WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de ilheus



abril 2021
D S T Q Q S S
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
videos


:: ‘_destaque3’

Vereador de Salvador, Irmão Lázaro é intubado após infecção por Covid

Crédito: Política Livre

Cantor e vereador da cidade de Salvador, Irmão Lazaro (PL) foi intubado após complicações no seu quadro de saúde em decorrência da infecção por coronavírus.

Lázaro está no primeiro mandato como vereador da capital. Antes ele exercia o cargo de deputado federal, e chegou a concorrer ao Senado.

Inicialmente, ele fez fama na banda Olodum, e depois consolidou sua carreira na música evangélica. Lázaro tem 54 anos.

BBB21: Prefeitura de Paulo Afonso, em flyer sobre toque de recolher, faz campanha a favor da eliminação de Karol Conká

Prefeitura de Paulo Afonso, Bahia, fez um flyer pouco inusitado sobre o toque de recolher.

Todos já sabem que hoje é dia de paredão no BBB, e pelo visto, a torcida contra Karol ganhou reforço da prefeitura de Paulo Afonso,  fizeram campanha a favor da eliminação de Karol Conka. Ela disputa a preferência do público contra Gilberto e Arthur.

A campanha de forma bem elaborada e criativa, para incentivar o povo ficar em casa devido ao toque de recolher por meio de um decreto, tem recibo vários elogios dos internautas. Vejam abaixo:

Pelo quarto dia consecutivo, Bahia registra maior número de pacientes em UTIs Covid-19

Pelo quarto dia consecutivo, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) registra o maior número de pacientes internados em UTIs Covid-19 desde o início da pandemia. São 912 pacientes adultos e pediátricos em estado grave ocupando leitos nas diversas regiões da Bahia. O boletim epidemiológico desta segunda-feira (22) também registra 63 mortes. Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizadas hoje.

Em virtude da elevação na taxa de ocupação de leitos de UTI em toda a Bahia, o governador Rui Costa determinou a ampliação do horário do toque de recolher. A partir desta segunda-feira (22), a restrição será das 20h às 5h. A determinação visa provocar uma redução da taxa de crescimento da Covid-19 no estado.

As denúncias sobre aglomerações em espaços públicos ou privados serão fundamentais para facilitar o trabalho da polícia. Para isso, a população pode ligar para o 190 ou (71) 3235-0000 (para a capital) e, no interior do estado, o 181. Lembrando que a denúncia é anônima e a viatura mais próxima é acionada para o local.

Boletim epidemiológico

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.146 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 2.233 recuperados (+0,4%). Dos 655.481 casos confirmados desde o início da pandemia, 627.674 já são considerados recuperados e 16.553 encontram-se ativos.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.019.787 casos descartados e 150.027 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda (22). Na Bahia, 41.969 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Nesta segunda-feira (22) foram registradas 63 mortes e o número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 11.254, representando uma letalidade de 1,72%. Dentre os óbitos, 56,61% ocorreram no sexo masculino e 43,39% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 55,20% corresponderam a parda, seguidos por branca com 20,37%, preta com 14,54%, amarela com 0,58%, indígena com 0,15% e não há informação em 9,17% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,47%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,32%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

Vacinação

Com 415.778 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 58.322 receberam também a segunda dose, até as 15 horas desta segunda, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Sesab realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel.

Tem se observado volume excedente de doses nos frascos das vacinas contra a Covid-19, o que possibilita a utilização de 11 e até 12 doses em apenas um frasco, assim como acontece com outras vacinas multidoses. O Ministério da Saúde emitiu uma nota que autoriza a utilização do volume excedente, desde que seja possível aspirar uma dose completa de 0,5ml de um único frasco-ampola. Desta forma, poderá ser observado que alguns municípios possuem taxa de vacinação superior a 100%.

CORRE convoca um olhar para o HIV/AIDS em interface ao Coronavírus

O CORRE Coletivo Cênico – integrado pelos multiartistas Anderson Danttas, Igor Nascimento, Marcus Lobo, Luiz Antônio Sena Jr e Rafael Brito – desde 2019 tem mergulhado nos impactos da masculinidade na construção identitária do homem gay. O isolamento e toda crise socioeconômica causada pelo COVID-19, que tem impactado diretamente na sobrevivência de pessoas LGBTQIA+, fez o grupo encontrar uma interseccionalidade com a epidemia do HIV/AIDS no Brasil. Diante desse panorama, o CORRE apresenta a partir do dia de 22 de fevereiro a 10 de abril o projeto PARA-ISO, composto por uma Imersão e um espetáculo multilinguagem.

De 22 de fevereiro até 18 de março, o coletivo ocupa as instalações do sexto andar da Casa Charriot (Comércio/Salvador-BA) para compartilhará seus rastros de pesquisas em narrativas políticas de corpos gays, negros e identidades socializadas através da ação Imersão ao PARA-ISO, que se dá no tempo presente. Esta ação artística política é formada por residências, bate-papos, lives e processos criativos, com exibição diária em diversas plataformas digitais – Instagram, Youtube, Zoom e Tumblr -, das 14h até 18h.

A imersão precede o lançamento de um espetáculo inédito com estreia dia 3 de abril, com direção de Luiz Antônio Sena Jr. e Marcus Lobo, uma trama que versará sobre pandemias, masculinidades, sorofobia e seus impactos à identidade e vida do homem gay, com ênfase nas realidades racializadas. A proposta do grupo revela artisticamente uma atualização das assimilações discursivas e políticas circulantes no cenário pandêmico da primeira onda brasileira de HIV/AIDS nos anos noventa, em paralelo com a pandemia do coronavírus (COVID-19) em 2020.

Para isso, o CORRE visita “Devassos no Paraíso”, obra do dramaturgo, jornalista e cineasta João Silvério Trevisan – que além dos registros históricos acerca de sexualidade e soropositividade, discute direitos civis, inserção social de minorias e intolerância. A Imersão ao PARA-ISO é dotada de suportes visuais e estruturas virtualizadas, dentro dos parâmetros de biossegurança vigentes, propondo diálogos com o espectador através de relatos autobiográficos, depoimentos em vídeos, materiais de imprensa, jogos cênicos, musicalidade e movimento.

A TRAMAturgia utiliza a rede como um tecido estendido para criar um trajeto tal qual um vírus percorre pelo corpo, levantando crítico-afetivamente a questão: “quais são os corpos que a sociedade escolhe salvar e descartar?”. Para contribuir no processo imersivo ao PARA-ISO, a primeira residência artística (22 a 26 de fevereiro) é com o ator e dramaturgo Ronaldo Serruya (Teatro Kunyn – SP, que se debruça em questões Queer no teatro, e integrou Grupo XIX de Teatro) e o ator, diretor teatral e mestre em arte e cultura contemporânea Fabiano de Freitas (Teatro de Extremos – SP), vulgo Dadado.

Numa parceria que já dura quase duas décadas, Serruya e Dadado têm desenvolvido uma pesquisa sobre políticas de linguagens em relação aos atravessamentos geracionais e as vivências com HIV/AIDS, assim como a relação desta epidemia com a do COVID-19. Na residência, versarão sobre Como Eliminar Monstros: Olhares Decoloniais a partir do HIV/AIDS, de 22 e 26 de fevereiro, que busca provocar e apresentar produções artísticas que tem em pesquisas artísticas o HIV/AIDS como eixo temático, numa perspectiva de produzir olhares decoloniais sobre esse recorte.

Georgenes Isaac, integrante do Coletivo das Liliths, também integra a programação de residências artísticas, entre os dias 01 e 05 de março, com a temática Sistema Imune – uma busca pelo corpo transgressor, uma experiência intersubjetiva que tensiona a relação de hibridação entre o espaço, tempo, memória, ancestralidade e corpo. Serão levantadas na experiência laboratorial as consequências psicossociais impostas pelas epidemias da Covid-19 e o HIV/AIDS, sobretudo, nos corpos dissidentes.

“É uma espécie de experiência cênica de cura-morte-vida. Uma experiência “pós-vida-morte”. Entendendo aqui as relações entre corpos dissidentes e os processos de adoecimento social”,  explica o artista preto e LGBTQIA+, Georgenes Isaac é soteropolitano, nascido no Curuzu.

Entre os dias 15 e 17 de março, a Imersão ao ParaIso trará as experiências de artistas e especialistas quanto e com corpos positivos (HIV/AIDS e COVID-19), através de lives a serem transmitidas no perfil do Instagram do Corre – Coletivo Cênico (@corre_ba). Xan Marçall, mulher trans amazônida do Belém do Pará, atriz performer integrante do Coletivo das Liliths e escritora inicia e versa sobre seu corpo positivo para HIV há 6 anos, levantando como o vírus, em concomitância ao seu processo transicional, tem sido um deflagrador de verdades em Urgências sociais e artísticas para um corpo trans soropositivo.

No segundo bate-papo, Ramon Fontes, que tematiza em A escrita soropositiva, uma pesquisa acadêmica com fontes em dramaturgias, cartas e poesias de soropositivos, além de colocar em pauta suas escrevivências quanto corpo positivo preto não retinto. Para fechar o ciclo de conversas ao vivo, Márcia Rachid, em HIV/AIDS e COVID-19 – Relações Epidemiológicas, trará sua experiência profissional enquanto infectologista nacionalmente reconhecida para traçar um paralelo entre as epidemias, numa abordagem mais estatística e científica.

O coletivo cênico convoca ainda instituições atuantes nas campanhas de prevenção e combate à HIV/AIDS para bate-papos integrantes deste rastro de pesquisa que é a Imersão ao PARA-ISO. Essa ação busca instigar espectadores a transformarem as telas – assimiladas como espaços de confinamento, em lugares de libertação gradativa. Desprendendo-se com auxílio das artes, pesquisas, expressões e técnicas, das zonas opacas da desinformação e fobias sociais construídas historicamente.

O projeto PARA-ISO tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal”.

Programacão

Imersão ao PARA-ISO – 22 de fevereiro a 18 de março

– 22 a 26 de fev – residência Como Eliminar Monstros: Olhares Decoloniais a partir do HIV/AIDS – com Fabiano de Freitas e Ronaldo Serruya (Youtube do CORRE – 14h às 16h30)

– 01 a 05 de março – Georgenes Issac (Youtube do CORRE – 14h às 16h30)

– 15 de março – live Urgências sociais e artísticas para um corpo trans soropositivo – com Xan Marçall (Instagram do CORRE – 14h às 16h)

– 16 de março – live A escrita soropositiva – com Ramon Fontes (Instagram do CORRE – 14h às 16h)

– 17 de março – live HIV/AIDS e COVID-19 – Relações Epidemiológicas – com Márcia Rachid (Instagram do CORRE – 14h às 16h)

CORRE Coletivo

As células cênicas têm por costume exprimir o resultado das somas de identidades e identificações de seus membros através do seu fazer artístico. E é quando identidades, mesmo com diferentes universos expressivos acentuados, se identificam em pontos artísticos e políticos, que nasce o CORRE, coletivo cênico soteropolitano.

A realidade pandêmica desencadeada pelo coronavírus (COVID-19) no ano de 2020, proporcionou um terreno à cadeia criativa que demandou revisitações aos processos artísticos. Neste cenário, o recém formado CORRE (@corre_ssa) se vê instigado e atuando fortemente em inserções tecnológicas durante seus estudos, propostas e montagens.

Delivery (2020) é um ponto na curva crescente do coletivo quando fala-se em dramaturgias produzidas e difundidas digitalmente, seguida de PARA-ISO (com lançamento em fevereiro de 2021), uma TRAMAturgia rizomática que pautará tecno dramaticamente o papel catártico político da arte, tornando comuns aos usuários de sua rede dramática informações que desmistificam tabus e vão de encontro a preconceitos sociais.

Em sua composição é possível observar, ou perder de vista os limites da fisicalidade dos nomes, trabalho e arte dos respectivos, Anderson Danttas, ator de reverberação internacional, administrador e bailarino; o produtor cultural, também bailarino e ator Igor Nascimento; e o pesquisador do teatro do real, especialista em gestão cultural e política, além de artista multifacetado, Luiz Antônio Sena Jr..

Completando os quíntuplos dentes desta engrenagem que faz o CORRE rodar temos, Marcus Lobo, pesquisador em arte e mídias com foco na visualidades da cena e elementos técnicos, atuando profissionalmente também como diretor, ator, dentre outras colocações; e Rafael Brito, ator, assistente de direção e das comunicações enquanto produtor, assessor, repórter, dentre outros postos.

O que é o CORRE?

O coletivo expressa – “É pele, é olho, é toque. É o grito que ecoa na avenida, que desce ladeira e cruza as esquinas. É o não-lugar, ou a transição dele. É o movimento. Também se é posse e demarcação de espaço. Pedaço de perna que percorre, estica e alonga. Prolonga, perdura e se estende. Como gozo que escorre pela barriga e se faz morada entre o umbigo. É felicidade. Que dilata, rasteja e não sai da cabeça. Cruzam-se os caminhos, as pernas, e os nãos ao patriarcado. É o caminho sem volta para festa.”

Por Emenson Silva: Cadê as novas lideranças políticas de Ilhéus?

Saímos recentemente de um processo eleitoral atípico da democracia brasileira por causa da pandemia do novo coronavírus. O ano de 2020, também foi marcado por resultados inesperados nas eleições e a ascensão e pulverização de novas lideranças no contexto político local.

Analisando os personagens da política Ilheense, pode-se perceber o afastamento abrupto de alguns caciques da política local, esses tinham como características: centralização, autoritarismo e egocentrismo.

Ainda é muito cedo para analisar e definir nomes e perfis das futuras candidaturas para as eleições 2022, mas posso garantir que os munícipes precisam amadurecer politicamente, fazendo surgir novas lideranças em potencial.

Comunicação, flexibilização e congruência precisam ser características fundamentais destes novos atores, pois o futuro de um povo pode ser definido pela forma como se cria e como se conduz a política.

Nesse sentido, se faz necessário refletir quem são essas novas lideranças? O que fazem pela sociedade Ilheense? Quais são seus projetos para Ilhéus? Qual sua relação com a comunidade, em especial, as mais carentes da cidade?

Os estilos e as ações políticas das novas lideranças traçam muito mais que o perfil de um mero candidato ou candidata: essas novas lideranças devem ser capazes de influenciar e de moldar os comportamentos sociais como um todo.

Observa-se que os grupos políticos já iniciaram boatos e especulações acerca de alguns nomes para as eleições 2022. Do ponto de vista político, louvável. Alguns nomes do tabuleiro político já possuem relevantes serviços prestados na cidade e se destacam pela ação política e não pela determinação pragmática do jogo político apenas.

As novas lideranças políticas, devem ser cidadãos e cidadãs com capacidade de se colocarem à frente do processo político, com atitudes que levam outros indivíduos a lhe seguirem determinado pela forma de pensar e agir. Precisarão ter por características, a percepção do contexto histórico local, perspicácia, perfil analítico e poder persuasivo que vise continuar mudando os rumos da história política de Ilhéus.

Exigiremos enquanto munícipes, que essas novas lideranças tenham qualidades intelectuais, técnicas e morais, que sejam capazes de dialogar, convencer, direcionar, apontar caminhos e seguir juntos. Como dizia Aristóteles: “a política é a ciência do bem para o homem”.

Emenson Silva – Coordenador Pedagógico do Curso Gabaritando

Prorrogadas até 08 de fevereiro inscrições do Desafio Skate em Casa

Os interessados em competir no torneio esportivo Desafio Skate em Casa têm agora até o dia 8 de fevereiro para fazer sua inscrição e participar de forma gratuita, concorrendo a prêmios em um evento da modalidade até então inédito na Bahia e realizado 100% no formato digital.

Após inscrição feita, os participantes da modalidade street devem enviar vídeos gravados com o próprio smartphone. Apesar de a produção audiovisual ser muito comum entre skatistas, a proposta do evento é desafiar o praticante a registrar em vídeo, sem corte ou edição, realizando uma linha com até duas manobras em apenas 30s. O participante ainda pode usar mais 15s para se apresentar. O vídeo pode ser gravado em qualquer espaço, no quintal de casa, nas pistas ou na rua.

Para além de movimentar a cena do skate, o formato online do evento permite a participação de skatistas de todo o estado em tempos de distanciamento social. Entre as exigências, estão o cumprimento dos protocolos de segurança contra contaminação pelo coronavírus definidos por cada município e a obrigatoriedade do uso de máscaras.

Os melhores vídeos e os vencedores da votação popular serão anunciados numa transmissão ao vivo no dia 20 de fevereiro. Os prêmios variam entre trucks, rodas e shapes para montar um skate novíssimo.

O Desafio Skate em Casa é uma iniciativa da Federação de Skateboard da Bahia (Feseb) e conta com o apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), vinculada à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

SERVIÇOS
Inscrições
no site www.skateemcasa.com.br até dia 08 de fevereiro de 2021 
Resultado da seletiva: 15 de fevereiro
Período do voto popular : 16 a 20 fevereiro
Live final com premiação: 20 de fevereiro

Itabuna: Acontece neste sábado o 8º Campeonato Nacional de Mergulho Livre em Apneia

Itabuna sediará neste sábado, dia 30, a 8ª Edição do Campeonato Nacional de Mergulho Livre em Apneia DNF-STA. O evento acontecerá no Grapiúna Tênis Clube, das 8 às 16 horas.

Com o apoio da Prefeitura de Itabuna, por meio das secretarias municipais de Esportes e Lazer e de Saúde, a modalidade esportiva, que surgiu a partir da pesca esportiva em alto mar, será realizado pela Apneia Z, sob a chancela da Associação Internacional de Apneia (Aida Brasil).

O secretário de Esportes e Lazer, vice-prefeito Enderson Guinho, disponibilizou suporte para a competição quanto a Secretaria Municipal de Saúde alguns profissionais da área de apoio durante todo o campeonato. “A orientação do prefeito Augusto Castro é de incentivar e apoiar atletas e competições esportivas das mais diversas modalidades”, afirma.

“Itabuna hoje é um dos maiores celeiros de atletas nesta modalidade. Precisávamos deste reconhecimento por parte do poder público”, destacou o técnico da Seleção de Itabuna, José Luiz Freire (Zezé). Doze atletas de Itabuna vão participar do 8º Campeonato Nacional de Mergulho Livre em Apneia, nas modalidades Estática e Olímpica.

Já estão confirmados alguns dos melhores apneistas do país, dentre eles, Ricardo Bahia, recordista mundial de apneia estática. Todos os atletas itabunenses têm condições de conquistar o título, além de boas colocações na competição, afirma o instrutor Zezé que está muito otimista em relação ao evento.

Ilhéus: Vereador Kaíque Souza debate com lideranças do setor, saídas e oportunidades para o esporte amador

 

É ouvindo a opinião de atletas amadores e de lideranças de associações desportivas que o vereador Kaíque Souza já elabora projetos, indicações e requerimentos voltados para o desenvolvimento do esporte amador em Ilhéus. Os documentos serão apresentados ao Poder Executivo logo que as sessões plenárias da Câmara sejam iniciadas, em fevereiro. No gabinete, o vereador tem recebido subsídios de quem atua no esporte – e conhece suas principais demandas. 

“Os projetos abrangerão todas as modalidades esportivas”, assegura Kaíque, lembrando que se elegeu tendo o esporte e o exercício da cidadania como bandeiras importantes do seu mandato. Já estiveram visitando o gabinete do vereador e contribuindo com valiosas informações, o presidente da Liga Ilheense de Futebol, Dernivaldo Ribeiro Santos; os desportistas Iago Moura (Chefe de Fomento ao Esporte Amador), Ailton Veloso Santos (Diretor de Divisão do Esporte) e Thales Vinicius (Diretor de Divisão de Eventos).  Além de debater amplamente o fomento ao esporte amador, os dirigentes planejam um calendário de eventos esportivos para 2021 e temas como a manutenção do Estádio Mário Pessoa. 

Ainda foram recebidos pelo vereador Kaique Souza, representações do Beach Tênis propondo a extensão desta prática esportiva para vários bairros periféricos da cidade. John Suker, coordenador da Divisão de Base do Barcelona de Ilhéus também foi outra importante visita ao gabinete, como, também, o ex-jogador e treinador Marcos Garcia, dirigente de escolinhas de futebol. Hakson Andrade, professor de Judô e Alex, da Associação de Vôlei de Ilhéus, também contribuíram com informações importantes para a elaboração dos projetos. Esta ação continuará nos próximos meses.

Digital: Banco do Brasil renegocia R$ 40 milhões em dívidas por meio de assistente virtual

Os clientes do Banco do Brasil já renegociaram R$ 40 milhões em dívidas, de forma totalmente digital, por meio de assistente virtual no WhatsApp Business. A solução, inédita no mercado financeiro nacional, faz uso de inteligência artificial e está em pleno funcionamento desde agosto de 2020. Sem necessidade de acionar atendentes, cerca de 4,5 mil acordos de clientes Pessoas Físicas já foram firmados exclusivamente com o assistente virtual.

A ferramenta está disponível para os clientes que possuem operações com pagamento atrasado e que entram em contato com o banco pelo WhatsApp. Operações de até R$ 1 milhão podem ser renegociadas.

“Até o momento, o público que tem fechado acordos é composto majoritariamente por mulheres, com faixa etária entre 18 e 29 anos. Uma renegociação totalmente digital está levando, em média, menos de 4 minutos para ser concluída. Acreditamos que a solução traz bastante comodidade, em um fluxo ágil e intuitivo”, ressaltou Ronaldo Ferreira, diretor de reestruturação de ativos operacionais.

Como funciona

Para utilizar a funcionalidade, basta que o cliente acesse o WhatsApp do Banco do Brasil, pelo número (61) 4004-0001, converse com o assistente virtual sobre renegociação de dívidas ou envie a palavra #renegocie.

Em seguida, o assistente virtual identifica quais ofertas de renegociação estão disponíveis para esse cliente e, ao escolher uma delas, o cliente já fecha o negócio e recebe o boleto no próprio WhatsApp. Durante o processo, há a opção de pedir para conversar com um atendente.

Para fazer uso da solução, o dispositivo móvel do cliente deve estar liberado para transações pelo WhatsApp.

A ferramenta permite ainda cancelar o acordo, emitir segunda via de boleto de renegociação e liquidar acordos de forma antecipada.

Ilhéus: Veja as vagas de emprego do SINEBAHIA para a próxima segunda-feira (18)

Só fazemos a divulgação das vagas, para dúvidas e informações, procure o SAC de Ilhéus.

Os candidatos interessados devem enviar um e-mail para sinebahia.ilhéus@setre.ba.gov.br com o nome completo, números de CPF, PIS, telefone, currículo e o nome da vaga pretendida.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: das 7h às 15:30h. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA: Imprescindível enviar por e-mail todos os dados necessários.

Vagas exclusivas para Ilhéus até dia (18.01.2021)

OPERADOR DE MÁQUINA DE EMBALAR

Ensino médio completo

Experiência mínima de 6 meses comprovada na carteira

01 VAGA

OPERADOR DE EMPILHADEIRA

Ensino médio completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

01 VAGA

PADEIRO

Ensino fundamental completo

Experiência mínima de 6 meses na função

01 VAGA

MARCENEIRO DE MÓVEIS

Ensino fundamental incompleto

Experiência mínima de 6 meses na função

Experiência em Esquadria de Madeira

01 VAGA

AUXILIAR DE TECNICO DE CONTROLE DE QUALIDADE

Ensino médio completo

Experiência mínima de 6 meses comprovada na carteira

01 VAGA

CABELEIREIRA

Ensino fundamental completo

Experiência mínima de 6 meses na função

01 VAGA

ANALISTA DE SUPORTE TÉCNICO

Superior Completo em Engenharia Elétrica

Experiência mínima de 06 meses na carteira

Possuir conhecimento em Sistema SAP

01 VAGA

DESENHISTA INDUSTRIAL GRÁFICO ( DESIGNE GRÁFICO )

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na Função

Possuir Conhecimento em Corel Draw

01 VAGA

PINTOR DE ESTRUTURAS METÁLICAS

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

01 VAGA











rl consultoria




web