WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de ilheus



abril 2021
D S T Q Q S S
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
videos


:: ‘_destaque3’

Ilhéus: Com ação da Prefeitura, avanço do coronavírus diminui

Por meio da adoção de um conjunto de medidas restritivas para a contenção e enfrentamento do coronavírus em Ilhéus, a Prefeitura tem conseguido diminuir o aumento descontrolado do número de casos na cidade.

Nos últimos cinco dias, foi registrada uma taxa de 19% de aumento em Ilhéus, enquanto que em cidades como Ipiaú foi registrado 24%, Salvador 36% e Itabuna 34%, segundo informações divulgadas pelo Metro1.

“Salvar vidas é a nossa prioridade nesse momento. Sendo Ilhéus a primeira cidade do interior da Bahia a implantar um Centro de Atendimento Covid-19, reflete como temos trabalhado diuturnamente em parceria com o Governo do Estado para proteger a saúde da população. Continuaremos atuando firmemente para conter o coronavírus na nossa cidade”, destacou o prefeito Mário Alexandre.

Atualmente, a Bahia registra 5.774 casos confirmados de Covid-19, Ilhéus possui 291 casos confirmados, 15 óbitos, 189 altas, o que representam 102 casos ativos monitorados pela equipe da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde.

Salvador: Irmã de Leo Prates testa positivo para Covid-19

Na tarde desta sexta-feira, 8, o Secretário Municipal de Saúde de Salvado, Léo Prates, informou através de uma publicação no Twitter, que ele, a mulher e membros da sua família seguem no enfrentamento do novo coronavírus. Na publicação, ele informa que sua irmã que é médica e está grávida, testou positivo para a doença.

Segundo o boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), até esta sexta, às 12h43, 328 profissionais de saúde tiveram diagnóstico positivo para Covid-19.

Na postagem anterior, o jornal A Tarde havia tido que Léo Prates teria dado positivo, mas não foi o secretário e sim a sua irmã.

Créditos: A Tarde

 

Ipiaú: Família de bebê contesta morte por covid-19: “Não acredito de jeito nenhum”

A família do bebê que teria morrido em decorrência da covid-19 em Ipiaú, contesta a informação divulgada pela Secretaria Estadual de Saúde e confirmada pela Secretaria do município. “Não acredito de jeito nenhum, a nenê morreu foi da anemia causada pela bactéria que ela pegou”, assegurou a avó da criança de dois meses.

Ela contou ao site GIRO Ipiaú, que o atestado de óbito aponta anemia grave, choque hemorrágico e toxoplasmose como causas da morte do bebê ocorrido no dia 30 de abril no Hospital Prado Valadares, em Jequié, um dia após ser internada. “A gente tem o atestado de óbito em mãos e não tem nada disso aí (covid-19)”, disse.

A avó da bebê informou ainda que na unidade hospitalar foi realizado um teste rápido no bebê e que apontou negativo para a covid-19. Após o falecimento, uma profissional do hospital teria assegurado a família que a criança não estava com o vírus. “Eu perguntei se podia levar o corpinho dela pra casa e ela (enfermeira) disse que se dependesse dela poderia sim, pois não tinha risco algum, ai a outra enfermeira falou que aconselhava a não velar por causa de aglomeração. Ai concordei e disse que a gente ia direto para o cemitério, foi o que a gente fez”, relatou a avó que completou. “Essa mentira está causando mais dor na nossa família”.

A mulher ainda contou  que uma equipe da Secretaria de Saúde de Ipiaú esteve na tarde de ontem na residência da família e realizou testes rápidos que confirmou covid-19 nela, no filho e nos pais da bebê. Todos residem na mesma casa e estão em quarentena.

A secretária de Saúde de Ipiaú, Larissa Dias informou que o teste pós morte no bebê foi realizado pelo Hospital Geral Prado Valadares e que “infelizmente detectou covid-19”. Na noite de segunda-feira, o município registrou 16 novos casos confirmados do novo coronavírus, elevando para 53 o total.

Créditos: Giro Ipiaú

ITABUNA: ENTREGA DE KITS DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR COMEÇA DESTA SEGUNDA-FEIRA(4)

A Prefeitura de Itabuna confirmou, através da Secretaria Municipal da Educação (SME), que será iniciada a partir da desta segunda-feira (4/5), a distribuição dos kits de alimentação da merenda escolar.

A distribuição atende ao que foi determinado pelo Ministério da Educação, de que a verba do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) seja utilizada para a manutenção nutricional de crianças e adolescentes, mesmo que as aulas não estejam acontecendo, frente à pandemia de COVID-19, decretada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Também por orientação da OMS de que sejam evitadas as aglomerações, haverá todo um cuidado por parte dos profissionais envolvidos para que os kits sejam entregues de maneira rápida, eficiente, respeitando o distanciamento entre as pessoas. “Em Itabuna, há o crescimento na quantidade de casos confirmados de COVID-19 e há a determinação, por parte do Ministério da Educação, de que as escolas não deixem de fornecer alimentos aos estudantes”, explicou a secretária da Educação do município, a professora Nilmecy Gonçalves.

Segundo ela, “a nossa secretaria já está trabalhando há 20 dias e os diretores já foram orientados. Num primeiro momento, faremos a distribuição para os estudantes que já tiveram suas matrículas confirmadas até o dia 18 de março e foi elaborado um cronograma”, disse.

Logística

Para conseguir organizar a distribuição as equipes técnicas da secretaria e os diretores das escolas aparecem com os principais articuladores nessa empreitada, que terá também o apoio dos funcionários das escolas.

Para tanto, os diretores organizarão uma equipe afinada e movida pelo sentimento de solidariedade e empatia (a depender da unidade escolar, é possível ainda contar com a ajuda de outros parceiros [Secretaria Municipal de Administração, clubes de serviços, Tiro de Guerra, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Civil, etc.]). Houve um planejamento prévio e a principal estratégia da distribuição estabelece a quantidade de atendimentos por período / hora; em escolas maiores como o IMEAM, CAIC Jorge Amado, Lourival Oliveira, Flávio Simões, Margarida Pereira e Frederico Smith, o atendimento acontecerá de acordo com as séries ou etapas de ensino e com entrega de senhas.

Os kits serão entregues sempre no local mais amplo e arejado das escolas; em havendo condição, cadeiras separadas por 1 metro de distância serão disponibilizadas para evitar desconforto e desobediência quanto às orientações da OMS; todas as escolas terão água e sabão e irão munir a equipe de distribuição com luvas, máscaras e álcool em gel 70%; os diretores farão ainda a divulgação antecipada, em locais visíveis, do cronograma de distribuição, usando cartaz na porta da escola, informes nos grupos de WhatsApp, informes através do Facebook da escola, etc., além de garantir que as relações por ano com os dados dos estudantes como nome completo dos pais e se possuem mais de um filho na mesma unidade escolar. Se sim, deverá receber todos os kits de uma só vez.

Entrega nas escolas urbanas

Nas escolas da área urbana, a distribuição acontecerá por núcleos e, nas escolas do campo, por rotas, a partir do dia 18. “É impossível a distribuição para todas as 90 unidades de uma só vez. Então, necessitaremos do máximo de compreensão dos gestores e dos integrantes das escolas para que essa mesma compreensão seja direcionada também às famílias”, pontuou a secretária da Educação, completando ainda que “não haverá armazenamento de kits reservas”.

A perspectiva da SME é a de que a distribuição dos kits, beneficie cerca de 16 mil alunos. “Ninguém precisa correr para as escolas até porque essa distribuição não será feita para todo mundo de uma vez”, disse Gonçalves. Para quem tiver dúvidas ou necessitar de maiores informações, a SME está disponibilizando o número de telefone (73) 3214 1456.

Confiram, abaixo, o cronograma de distribuição dos kits nas ESCOLAS URBANAS:

NÚCLEO I – Escolas Ana Francisca Messias, Brasília Baraúna de Almeida (Ferradas), Lourival Oliveira Soares, Florípedes Menezes, Iolanda Pires (Sítio V) e Conjunto Penal de Itabuna – a distribuição nas escolas acontecerá no DIA 4; os que, porventura, perderem a data, poderão se dirigir à unidade escolar novamente no dia 6 (quarta-feira).

NÚCLEO II– Escolas Plínio de Almeida, Ester Gomes, Pedro Lemos, Juca Leão, Raimundo Jerônimo Machado, Frederico Smith Lima e Maria Creuza –a distribuição nas escolas acontecerá no dia 5. Quem perder a data, poderá receber no dia 7.

NÚCLEO III – CAIC Jorge Amado e escolas Roberto Santos, Milton Rodolfo e Vila Anália – a distribuição acontecerá no dia 6 e, para quem perder a data, uma nova entrega será feita no dia 8.

NÚCLEO IV – Escolas Ação e Cidadania, Isa Brito, Maria Goretti, São Paulo da Cruz, João Mangabinha Filho e Centro de Educação Municipal Gil Nunesmaia – a distribuição nas escolas acontecerá no dia 7 e, para quem perdeu a data, uma nova entrega será feita no dia 11.

NÚCLEO V – Escolas José Nunes, Pequeno Aprendiz, Eduardo Fonseca, Maria Pinheiro, Espírita Emanuel, Pedro Jerônimo, Três Irmãos, Margarida Pereira e Everaldo Cardoso – a distribuição nas escolas acontecerá no dia 8 e, para quem perder a data, poderá retornar no dia 12.

NÚCLEO VI – Instituto Municipal Teosópolis e escolas São Francisco de Assis, Antônio Menezes Filho, Heribaldo Dantas e Ewerton Chaloup – a distribuição nas escolas ACONTECERÁ NO dia 11 e, para quem perder a data, poderá retornar no dia 13.

NÚCLEO VII – Escolas Novo Horizonte, Esperança, Lions Club Itabuna Centro, Luiz Viana Filho, Maria Raimunda Oliveira, Só o Amor Constrói e São Lourenço – a distribuição nas escolas acontecerá no dia 12 e, para quem perder a data, uma nova entrega será feita no dia 14.

NÚCLEO VIII – IMEAM, Lúcia Oliveira, Betel, Firmino Alves, Pequeno Lar, Sementeira, Genival Correia de Almeida e Luís Eduardo Magalhães – a distribuição nas escolas acontecerá no dia 13 e, para quem perder a data, poderá comparecer no dia 15.

NÚCLEO IX – Batista da Califórnia, Flávio Simões, Castelo Branco, 28 de Julho, João Alves Araújo, Rainha dos Anjos e Renascer – a distribuição nas escolas acontecerá no dia 14 e, para quem perder a data, poderá comparecer no dia 18.

NÚCLEO X– Maria Rosa, Rainha da Paz, Verdes Campos, Alberto Lessa, Amélio Cordier e Brasília Baraúna de Almeida (São Roque) –a distribuição nas escolas acontecerá no dia 15 e, para quem perder a data, poderá ir à escola no dia 19.

ESCOLAS DO CAMPO– Nas escolas do campo, a distribuição será por rota.

Bahia registra 3.315 casos de Covid-19 e 123 óbitos

A Bahia registra 3.315 casos confirmados de Covid-19, o que representa 20,39% do total de casos notificados no estado. Considerando o número de 727 pacientes recuperados e 123 óbitos, 2.465 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos.​
Os casos confirmados ocorreram em 145 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (63,35%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes são: Ilhéus (1.367,61) Uruçuca (1.218,38), Itabuna (994,26), Coaraci (765,02) e Salvador (731,11).​
O boletim epidemiológico registra 7.930 casos descartados e 14.917 notificações em toda a Bahia. Esses dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais. ​
Taxa de ocupação​
Na Bahia, dos 838 leitos disponíveis do Sistema único de Saúde (SUS) exclusivos para Covid-19, 367 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 44%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 318 leitos exclusivos para o coronavírus, 169 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 53%. Cabe ressaltar que novos leitos serão abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.​
Exames​
O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 19.628 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 2 de maio de 2020. Atualmente, 2.378 amostras estão em análise laboratorial e os exames são liberados em até 48 horas.​
Óbitos​
A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) contabiliza 123 mortes pelo novo coronavírus nos seguintes municípios: Adustina (1); Água Fria (1); Araci (1); Belmonte (1); Buerarema (1); Camaçari (1) ; Capim Grosso (1); Catu* (1); Feira de Santana (1); Gongogi (2); Ilhéus (5); Ipiaú (1); Itabuna (5); Itagibá (1); Itapé (1); Itapetinga (2); Jequié (1); Juazeiro (1); Lauro de Freitas (5); Maraú (1); Nilo Peçanha (1); Salvador (78); São Francisco do Conde (1); Ubaitaba (1); Uruçuca (4); Utinga (1); e Vitória da Conquista (3). ​
Faixa etária​
Quanto ao sexo do total de casos confirmados, 58,59% foram do sexo feminino. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 27,48% do total de registros com diagnóstico positivo para Covid-19. O coeficiente de incidência por 1.000.000 de habitantes foi maior na faixa etária de 80 anos ou mais (485,53/1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer foi maior nesta faixa etária, seguida da faixa de 30 a 39 anos (397,10/1.000.000 habitantes).​
Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. O boletim completo, com a lista de municípios com casos confirmados, está disponível no site da Sesab.

Fique por dentro: Saiba sobre os cuidados no uso de máscaras e dicas de higienização e tecidos apropriados para confecção caseira

Já está comprovado que o uso de máscaras funciona como barreira de proteção ao novo Coronavírus. Aqui em Ilhéus seu uso é obrigatório. A Prefeitura, através da Secretaria de Saúde (Sesau) destaca que apesar da boa iniciativa, nem todos os modelos são seguros e alguns cuidados devem ser tomados para que o acessório não perca sua funcionalidade e realmente proteja a população.

Máscaras cirúrgicas, N95, caseira, colorida e tantos outros tipos de máscaras estão circulando pelas ruas protegendo boca e nariz dos cidadãos, com o objetivo de não se contaminar com a Covid-19. Confira abaixo cinco dicas de como utilizar a máscara corretamente, para evitar a contaminação do vírus no município de Ilhéus.

Porque usar a máscara? 

A máscara deve ser usada toda vez que as pessoas necessitarem sair de suas casas, mantendo a recomendação de apenas sair em casos extremamente necessários. O Ministério da Saúde indica ainda que a pessoa tenha uma máscara reserva para trocar quando necessário. Nunca compartilhe suas máscaras, elas são de uso pessoal.

Por quanto tempo posso usar a máscara? 

As máscaras são utilizadas como barreiras físicas para as gotículas que podem carregar o vírus, a orientação é que o acessório seja trocado a cada duas horas, acima desse tempo a máscara perde sua eficácia.

Quais são os melhores materiais para fazer a máscara? 

As máscaras caseiras podem ser feitas de acordo com o gosto de quem vai usar, lisa, estampada, colorida, entre tantas outras formas. A orientação do Ministério da Saúde é que os moradores optem por materiais de algodão, tricoline, TNT, e outros tecidos.

Quais cuidados devemos ter para higienizar a máscara?

Após o uso as máscaras devem ser lavadas com água sanitária, deixe as peças de molho por cerca de 10 minutos. Depois deixe secar ao sol e passe com ferro quente. Repita esse processo toda vez que retirar do rosto para higienizar.

E como manusear as máscaras? 

Para mexer nas máscaras e evitar a contaminação, é necessário que a pessoa higienize as mãos, no momento de colocá-la no rosto o certo é segurar pelas alças laterais, sem tocar a parte interna que ficará em contato direto com a boca e o nariz.

Boletim Covid-19 Ilhéus: 193 casos confirmados

ILHÉUS CONTRA O CORONAVÍRUS

O número de pessoas recuperadas chega a 64. No entanto, nesta terça-feira (28), Ilhéus registra 193 casos confirmados; 377 descartados; ☑️1049 apresentam síndrome gripal leve; 38 aguardando resultado do Lacen e 311 casos monitorados com isolamento domiciliar.  Atenção! 09 estão na UTI. Infelizmente 04 óbitos.

“A população precisa respeitar as medidas de prevenção, pois só assim será possível bloquear a cadeia de transmissão viral. Se for necessário sair, use máscara. Mas o pedido é para que você fique em casa. A sua colaboração é importante e necessária nesse momento”.

Famosos: Filho da cantora gospel, Eyshila, se assume gay e surge na internet como Drag Queen

Filho da cantora gospel e pastora Eyshila, Lucas Santos surpreendeu ao surgir na internet montado como draq queen. As publicações foram feitas em uma página mantida pelo jovem, no Instagram: num dos registros ele aparece de peruca loira, e no outro, exibe madeixas em tons mais escuros, em um vídeo em que interpreta a canção “Love”, da cantora Lana Del Rey.

“Não consigo decidir meu nome de drag. Na verdade eu decidi, é ‘peridot”, escreveu ele, numa das postagens de sua conta no Instagram, que soma quase 50 mil seguidores, conta essa que há dois dias tinha cerca de 2 mil seguidores e após a publicação da foto como drag os seguidores só aumentam.

Lucas se disse surpreso pelo carinho e compreensão que recebeu após as publicações que fez: “Mas, sério, muito obrigado por todo o apoio. estou assustado com tanto amor e compreensão”.

Ainda pela web, ele respondeu a um de seus seguidores, dizendo que ele e a mãe “se amam muito, apesar de acreditarem em coisas diferentes”.

“Se ela pudesse escolher, teria um filho gay? Não. Se pudesse escolher, teria uma mãe pastora evangélica? Não. Mas aconteceu E acaso não foi. Seguimos nos amando e nos respeitando, em prol de uma vida pacífica e saudável”, afirmou Lucas em um de seus stories publicados em sua conta.

Ilhéus: ”Unidos vamos vencer mais uma guerra”, afirma prefeito Mário Alexandre

Em entrevista ao programa O Tabuleiro, da Ilhéus FM, o prefeito Mário Alexandre destacou hoje (24) sobre a fase final de conclusão do primeiro Centro de Atendimento ao Covid-19 do interior do Estado, estruturado em parceria com a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), no Centro de Convenções.

Com funcionamento 24 horas, o Centro de Atendimento ao Covid-19 de Ilhéus, atenderá casos suspeitos de coronavírus e pacientes que sentirem sintomas mais graves como falta de ar, para internamento provisório até que possa ser transferido para uma unidade hospitalar de referência.

O prefeito Mário Alexandre destacou a existência dos atuais 11 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) SUS específicos para Covid-19 no Hospital de Ilhéus, além de mais 9 que estarão disponíveis nesta unidade, assim como no Hospital Regional Costa do Cacau.

“O melhor remédio ainda é o isolamento, evitar aglomeração, cuidar da higiene e usar máscara. Eu tenho pedido ao nosso povo que atenda às recomendações para evitar a propagação do vírus. Unidos vamos vencer mais uma guerra”, declarou o prefeito.

O gestor destacou ainda que atualmente os pacientes são atendidos exclusivamente na Unidade de Pronto Atendimento da Conquista, até a abertura do Centro de Atendimento ao Covid-19. Equipamentos de Proteção Individual como luvas e máscaras estão sendo fornecidos  para os servidores. A desinfecção da UPA da Conquista será feita na segunda-feira, e, após, a unidade voltará a atender outras patologias.

Fique por dentro: Entenda os efeitos da Fake News com Professor Emenson Silva

Assista a explicação do Professor Emenson Silva.

Não é de hoje que mentiras são divulgadas como se fossem verdades , mas com o surgimento das redes sociais, efeitos da globalização esse tipo de publicação popularizou-se.

No cenário internacional as fake News passou a ser utilizada com frequência durante as eleições de 2016, na qual o Donald Trump, tornou-se presidente.

As Fake News são informações falsas, divulgadas com a finalidade de difamar ou prejudicar alguém. Fake News é crime!











rl consultoria




web