WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de ilheus



abril 2021
D S T Q Q S S
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
videos


:: ‘_destaque3’

Una: Prefeito Tiago De Dejair proíbe, em decreto, entrada e saída no município

Novas regras no Decreto municipal n° 507 de 23 de junho de 2020, artigo 1° inciso 1° e 2°, proíbe a entrada e saída no município.

A decisão foi tomada pelo prefeito Tiago De Dejair devido ao aumento de casos na cidade.

Una  que estava apenas com 7 casos confirmados, e todos eles já curados, deu um salto para 11 casos, de acordo boletim divulgado ontem (25).

Essas medidas são necessárias para o  enfrentamento e combate ao coronavírus na cidade.

Há algumas exceções no decreto para entrada e saída, confira:

✓Pessoas que comprovem residência no município e justifiquem o motivo do deslocamento;
✓Pessoas que comprovem emprego, trabalho ou serviços contratados;
✓ Deslocamento por motivo de urgência/emergência de saúde, assistência social, incêndio, policia ou fiscalização;
✓ Pessoas que comprovem que estão de passagem para outros municípios.

 

Para conferir na íntegra o decreto, Clique aqui

São João: Bahia reduz em 54% o número de acidentados com fogos de artifício

As duas unidades estaduais de referência no tratamento de vítimas de queimaduras por fogos e explosão de bombas contabilizaram 28 atendimentos no período de 20 a 24 de junho, uma queda de 54,09% em relação ao mesmo período do ano passado.

O Hospital Geral do Estado teve o maior número de ocorrências relacionadas aos festejos juninos, com um total de 23 atendimentos, sendo 12 vítimas de queimaduras por fogos e 11 por explosão de bomba. Já o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, também referência no atendimento a queimados, deram entrada cinco pessoas vítimas de queimaduras e fogos de artifício.

Na avaliação do secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, a redução expressiva de acidentados deve-se a uma série de fatores: “a pandemia de coronavírus fez com que alguns municípios proibissem a venda de fogos de artifício e fogueiras devido a fumaça e isto somado as restrições impostas pelo Governo do Estado para evitar aglomerações, aliado a fiscalização da polícia militar e prefeituras para os que desobedecessem, fizeram com que tivéssemos essa redução”, explica o secretário.

No mesmo período de 2019, as duas unidades registraram 61 atendimentos de pacientes vítimas de queimaduras e fogos de artifício.

Ilhéus: Prefeitura proíbe fogueiras, venda e queima de fogos de artifício durante pandemia

O prefeito Mário Alexandre publicou na segunda-feira (22) o decreto nº 045, que proíbe a montagem e o acendimento de fogueiras, comercialização e queima de fogos de artifício no território municipal devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A determinação segue as medidas de combate à doença, visando reduzir os casos de complicações respiratórias ocasionadas pela fumaça e também de queimaduras em decorrência do manuseio de fogos de artifício.

Embora os fogos e as fogueiras façam parte da tradição junina do município e de toda a região Nordeste, a situação é extremamente delicada, tendo em vista que neste momento as unidades de saúde estão absorvendo grande demanda de pacientes diagnosticados com a Covid-19. Todas as precauções são importantes para conter a proliferação do vírus e manter a eficácia do isolamento social.

O decreto também proíbe a concessão de licença para o funcionamento de barracas que comercializam fogos de artifício e de alvará municipal que vise a autorização para fechamento de logradouro público, montagem de arraiás, choupanas ou qualquer forma que esteja ligada com o objeto do presente documento.

Para garantir o cumprimento das medidas estabelecidas, equipes do setor de Fiscalização de Operações Especiais (FOE), Fiscalização de Postura e Ambiental e efetivos da Guarda Civil Municipal (GCM), com apoio da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA) iniciaram a operação em diversos bairros da cidade. O descumprimento de qualquer das disposições ensejará a imposição de multa, suspensão ou cancelamento do alvará ou licença eventualmente concedidos pelo Município.

Saúde: Preconceito contra obesidade prejudica o tratamento e agrava quadro emocional dos pacientes

Obesidade é a segunda doença crônica mais incidente no Brasil e o apoio das pessoas próximas é fundamental para o enfrentamento da doença

Piadas de mau gosto, apelidos pejorativos, constrangimentos e comentários ofensivos são frequentes na realidade das pessoas que sofrem de sobrepeso e obesidade. Também conhecido como fat-shaming ou gordofobia, o estigma social é caracterizado por pessoas que agem de forma preconceituosa com quem sofre de excesso de peso ou de obesidade.

 “O preconceito e o bullying não poupam nem crianças na tenra infância no ambiente escolar, atingem as crianças que sofrem de obesidade infantil, os adolescentes e os adultos durante toda a vida toda. Infelizmente, a pessoa que sofre de sobrepeso ou obesidade passa a vida sendo estigmatizada”, afirma o médico Adriano Rios, cirurgião bariátrico e diretor do NTCO (Núcleo de Tratamento e Cirurgia da Obesidade).

A obesidade é reconhecida, hoje, como importante problema de saúde pública. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, trata-se de uma epidemia global e 2,3 bilhões de pessoas no mundo estão com sobrepeso ou obesidade. .

“Obesidade é uma doença crônica e tem que ser tratada como tal. Quem sofre dessa doença não deve ser tratado como preguiçoso ou como se fosse uma pessoa com falta de força de vontade ”, explica Adriano Rios. Segundo ele, trata-se de uma doença multifatorial e progressiva, causada por fatores metabólicos, genéticos, comportamentais e culturais. O especialista explica que o paciente portador de obesidade requer um acompanhamento multidisciplinar durante toda sua vida. “Geralmente, o paciente precisa ser assistido por uma equipe que envolve médicos, nutricionista, psicólogo, educador físico e outras especialidades a depender do caso”, explica o cirurgião bariátrico. “As pessoas recorrem a comida, inclusive, para regular as emoções”, afirma Larissa Mendes, psicóloga da equipe do NTCO.

Várias pesquisas em todo mundo apontam que as pessoas que são vítimas desses abusos acabam ganhando mais peso.

“Todo indivíduo deve ser respeitado independente do seu corpo e de padrões estéticos. Ao invés do julgamento, o apoio e o acolhimento da família, dos amigos e colegas são essenciais para que a pessoa consiga buscar ajuda especializada e tratar a obesidade sem tantos danos psicológicos”, pondera a psicóloga Larissa Mendes.

Dois em cada dez brasileiros estão obesos e mais da metade da população, 55,4%, sofre de excesso de peso (sobrepeso). De acordo com o Ministério da Saúde, hipertensão (24,5%), obesidade (20,3%) e diabetes (7,4%) são as doenças crônicas de mais incidência no país.

A obesidade é o resultado de um desequilíbrio entre a quantidade de calorias ingeridas e a quantidade gasta, causando acúmulo de gordura. Entre as doenças e complicações associadas à obesidade, estão hipertensão arterial,  doenças cardiovasculares, doenças osteoarticulares, diabetes, problemas de circulação, refluxo gastroesofágico, apneia do sono, esteatose hepática (gordura no fígado), alguns tipos de câncer, disfunções respiratórias, depressão e outros transtornos psicológicos.

“A doença, associada a várias complicações e comorbidades, compromete seriamente a qualidade e o tempo de vida”, afirma Adriano Rios.  “O preconceito e a intolerância contra pessoas que já sofrem de uma doença tão complexa e de difícil controle devem ser combatidos”, conclui o médico.

Ilhéus: Trade turístico é convocado a realizar o Cadastur

Com o lançamento da Semana Cadastur, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) da Prefeitura de Ilhéus convoca pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo para realizar o cadastro, gratuito e válido por dois anos, por meio da plataforma do Ministério do Turismo https://cadastur.turismo.gov.br/. A campanha, que segue até o mês de agosto, é realizada em três edições. Nesta primeira semana, a Secult oferece suporte virtual pelo Whats App através dos números (73) 98898-4221 e 98897-6337, de 22 a 26 de junho das 14h às 18h.

É importante que os segmentos realizem, atualizem ou renovem seus cadastros, principalmente os meios de hospedagem, agências de turismo, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, acampamentos turísticos e guias de turismo, cujo cadastramento é obrigatório.

“Nosso objetivo é estimular o cadastramento dos empreendimentos e prestadores de serviços turísticos, para trazer visibilidade ao trade e fortalecer a atividade turística no município de Ilhéus”, destacou o Secretário de Cultura e Turismo, Fábio Manzi Júnior.

O Ministério do Turismo tem divulgado algumas ações para amenizar o impacto da pandemia no segmento, como linhas de financiamento pelo Fungetur e do selo Turismo Responsável. Com o cadastro no Cadastur, o empreendedor atende um pré-requisito para requerer estes benefícios.

Além disso, com o Cadastur, outras vantagens e oportunidades de negócios também são possíveis como acesso a financiamentos em bancos oficiais, participação em licitações públicas, visibilidade nos sites do Cadastur e no Programa Viaje Legal, além de ser uma importante fonte de consulta para a atividade turística no município.

Empreendimentos que não estiverem regularizados podem sofrer penalidades como multas e até a interdição do local, conforme a Lei nº 11.771, de 2008, e a Portaria nº 105, de 20 de junho de 2018.

Para realizar o cadastro – A pessoa jurídica deve possuir CNPJ/MF em situação ativa e também o CNAE/CONCLA compatível. No caso da pessoa física, especificamente para o guia de turismo, em que o cadastro é válido por cinco anos, o indivíduo deve portar CPF, apresentar certificado ou diploma de conclusão de curso, carteira de guia (se possuir), foto 3×4 recente, carteira de reservista e comprovante de residência.

São considerados empreendimentos de cadastro opcional, casa de espetáculos e equipamentos de animação turística, centro de convenções, empreendimentos de entretenimento e lazer e parque aquático, locadoras de veículos para turistas, empreendimentos de apoio ao turismo náutico e pesca desportiva, restaurantes, cafeterias, bares e similares, dentre outros.

Itabuna: Justiça suspende toque de recolher na cidade

Em razão da decisão da justiça de suspender o toque de recolher na cidade, o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, decidiu que acatará a decisão. O Toque de Recolher foi adotado no município como forma de reduzir a disseminação da COVID-19 entre pessoas que não tem respeitado as recomendações de isolamento social, mas se houve entendimento da justiça de que é desnecessária a medida, o prefeito acata a decisão judicial.

O Toque de Recolher estava em sua segunda prorrogação, tendo início no dia 12 de maio, e venceria o prazo no dia 21 de Junho. De acordo com o último boletim da Secretaria de Saúde, divulgado na noite de ontem (14), foram registrados até o momento 1.450 casos da COVID-19 e 52 óbitos.

Itabuna: Alecsandro Leal é nomeado o novo secretário da Sesttran

A Prefeitura Municipal de Itabuna publicou na edição desta quarta-feira (10), do Diário Oficial do Município, a nomeação do novo titular da Secretaria de Segurança Transporte e Trânsito – Sesttran, que a partir de agora será comandada por Alecsandro Leal. A nomeação acorreu em substituição ao Ten Cel PM Valci Serpa, que se afastou do cargo na última quarta-feira (03), por questões eleitorais.

Alecsandro Andrade Leal é Bacharel em Direito, formado pela Faculdade do Sul/UNIME (Itabuna). Anteriormente atuou no Sistema Prisional da Bahia, ocupando o cargo de Coordenador do Conjunto Penal de Ilhéus. Na Empresa Nordeste Ltda., desempenhou o cargo de Inspetor Comandante Regional da Guarda Armada Patrimonial e na Procuradoria Municipal de Itabuna, já ocupou o cargo de Ouvidor Geral. Na atual gestão, durante o período do seu antecessor Valci Serpa, atuou como subsecretário e agora por indicação do mesmo, assumiu a gestão da Sesttran.

Agradeço ao prefeito Fernando Gomes, ao Coronel Serpa e ao ex-secretário de Administração Son Gomes pela confiança em mim depositada, e daremos continuidade aos trabalhos desenvolvidos pelo meu antecessor junto à Sesttran”, declarou Alecsandro. Já o ex-secretário, Valci Serpa, destacou a confiança depositada no trabalho do novo gestor, “tenho certeza que ele se empenhará na manutenção de tudo que construímos, juntamente com a equipe em nossa gestão, e dará continuidade aos projetos que deixamos em andamento no órgão. Desejo-lhe boa sorte e muito sucesso!”, concluiu. Também na edição de ontem foi publicada no Diário Oficial do Município a nomeação do GCM Roberto Augusto dos Santos, para o cargo de subcomandante da Guarda Civil Municipal de Itabuna. A cerimônia de posse do novo titular da Sesttran ocorrerá amanhã, juntamente com a dos novos secretários municipais da Saúde e Administração, no Centro Administrativo Firmino Alves.

Boletim Covid-19: Ilhéus tem 452 casos curados, mais que o dobro dos ativos

Ilhéus possui 452 pacientes recuperados da Covid-19, conforme boletim divulgado às 19h na terça-feira (9) pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). O número é mais que o dobro de casos ativos,  que são 201, dos 693 registros confirmados na cidade.

A Central Covid-19 de Ilhéus registra 5279 notificações, atendimentos realizados até o momento. 29 pacientes estão internados na UTI. 40 óbitos.
No momento, Ilhéus conta com 36 leitos de UTI Covid-19, 29 ocupados.

A Prefeitura de Ilhéus adota estratégias para reduzir os riscos de contaminação por coronavírus, além de investir em infraestrutura, com ordenamento do fluxo da rede municipal de saúde, habilitação de leitos de UTI, compra de insumos e aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os colaboradores que atuam na linha de frente do combate à doença. Ilhéus também possui um centro exclusivo para atendimento a casos suspeitos e confirmados de Covid-19 e sintomas comuns de gripe.

Se for necessário sair, use máscara de proteção, respeite o distanciamento e evite aglomerações.

Itabuna: Aproximadamente 8 mil testes para detecção da COVID-19 foram feitos na cidade

A Prefeitura Municipal de Itabuna já realizou 7.951, testes para detecção da COVID-19. De acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde, deste total de 5.851 foram na modalidade “teste rápido”, 2.100 tipo PCR – técnica mais específica, que consiste na coleta de secreções do nariz e garganta, permitindo detectar o vírus causador da COVID-19 com altíssima precisão nos primeiros dias dos sintomas graves, encaminhados pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia – SESAB. Vale ressaltar que neste universo de quase oito mil exames, foram testados profissionais da segurança pública, profissionais de saúde, servidores públicos municipais, pessoas monitoradas e suspeitas, idosos e população de rua, dentre outros. Segundo o Secretário de Saúde, Uildson Nascimento, o município ainda adquiriu mais 20 mil testes rápidos e 5 mil swab material utilizado para coleta de amostras clínicas para realização de exames microbiológicos, que é outro método de detecção do novo coronavírus. Os testes rápidos, serão utilizados em ações como drive thru, barreiras sanitárias, conjuntos habitacionais e ações itinerantes. “Os recursos financeiros utilizados foram oriundos do Ministério da Saúde”, lembrou o Secretário.

Rede SAC reabre sete postos nesta segunda-feira (1º)

A Rede SAC vai reabrir, nesta segunda-feira (1º), sete unidades que foram fechadas como forma de prevenção ao Coronavírus. Com isso, a Rede terá 18 Postos SAC em funcionamento na Bahia.Todas as unidades estão atendendo em regime especial, apenas pelo sistema de agendamento, que pode ser feito pelo site do SAC Digital ou por meio do aplicativo de celular do SAC Digital (disponível para smartphone Android e iOS).
Em Salvador, vão ser reabertos, no dia 1° de junho, os postos SAC de Cajazeiras, Comércio, Pau da Lima e Pernambués, fechados em função do Decreto 19.722 e da Lei Estadual 14.267, que anteciparam os feriados e determinaram o fechamento de serviços não essenciais. Na região metropolitana volta a funcionar a unidade de Candeias.
Já no interior, volta a funcionar, nesta segunda (1º), o posto de Feira de Santana II, que estava fechada em decorrência da Lei 14.267, do Decreto 19.722 e também de determinação municipal. O Posto SAC de Valença, que estava fechado por força de decreto municipal, também vai reabrir nesta segunda (1º).
A antecipação dos feriados e o fechamento de estabelecimentos públicos e privados foram medidas adotadas pelo Governo para conter o avanço da Covid-19 no estado. Outros 18 Postos da Rede SAC permanecem fechados em todo a Bahia, como forma de prevenção à pandemia. A reabertura das unidades está sendo gradativa e conforme a situação de cada região.
As unidades da Rede SAC estão funcionando em regime especial durante a pandemia. Para saber quais são as 18 unidades que estão abertas em todo estado, além de se informar sobre os horários de funcionamento e os serviços disponíveis, basta acessar o site da Rede SAC.
Nenhuma unidade está atendendo por ordem de chegada, como forma de evitar aglomerações de pessoas e a transmissão do Coronavírus. Para ser atendido é necessário agendar um horário pelo SAC Digital.










rl consultoria




web