WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia









janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
videos


ILHÉUS: Prefeitura nega fechamento do IME, mantém reforma e assegura ano letivo

A Prefeitura, através da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) de Ilhéus, esclarece que não anunciou o fechamento de escolas municipais e que não irá, de maneira impositiva e unilateral, cessar as atividades do Instituto Municipal de Ensino Eusínio Lavigne (IME), conforme uma suposta publicação em rede social.

É importante esclarecer que o processo de licitação para as obras de reforma corretiva e preventiva do prédio municipal foi iniciado em novembro de 2019, com a participação de seis empresas. Atualmente, a Prefeitura analisa a documentação das empresas interessadas, obedecendo os prazos estabelecidos no edital.

Informa que a partir do dia 8 de janeiro de 2020, estará matriculando os alunos de toda a rede municipal, inclusive os alunos da Escola Heitor Dias, os quais concluíram o 4º Ano do Ensino Fundamental. A Seduc assegura ainda que matriculará os alunos do 6° Ano, os quais irão compor as oito turmas ofertadas e distribuídas nos turnos matutino e vespertino.

A Seduc de Ilhéus salienta também que após o período de matrículas para alunos da casa (IME), irá avaliar o restante das vagas para os alunos interessados de fora, no período de 22 a 31 de janeiro de 2020. O IME iniciará seu ano letivo após a conclusão das reformas, garantindo assim, os 200 dias letivos previstos pela Lei.

Durante anos, o Instituto Municipal de Ensino foi considerado o melhor colégio do Sul da Bahia, uma referência para a educação no estado. Desde setembro, alunos ocupam as instalações da Faculdade Madre Thaís em decorrência do incidente ocorrido na parte elétrica do prédio, que completou 80 anos de existência.

Entendendo a importância do diálogo, a Seduc promove e sempre promoverá ampla discussão com a comunidade escolar antes de realizar quaisquer mudanças nas escolas do município.

Fonte das informações SEDUC.

Fique por dentro: Como clonar WhatsApp? Entenda os perigos do golpe e saiba se proteger

Ter o WhatsApp clonado tem se tornado cada vez mais recorrente no Brasil. Um levantamento feito pela empresa de cibersegurança PSafe mostra que, a cada dia, 23 pessoas são vítimas dessa modalidade de golpe em todo o país. Isso significa que 8,5 milhões de brasileiros sofreram o golpe de hackear WhatsApp à distância só em 2019. O quadro se deve, em grande parte, à popularização dos aplicativos para clonar o mensageiro, que permitem espionar o WhatsApp de outras pessoas sem precisar de muitos conhecimentos técnicos para invadir o celular.

Outro fator que contribui para o aumento nos casos de golpe é o desconhecimento dos usuários quanto a normas básicas de segurança do WhatsApp. Muitos repassam, ser saber, para criminosos o código de autenticação do mensageiro que dá acesso aos chats privados. Entenda a seguir como funciona o processo de clonagem do aplicativo e saiba como se proteger de invasores e recuperar WhatsApp clonado.

Como clonar WhatsApp? Entenda o processo de clonagem

Para realizar o golpe, é preciso ter em mãos o celular da pessoa cujas mensagens serão monitoradas. Ou seja, não é possível clonar o WhatsApp à distância só com o número telefônico, o que indica como medida de segurança atenção quanto a abordagens suspeitas em celulares. Isso porque os aplicativos para clonar WhatsApp funcionam a partir da leitura de um QR Code, que será escaneado no smartphone da vítima, seguindo o mesmo procedimento de login no WhatsApp Web.

Após a leitura do código, os apps de clonagem espelham as conversas da vítima no celular do invasor. Vale lembrar que aplicações desse tipo são de procedência duvidosa e podem abrir brechas de segurança em quem deseja invadir o WhatsApp de terceiros.

Apesar de o modo de funcionamento dessas ferramentas ser parecido com o do WhatsApp Web, o usuário não recebe nenhuma notificação alertando sobre o clone. Assim, a vítima continua conversando normalmente, sem desconfiar que alguém está de olho nas mensagens. A versão para navegadores do mensageiro, porém, informa a quantidade de sessões ativas na conta.

Por: Tech Tudo

Outra forma de clonar o WhatsApp é a partir do código de verificação enviado pelo próprio mensageiro. Nessa modalidade de golpe, criminosos entram em contato com as vítimas pelo número de celular disponibilizado em sites de vendas como OLX e Zap Imóveis. Na mensagem, eles informam que há reclamações referentes ao contato do cliente e pedem que a pessoa confirme a própria identidade, fornecendo o código que será enviado por SMS. Quando a vítima fornece a combinação que chega ao aparelho, e os golpistas conseguem ativar o WhatsApp em um novo dispositivo e clonar a conta.

Espionar WhatsApp e golpes financeiros estimulam prática

Ao ter livre acesso ao WhatsApp de um usuário, o hacker pode usar o conteúdo das mensagens para fazer chantagens com a vítima em troca de dinheiro. Segundo levantamento conduzido pela PSafe, 26,7% dos entrevistados apontaram o vazamento de conversas privadas como o principal prejuízo da clonagem de WhatsApp.

É comum também que o invasor se passe pela vítima para aplicar golpes em seus amigos e familiares. Ainda de acordo com a pesquisa, o envio de links com golpes para outros contatos responde por 26,6% dos danos, seguido de solicitações de dinheiro aos amigos (18,2%), perda da conta do WhatsApp (18,0%) e chantagem (10,5%).

Outro incentivo recorrente é espionar a conversa privada de amigos próximos e parentes. O interesse em clonar o WhatsApp do marido, esposa ou namorados tem crescido no último ano no Brasil, e isso é provado pelo aumento no uso de apps espiões, como o chamado “stalkerware“.

Como saber que o WhatsApp foi clonado?

É possível saber se que o WhatsApp foi clonado com algumas dicas simples. Em primeiro lugar, fique atento a atividades estranhas na sua conta. Caso observe que conversas não lidas por você constam como visualizadas, ou note mensagens que não lembra de ter enviado, é provável que o WhatsApp esteja ativo em um lugar diferente do seu aparelho.

Outro indício envolve as sessões ativas no WhatsApp Web. No menu principal do mensageiro, é possível conferir quais dispositivos estão conectados. Se houver algum login suspeito, pressione a opção “Sair de todas as sessões” para remover dispositivos estranhos.

Saiba evitar a clonagem do WhatsApp

Como a maioria dos aplicativos para clonar WhatsApp requer acesso físico ao celular, o primeiro passo para se proteger é não deixar o celular desbloqueado em qualquer lugar, sem supervisão. Instalar versões “turbinadas” do mensageiro, como o GB WhatsApp ou o Yo WhatsApp, é outra atitude que deixa o usuário vulnerável à clonagem — além de irem contra os termos de uso da plataforma.

Para reforçar a segurança da conta e impedir a ação de invasores, recomenda-se ativar a confirmação em duas etapas. Com isso, qualquer tentativa de verificação do seu número será acompanhada por um PIN criado por você, medida que impede a clonagem por código SMS, por exemplo.

Caso sinta que sua conta está em risco, uma medida emergencial é apagar conversas que revelem informações pessoais, como dados bancários e fotos íntimas. Para isso, abra a conversa e toque no ícone de menu (três pontos), no canto superior direito da tela. Em seguida, pressione “Mais” e escolha a opção “Limpar conversa”.

Outra dica diz respeito ao WhatsApp Web. É possível que, em algum momento, você esqueça o mensageiro logado no computador do trabalho, por exemplo, ou em alguma outra máquina que não seja sua. Nesse caso, basta tocar no ícone de três pontos, selecionar “WhatsApp Web” e se desconectar de todas as sessões. Na dúvida, sempre faça logout, mesmo no seu computador.

Vale, ainda, recorrer a aplicativos que colocam senha no WhatsApp. Dessa forma, quando alguém tentar acessar o mensageiro, precisará digitar também a senha do aplicativo, além do código exigido na tela de bloqueio do celular.

Como recuperar WhatsApp clonado?

Se o seu WhatsApp foi hackeado, entre em contato com a operadora do celular e solicite a suspensão temporária da linha telefônica. Em seguida, vá até uma loja autorizada da empresa e peça para transferirem o número para um novo chip. O procedimento é feito na hora.

Feito isso, envie um e-mail para [email protected] informando seu número no formato internacional (+55 9 xxxx xxxx) e solicitando bloquear o WhatsApp clonado. O perfil permanecerá suspenso por trinta dias para que você consiga reativá-lo. Após esse prazo, ele será apagado definitivamente. Depois que a linha estiver ativa outra vez, reinstale o aplicativo do WhatsApp e configure a conta.

ILHÉUS: Prefeito Marão irá construir orla do São Miguel ao São Domingos

Prefeito Marão manda derrubar todo resto da orla norte do bairro São Domingos a partir desse domingo (29), essa que era uma das mais belas orla da cidade, hoje se encontra em um total abandono.

O prefeito esteve em Salvador juntamente com o presidente da câmara, César Porto, buscando recursos para a construção de uma nova orla, que segundo ele, será do São Miguel ao São Domingos.

Com previsão de início das obras para fevereiro, o prefeito garante que o norte voltará a ter vida depois de anos e será mais um belo cartão postal para nossa cidade.

Educação: Publicado edital para 12 mil vagas da Educação Profissional na Bahia

A Secretaria da Educação do Estado divulgou, no Diário Oficial desta sexta-feira (27), o edital do processo seletivo para 12.395 vagas de cursos técnicos de nível médio, na forma de articulação subsequente ao Ensino Médio. As vagas são para os Centros Estaduais e Centros Territoriais de Educação Profissional, além de unidades compartilhadas na capital e em mais 95 municípios da Bahia. As inscrições deverão ser feitas entre os dias 6 e 16 de janeiro, exclusivamente, pelo Portal da Educação.

As vagas para 45 cursos técnicos de nível médio são direcionadas para quem já concluiu o Ensino Médio e suas modalidades de forma gratuita, seja na rede pública de ensino, no âmbito federal, estadual ou municipal, ou tenha, comprovadamente, cursado em instituição filantrópica ou em instituição privada na condição de bolsista.

Entre os cursos ofertados estão: Técnico em Administração, Técnico em Análises Clínicas, Técnica em Edificações. Técnico em Agropecuária, Técnico em Artes Visuais, Técnico em Instrumento Musical, Técnico em Informática, Técnico em Cozinha, Técnico em Segurança do Trabalho, entre outros.

A divulgação do resultado está prevista para o dia 17 de janeiro. A matrícula dos selecionados será no período de 28 a 30 de janeiro na unidade escolar para a qual foi classificado. O início do período letivo será no dia 10 de fevereiro.

ILHÉUS: Prefeitura realiza cadastramento de barracas para o Réveillon

A Prefeitura de Ilhéus, através da Superintendência de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, iniciou na manhã desta sexta-feira (27), o cadastramento das barracas de comercialização de produtos no entorno da arena do Réveillon 2019-2020, na Avenida Soares Lopes.

Informa que o atendimento será por ordem de chegada tendo como prioridade os residentes de Ilhéus com suas comprovações devidas. É necessário levar os originais e as cópias dos seguintes documentos: RG (carteira de identidade), CPF, Comprovante de Residência de Ilhéus atualizado em nome do interessado.

De 29 a 31 de dezembro, Ilhéus reunirá diversos artistas de renome nacional e bandas da região. Realizado pela Prefeitura com o apoio e patrocínio do Governo do Estado, por meio da Bahiatursa, o evento proporcionará à turistas e população local um ambiente com opções de entretenimento e muita diversão.

ILHÉUS: Mudanças no trânsito para o feriado de Réveillon

Um esquema de trânsito e transporte foi montado para os dias em que acontecem as festas de Réveillon em Ilhéus, entre os dias 28 (sábado) a 2 de  janeiro de 2020. As intervenções serão coordenadas pela Superintendência Municipal de Trânsito e Mobilidade (Sutram), a fim de organizar o fluxo de veículos, principalmente nas vias de passagem para a ponte Lomanto Júnior, que liga o centro à zona sul.

Segundo o órgão, serão realizadas alterações em algumas rotas de acesso às praias, durante o feriadão, quando a cidade recebe milhares de visitantes de todas as partes do Brasil. A operação da Sutram começa na entrada da cidade (rodoviária), onde os veículos que chegam à Ilhéus serão direcionados sempre para a direita, evitando fila dupla e engarrafamento próximo ao acesso à Avenida Princesa Isabel.

A Sutram também redobrará a fiscalização no entorno da Praça Cairu e fechará o acesso para quem desce a ladeira do Plano Inclinado, na Conquista, em direção à ponte e Princesa Isabel. A descida da ladeira será interditada entre a manhã de sábado (28) e a quinta-feira (2). O diretor de Trânsito, Gilson Nascimento, informa que 25 agentes estarão de prontidão em diversos pontos da cidade.

A Princesa Isabel será parcialmente fechada, entre os dias, no sentido sul, com intercalação de agentes. Os condutores que residem na localidade terão acesso à via após identificação. A Sutram salienta ainda que a Avenida Barão do Rio Branco, no bairro Pontal, será completamente fechada e o acesso de veículos será pela Rua 13 de Maio. O perímetro recebe as obras do eixo sul de acesso à nova ponte.

Modo intermitente – Os semáforos da Lomanto Júnior e da entrada da Princesa Isabel (Av. Itabuna) funcionarão em modo intermitente (piscando amarelo). Motoristas que trafegarem por estas vias devem obedecer à velocidade permitida. Nesta semana, a Sutram iniciou o Projeto Verão, com o objetivo de sensibilizar e promover a educação no trânsito para os usuários das vias, sejam eles pedestres, ciclistas, motociclistas e condutores em geral.

ILHÉUS: Mulher encontrada morta no Nelson Costa era professora da UNOPAR

Por: Fábio Roberto Notícias

A mulher que foi encontrada morta dentro de sua própria residência, na Avenida Lótus, bairro Nelson Costa, na tarde desta quinta-feira, 26, foi devidamente identificada. Trata-se de Léa Tolentino, 35 anos.

A vítima era professora da Universidade Unopar, situada na Avenida Itabuna, e prestava serviço em outras empresas da cidade, a exemplo da Cargill, no bairro do Iguape.

Os amigos perceberam a ausência dela há cerca de 04 dias, quando tentaram chamar no telefone celular, mas sem resposta, foi a partir daí que foram até a residência e notaram um odor estranho exalando da casa.

Policiais militares da 69ª CIPM foram acionados e com apoio de um chaveiro tiveram acesso ao imóvel e constataram a mulher morta já em estado de decomposição.

Avião com 100 pessoas cai no Cazaquistão; acidente deixa mortos e feridos

Com 100 ocupantes, entre 95 passageiros e cinco tripulantes, um avião caiu no Cazaquistão. Até o momento, as autoridades confirmaram a morte de 14 pessoas.

O acidente foi registrado logo após a decolagem, por volta das 7h da manhã do horário local, em Almaty, que é considerada a maior cidade do país. O avião seguia com destino à capital do Cazaquistão, Nursultan.

Segundo informações do G1, a prefeitura de Almaty confirmou também que há 17 pessoas feridas, incluindo seis crianças, que foram “internados em estado extremamente grave”.

A aeronave, que caiu sobre um prédio de dois andares, era do modelo Foker 100, da empresa Bek Air. Imagens divulgadas pelo comitê de Situações de Emergência mostraram como ela ficou dividida em dois pedaços após a queda, com a parte da frente em uma casa de dois andares parcialmente destruída. Equipes de socorro seguem no local atuando no salvamento.

As circunstâncias do acidente não foram divulgadas, mas o presidente Kassym-Jomart Tokayev já anunciou no Twitter que “os responsáveis serão castigados severamente, de acordo com a lei”.

Mesmo condenado, goleiro Bruno é tietado por torcedores do Flamengo: ”Me senti acolhido!”

Por: Caras

Mesmo condenado pela morte de Eliza Samudio, o goleiro Bruno conquistou uma legião de fãs do Flamengo, clube em que jogava na época em que a tragédia aconteceu.

Na última segunda-feira, dia 23, o atleta foi a um shopping de Cabo Frio, no Rio de Janeiro, fazer as compras de Natal e foi tietado por torcedores do time carioca, que continuam o admirando.

Em seu Instagram, ele compartilhou uma foto ao lado dos admiradores em frente a uma loja do Flamengo e agradeceu por todo carinho que recebeu.

“Queria agradecer a receptividade, carinho de todos! Me senti muito amado, querido, acolhido e muito feliz! Que Deus possa abençoar a cada pessoa que veio até mim hoje, que pediu uma foto, autógrafo, ou que simplesmente veio apertar a minha mão, me desejar sorte, me parabenizar pelo meu recomeço!”, escreveu.

“Obrigado por cada rosto que sorriu pra mim, e que foram muitos, muitos mesmo! Fico até emocionado. Vocês encheram meu coração de alegria, e me deram mais combustível para correr atrás dos meus sonhos! Estou lisonjeado”, concluiu.

Bruno foi condenado a 20 anos pelo homicídio de Elisa Samudio, mas deixou a prisão em julho deste ano após 9 anos preso.

Após sua saída, foi contratado pelo Poços de Caldas, de Minas Gerais, mas não teve sequência no clube. O próprio goleiro rescindiu contrato devido a alguns problemas.

ILHÉUS: Carro fumacê circula a partir desta sexta-feira (27)

A Prefeitura de Ilhéus intensifica a partir desta sexta-feira (27), ação de combate ao Aedes aegypti, principal vetor de transmissão da dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus. A pulverização inseticida, mais conhecida como fumacê, percorrerá todos os bairros da cidade de segunda a sexta-feira, das 17 às 22h, e aos sábados, domingos e feriados, das 5 às 8h.
A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) solicita que os moradores abram portas e janelas das residências durante a passagem do carro. A iniciativa vai priorizar as localidades com altos índices de proliferação, começando pelos bairros Malhado, Hernani Sá, Ilhéus II, Nossa Senhora da Vitória, Teotônio Vilela e Salobrinho.
Recomendações – Roberto Reis, coordenador de Campo de Endemias, informa que durante a passagem do fumacê, os moradores devem tampar os recipientes que contêm água e alimentos, cobrir aquários e gaiolas e abrir janelas e portas. A ação só é efetiva quando o inseticida está em suspensão no ar e só mata o mosquito adulto. A passagem não diminui a necessidade da eliminação dos potenciais focos do mosquito.
A aplicação de inseticida é preconizada pelo Ministério da Saúde e visa controlar os surtos ou epidemias das arboviroses. O órgão recomenda o índice de infestação abaixo de 1%. Contudo, conforme o coordenador do setor, Ilhéus apresenta um índice de 7,8%, o que deixa o município em estado de alerta para o surto de dengue.


rl consultoria




web