o voto impresso não haveria eleições em 2022.

Sobre a indicação do senador Ciro Nogueira (PP-PI) ao posto de ministro-chefe da Casa Civil, Bolsonaro afirmou que é necessário para que seja mais proativa a aprovação de propostas. “Minha aproximação com os partidos de centro é pela governabilidade, sou obrigado. Se há alguma bronca, vocês colocaram os parlamentares aqui dentro. Vou conversar com Ciro Nogueira para falar quais os limites”, destaca.

Saúde prepara parecer para desobrigar uso de máscara, diz Bolsonaro

Declaração foi dada durante evento no Palácio do Planalto | Alan Santos/PR/SBT

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, nesta 5ª feira (10.jun) que o Ministério da Saúde trabalha em um parecer para desobrigar o uso de máscaras por pessoas vacinadas ou que tenham se recuperado da covid-19. A declaração foi dada durante evento no Palácio do Planalto.

“Acabei de conversar com um tal de Queiroga, não sei se vocês sabem quem é, nosso ministro da Saúde, e ele vai ultimar um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que estejam vacinados ou que já foram contaminados”, disse o presidente.

Em seguida, Bolsonaro chamou a máscara de “símbolo” e disse que ela “tem sua utilidade para quem está infectado. “Se bem que, para nós, o nosso protocolo para quem está infectado, esse sim é fica em casa. Não aquele fica em casa todo mundo. A quarentena é para quem está infectado. Não é para todo mundo, porque isso destrói empregos, mata de outra forma o cidadão, mata de fome, de depressão, aumnta a violência em casa, aumenta o abuso contra criança”, afirmou, mais uma vez fazendo críticas às medidas de isolamento.

Autoridades internacionais de saúde ressaltam que, mesmo quem já está vacinado pode transmitir a covid-19. Sobre os recuperados, não há garantias de que os anticorpos adquiridos sejam permanentes ou suficientes para impedir uma nova infecção. A ciência já identificou casos de reinfecção, sobretudo após o surgimento de novas variantes.

Nos Estados Unidos, o uso de máscara foi desobrigado para vacinados em locais abertos. Contudo, por lá, 51,45% da população já foi imunizada — segundo o site Our World in Data –, enquanto no Brasil, o número é de 25,09% de vacinados com uma dose — que ainda não garante a imunização — e apenas 11,15% com duas doses.

Em vídeo, o ministro Marcelo Queiroga disse ter recebido um pedido de Bolsonaro para fazer um estudo sobre o uso do equipamento de proteção. “O presidente acompaha o cenário internacional e vê que em outros países onde a campanha de vacinação já avançou, as pessoas já estão flexibilizando o uso das máscaras”, relatou. Procurado, o Ministério da Saúde ainda não se pronunciou sobre a declaração do chefe do Executivo.

 

Covid: ‘Pressa da vacina não se justifica’, diz Bolsonaro

Em uma conversa gravada com o filho e deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que não há razão para a corrida intensa pela vacinação contra o Covid-19.

“A pressa da vacina não se justifica, porque mexe com a vida das pessoas. Você vai inocular algo e o seu sistema imunológico pode reagir de forma imprevista”, disse Bolsonaro para a entrevista ao canal do filho.

“A pandemia está chegando no fim. Os números têm mostrado isso. Estamos com uma pequena ascensão agora, que pode acontecer.”

Pessoa com HIV é “despesa para todos no Brasil”, diz Bolsonaro

Por: MSN

O presidente Jair Bolsonaro costuma dar entrevistas a jornalistas ao sair da residência oficial. Nesta 4ª (5.fev.2020), falou de políticas públicas para mulheres e comentou a possibilidade de reforma ministerial.
O presidente Bolsonaro comentou nesta 4ª feira (5.fev.2020) a campanha de abstinência sexual da ministra Damares (Mulher e Direitos Humanos). Ele afirmou que “uma pessoa com HIV, além de ser 1 problema sério para ela, é uma despesa para todos aqui no Brasil”.  O presidente relatava o caso de uma jovem que supostamente teve o 2º filho aos 15 anos e que contraiu HIV na 3ª gravidez.As declarações foram feitas a jornalistas e apoiadores na saída do Palácio da Alvorada. O presidente acrescentou: “essa liberdade que pegaram ao longo do PT que vale tudo chega a esse ponto, uma depravação total”.

De acordo com o ministério da Saúde, o SUS (Sistema Único de Saúde) distribui gratuitamente todos os medicamentos antirretrovirais desde 1996, e há 7 anos, o governo provê tratamento para todas as pessoas vivendo com HIV (PVHIV), independentemente da carga viral.

Assista o momento na íntegra (4min3seg): 





web