WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

camara ilheus secom bahia





maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
videos


:: ‘_destaque2’

Salvador: Plano Cicloviário, linha 3 do BRT e terminal de recarga de ônibus elétricos serão lançados em agosto

A Prefeitura de Salvador deve lançar no próximo mês o Plano Cicloviário da capital baiana e entregar o maior terminal público de recarga de ônibus elétricos do Brasil. Além disso, o segundo trecho do BRT, do Cidade Jardim à Estação da Lapa, será entregue no início de 2024. O andamento das ações foi discutido na última quarta-feira (19) em reunião do prefeito Bruno Reis com os diretores e com o titular da Secretaria de Mobilidade (Semob), Fabrizzio Muller.

Além disso, foram discutidos projetos futuros da pasta, como a construção de um segundo terminal elétrico de ônibus, no Vale dos Barris, a implantação da linha B3 do BRT, que vai fazer um trajeto circular pelo Caminho das Árvores e pela Pituba, e intervenções viárias na região do Shopping da Bahia, como a inauguração do pontilhão Marcos Freire. Neste mês de julho, o prefeito tem se dedicado a visitar as secretarias municipais para realinhar as ações deste restante de 2023.

“Discutimos várias intervenções que vamos fazer nos próximos meses para melhorar a mobilidade e o trânsito de Salvador. Vêm aí muitos projetos pela frente, muitas ações que vão melhorar ainda mais a vida do cidadão soteropolitano. Em especial, daquele que precisa se deslocar pela cidade e que utiliza o transporte público. Hoje, tomamos uma série de decisões para termos uma cidade com melhor qualidade de vida, menor tempo de deslocamento para seus moradores, onde todos os modais de transporte públicos estejam conectados e que isso traga satisfação para o usuário”, disse Bruno Reis.

Sobre o BRT, o trecho 2, que vai ligar a região do Cidade Jardim até a Estação da Lapa, está com obras avançadas e a previsão é que entre em funcionamento no começo de 2024. Para operá-la, a Prefeitura já lançou o planejamento para ampliar a frota de ônibus.

Nova linha – Em agosto, está prevista a entrega do pontilhão Marcos Freire, ligando a Paralela à Av. Tancredo Neves, e em seguida o início da operação da terceira linha do BRT, chamada de B3. Ela passará pela Alameda das Espatódeas e pela Paulo VI, indo até a orla e seguindo o atual percurso do BRT até a Estação Rodoviária.

A B3 já está com a frota de 22 ônibus separada para entrar em operação, faltando apenas algumas intervenções viárias no trajeto. “Será uma linha grande circular, que vai melhorar a dinâmica e vai trazer mais conforto para as pessoas que vêm dos bairros de toda a cidade para aquela região. Elas vão chegar ao destino com mais comodidade e mais rapidez”, disse o titular da Semob, Fabrizzio Muller.

Ainda sobre o BRT, nas próximas semanas vai ser iniciada a instalação de painéis solares sobre as estações Cidadela e Hiper, que vão gerar energia elétrica para tornar a operação dos terminais mais sustentáveis.

Plano Cicloviário – O primeiro plano de desenvolvimento do sistema cicloviário de Salvador será lançado em agosto. O documento, elaborado após um amplo debate com a população, apresenta a linha-mestre para que a capital baiana se aproxime das cidades com melhor mobilidade por meio desse modal no mundo.

“O que a gente quer é ter índices de ciclovias que outras cidades do Brasil e da Europa já têm. Entendemos que é possível, que é viável, e é por isso que esse plano foi desenvolvido. Para que ele sirva, não só para essa gestão, mas também para as próximas. Que seja como um guia, como uma bússola, de onde queremos chegar”, explicou Fabrizzio Muller.

O secretário destacou que, desde 2013, Salvador saltou de 30 km de ciclovias para quase 300 km atualmente. O Plano Cicloviário traz estratégias para que a capital baiana chegue a 780 km de ciclovias. O documento traz sugestões de intervenções em diversos pontos da cidade, como as regiões do Salvador Shopping, do Detran, do Dique do Tororó e do Vale do Ogunjá, por exemplo.

Para a elaboração do plano, a Semob realizou oficinas no Subúrbio 360, no espaço Boca de Brasa em Cajazeiras, no bairro de Patamares e em outras regiões. Além disso, abriu para a consulta pública no site da secretaria durante um mês. “Um trabalho feito com muito gosto, porque a gente entende que a mentalidade da cidade sobre as ciclovias evoluiu muito nos últimos anos e pode evoluir ainda muito mais. Então fizemos questão de elaborar um plano bem participativo, trazendo a sociedade para dentro e ouvindo demandas”, disse Muller.

Central elétrica – O primeiro terminal de recarga dos ônibus elétricos do BRT está em fase final de implantação na região da Estação Rodoviária e deve ser inaugurado em agosto. “É a maior central público de reabastecimento elétrico de ônibus do Brasil, algo que a gente está trabalhando de forma muito intensiva para entregar à população. Já chegaram todos os equipamentos das obras da subestação”, explicou Fabrizzio Muller.

Com a futura implantação do trecho 2, a Prefeitura estuda a implantação de outro terminal de recarga, desta vez mais próximo à Estação da Lapa. A central deve ser construída na Av. Vale dos Barris, no estacionamento localizado na ladeira de acesso ao Politeama.

Outras ações – Também foram apresentadas ao prefeito Bruno Reis algumas sugestões de intervenções viárias, resultado de estudos feitos por uma empresa especializada no setor. Como, por exemplo, melhorias na saída da Av. Bonocô para a Rua Luís Negreiro, no Luís Anselmo; nas regiões da Calçada e de Roma; nas alças de acesso ao viaduto de São Cristóvão; e no trânsito do Vale do Ogunjá.

Além disso, foi discutida a elaboração de um aplicativo onde as pessoas possam planejar as suas viagens de transporte público. A ideia é que a gestão da ferramenta seja feita pela própria Prefeitura, permitindo uma comunicação melhor com o usuário.

Itabuna: Conjunto Penal realiza casamento coletivo; casal homoafetivo oficializa união e faz história

Um sonho que se realizou, para além das grades e muros de uma unidade prisional. Nove casais, formados por pessoas em situação de cárcere, celebraram a união em matrimônio no Conjunto Penal de Itabuna. A cerimônia, abençoada de forma ecumênica por um padre e um pastor protestante, foi acompanhada pelo secretário estadual de Administração Penitenciária e Ressocialização, Dr José Antônio Maia Gonçalves, pelo desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano – Corregedor Geral da Justiça, e pela Juiza Auxiliar da Corregedoria, Liz Rezende de Andrade.

O casamento comunitário faz parte de um projeto da Corregedoria Geral de Justiça e foi viabilizado em parceria com o Setor de Serviço Social do Conjunto Penal de Itabuna, por meio da empresa Socializa. O projeto visa à garantia dos direitos das pessoas privadas de liberdade que desejam oficializar a união civil.

O casamento comunitário encontra respaldo no esforço da Corregedoria-Geral de Justiça do Tribunal de Justiça da Bahia que, por meio do cartório do 2º Ofício de Registro Civil de Pessoas Naturais de Itabuna-Bahia, oficializou os atos civis.

De acordo com o diretor do Conjunto Penal de Itabuna, Bernardo Cerqueira Dutra, o objetivo principal da ação é regularizar a situação civil dos casais, possibilitando o registro do casamento civil e promovendo uma série de direitos para as famílias. “Assim, há a possibilidade, por exemplo, de a esposa que vive sozinha fazer o registro civil do recém-nascido, apenas informando a paternidade com a certidão de casamento, já que ali constam os dados do cônjuge que se encontra em situação cárcere”.

Inclusão

O Conjunto Penal de Itabuna tem se destacado até nacionalmente pelo trabalho de ressocialização e inclusão por meio da Educação. Este ano foram matriculados 29 reeducandos no Ensino Superior, sendo 28 na Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). Mas, a ideia de ressocialização é ampla, e abrange, por exemplo, a inclusão de pessoas LGBTQIAP+ – cuja sigla hoje abrange pessoas que são Lésbicas, Gays, Bi, Trans, Queer/Questionando, Intersexo, Assexuais/Arromânticas/Agênero, Pan/Poli e mais, que são os não-binários e drag queen entre outros gêneros.

É nesse contexto ampliado de ressocialização e inclusão que formou-se no Conjunto Penal de Itabuna um casal de duas mulheres homoafetivas, e que decidiram dar um passo além. Um casal como qualquer outro, diga-se. Uma delas, inclusive, realiza trabalhos profissionais de manutenção da unidade, sendo considerada uma ótima profissional. Com o tempo, descobriu-se que além de muito responsável em seus afazeres, é também muito correta quanto aos compromissos do coração: pediu sua namorada em casamento e quis oficializar a união “de papel passado”. O casal se tornou um grande exemplo para outras pessoas que convivem homoafetivamente na unidade.

O diretor Bernardo Dutra faz questão de ressaltar que a unidade está preparada para atender às necessidades da comunidade LGBTQIAP+. “O Estado da Bahia, por meio da SEAP, no Conjunto Penal de Itabuna, respeita, acolhe e inclui todas as identidades de gênero. Junto com a empresa Socializa, nos esforçamos para que as diferenças sejam respeitadas e estimuladas, no sentido de que nenhuma pessoa se sinta coagida a reprimir sua identidade, afinal todas e todos são iguais em direitos e deveres perante a Lei”.

Fábrica de Corte e Costura

Também na manhã desta sexta-feira, o secretário Dr José Antônio Maia Gonçalves inaugurou, no Conjunto Penal de Itabuna, uma fábrica de Corte e Costura. O equipamento vai garantir autossuficiência e sustentabilidade no fornecimento de fardamentos para uso dos próprios reeducandos do CPI, bem como podem ser distribuídos para outras unidades do sistema prisional baiano.

A fábrica usa mão de obra de 28 reeducandos e reeducandas, que laboram na unidade fabril, de forma remunerada, e contam com benefícios penais, a exemplo da remição de dias trabalhados e a possibilidade de abreviar o tempo no sistema prisional, mas também contribui para melhorar a saúde mental e aliviar as tensões provocadas pelo encarceramento.

Ilhéus: Prefeitura emite nota de esclarecimento a respeito da operação da Polícia Federal

Diante das investigações deflagradas na manhã desta sexta-feira (7), a Prefeitura de Ilhéus informa que a operação diz respeito à segunda fase de um inquérito aberto em 2020 e, desde então, a gestão tomou providências a fim de fornecer informações e contribuir para a conclusão das investigações.

Os órgãos de controle da administração municipal ainda não tiveram acesso às informações da operação realizada hoje. Tão logo tenham acesso aos dados, adotarão as providências necessárias.

A Prefeitura se coloca à disposição para quaisquer esclarecimentos e mantém uma postura de colaboração diante dos órgãos de controle externo, fornecendo todas as informações necessárias para elucidar fatos relacionados à gestão pública. Como sempre, a transparência será respeitada.

Ilhéus: Trecho da BA-001, em Olivença, recebe serviços de recapeamento asfáltico e sinalização viária

Dando continuidade ao pacote de serviços solicitados ao Governo do Estado pelo prefeito Mário Alexandre, a Superintendência de Infraestrutura de Transportes (SIT/Seinfra) executa mais uma etapa do reparo da malha viária em trecho da BA-001, no distrito de Olivença.

Após a manutenção da rede de drenagem, as equipes realizam o recapeamento do revestimento asfáltico em Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), com vistas à recuperação de aproximadamente 1,2 km.

“Agradeço ao governador Jerônimo Rodrigues e ao secretário Sérgio Brito, que mais uma vez atenderam o nosso pedido, por meio da recuperação dos pontos danificados. Estamos trabalhando intensamente para reconstruir a cidade de Ilhéus. Sabemos que tem muita coisa a ser feita ainda, mas já entregamos grandes obras ao nosso povo. E vamos continuar avançando, porque nada resiste ao trabalho”, afirmou Mário Alexandre.

Com características de manutenção periódica, os serviços englobam a revitalização da sinalização viária, a fim de que o trânsito possa fluir melhor, promovendo conforto, segurança e acessibilidade de moradores e turistas que trafegam pela região.

As intervenções se somam à continuidade da duplicação da rodovia até o Cururupe, parte do projeto de requalificação da Zona Sul do município.

Educação: Jerônimo participa do lançamento do Compromisso Nacional Criança Alfabetizada, em Brasília

Em Brasília, nesta segunda-feira (12), o governador Jerônimo Rodrigues participou do lançamento do Compromisso Nacional Criança Alfabetizada, nova política de alfabetização que vai subsidiar ações concretas dos estados, municípios e Distrito Federal para a promoção da alfabetização de todas as crianças do país. A cerimônia foi realizada no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do ministro da Educação, Camilo Santana.

“Agenda positiva hoje aqui com o presidente Lula, que reafirmou, juntamente com o ministro Camilo Santana, a sua preocupação com a alfabetização no nosso Brasil”, destacou Jerônimo.

Durante o evento, foi anunciado que a Política terá duas frentes: uma direcionada para garantir a alfabetização de 100% das crianças brasileiras, nos 1º e 2º anos do Ensino Fundamental (meta 5 do Plano Nacional de Educação – PNE), e outra para apoiar os alunos do 3º ao 5º ano que ainda não estão completamente alfabetizados. A iniciativa visa, ainda, combater os atrasos ocasionados pelo isolamento social durante a pandemia da Covid-19.

Também ficou acordado que Municípios e Estados elaborem e publiquem sua política de alfabetização municipal, territorial ou distrital, em até 90 dias após a adesão ao Compromisso, fornecendo, assim, todo o material pedagógico exigido pelo Ministério da Educação.

Ficará a cargo de cada estado elaborar a Política de Alfabetização do Território Estadual, em articulação com os municípios; apoiar os municípios na construção de sua Política Municipal de Alfabetização; instituir o Comitê Estratégico Estadual do Compromisso – Ceec; indicar os Articuladores Estaduais e Regionais de Gestão e de Formação; acompanhar a implementação da Política de Alfabetização do Território Estadual.

Visita

Após o lançamento, Jerônimo Rodrigues se dirigiu à sede do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), pasta chefiada pelo vice-presidente Geraldo Alckmin. “Fomos muito bem recebidos por aqui. Tratamos sobre um conjunto de ações de interesse da Bahia. Em breve, divulgaremos”, afirmou o governador.

Acompanharam Jerônimo em Brasília os secretários estaduais da Educação, Adélia Pinheiro; da Casa Civil, Afonso Florence; Fazenda, Manoel Vitório; e do Desenvolvimento Econômico, Angelo Almeida.

Educação: Estudantes de Ilhéus são premiadas na Expo Nacional MILSET Brasil pela criação de adubos com cascas de ovo e de cacau

Mais uma vez um projeto de iniciação científica desenvolvido por estudantes da rede estadual de ensino se destaca na Expo Nacional MILSET Brasil, um dos mais importantes eventos científicos, que acontece anualmente, em Fortaleza (CE). O projeto “Produção de adubo a partir das cascas de ovo e das cascas de cacau”, das estudantes Maria Luiza de Souza, Marília de Jesus Thomaz e Raissa Oliveira Santos, que fazem o curso técnico em Química, no Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Gestão e Tecnologia da Informação Álvaro Melo Vieira, em Ilhéus, conquistou o 2º lugar na categoria Ciências Agrárias.

Além de produzir adubo a partir da casca de ovo e da casca de cacau, o projeto tem o objetivo também de realizar testes de pH e com sementes de salsinha para verificar a eficácia do adubo. Espera-se que o insumo produzido possa ser utilizado nas plantações como uma alternativa, pois os materiais necessários à produção são encontrados com facilidade em lugares como confeitarias, fazendas ou, até mesmo, dentro de casa.

A estudante Maria Luiza de Souza, 17, que representou a equipe no evento, falou sobre a experiência. “Estou muito feliz por ter participado e ganhado o prêmio. Eu conheci projetos com ideias incríveis de colegas de diversos estados brasileiros e de outros países, que podem ajudar muitas pessoas e o meio ambiente. Além disso, fiz muitas amizades que serão importantes para a minha vida”.

Para a professora Margarete de Araújo, que orientou o projeto, junto com a professora Jaciara Paiva, é fundamental que os estudantes participem de feiras de Ciências. “Nesses eventos, eles têm a oportunidade de compartilhar suas produções com estudantes de diversas realidades. Com isso, desenvolvem habilidades que promovem transformações em suas vidas. A partir da iniciação científica, eles se tornam cidadãos atuantes na sociedade”, destacou.

O projeto, além de receber medalha e certificado de participação no evento, foi credenciado para participar da Expo Science International (ESI) 2023, que acontecerá de 21 a 27 de outubro, em Mazatlan, no México. Com esta pesquisa, as estudantes também já conquistaram o 1º lugar na categoria incompleta da área de Ciências Biológicas, na 10ª Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (FECIBA), em 2022, e foram semifinalistas na categoria Ciências Agrárias, na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), ocorrida de forma on-line, em janeiro deste ano.

A Expo Nacional MILSET Brasil é um evento internacional do Movimento Internacional para o Recreio Científico e Técnico (MILSET), do Comitê da MILSET AMLAT e da Associação Movimento pela Ciência e Aprendizagem do Brasil. A MILSET Brasil reúne projetos de alunos dos ensinos Fundamental, Médio/Técnico e Superior, representando todos os estados do país, além de projetos internacionais de diversos países convidados credenciados pela MILSET Internacional.

Ilhéus: Praia Costa do Cacau será palco da final da Copa A.D.Q.V.V neste domingo (4)

No próximo domingo, 4 de junho, acontece a final da 1ª edição da Copa da Associação Desportiva Quem Viu Viu (A.D.Q.V.V). O evento começa a partir das 8h30, na Praia Costa do Cacau, Zona Sul de Ilhéus. De acordo com Alex Lima, presidente da associação, no primeiro jogo a equipe Edan Contabilidade enfrenta o time do Multi Marcas na disputa pelo terceiro lugar.

O segundo jogo, que marca a final da competição, será disputado entre o Real Urbis e a Escola Progresso. O árbitro da partida será Demmys Dorea, pertencente à liga profissional. A competição teve início no mês de março.

A Copa A.D.Q.V.V faz parte do calendário festivo da associação em comemoração aos 20 anos de fundação. O presidente informou que a próxima edição contará com o apoio da Secretaria Municipal de Esportes e da deputada estadual Soane Galvão.

A Associação Desportiva Quem Viu Viu está situada no bairro Hernani Sá, com sede no Caminho 42. Atualmente, 50 sócios participam das atividades desportivas, no Campo do Caminho 43, na Areninha Society Gustavo Cezar Milton da Silveira Filho e na praia, às quintas-feiras, aos domingos e feriados. Cerca de 90% dos integrantes têm idade acima de 40 anos.

“Todos estão convidados a assistir à final, que promete ser um verdadeiro show de bola”, disse Alex Lima.

Ilhéus: grupo deflagra movimento para pedir celeridade à conclusão das obras do aeroporto Jorge Amado

ORGANIZAÇÕES REPRESENTATIVAS DA SOCIEDADE PEDEM CELERIDADE PARA CONCLUSÃO DAS OBRAS DO AEROPORTO JORGE AMADO

Com a finalidade de articular uma mobilização do Sul da Bahia por uma solução das intermináveis obras do aeroporto Jorge Amado, entidades representativas da sociedade organizada regional, reuniram-se na última semana na sede da Associação Comercial e Industrial de Ilhéus(ACII), para organizar um movimento de mobilização regional, buscando respostas e compromissos para a conclusão das reformas do terminal de passageiros.

A SOCICAN, empresa concessionária que administra o aeroporto de Ilhéus, iniciou a execução do projeto de ampliação do terminal em dezembro de 2019 com previsão de duração de 12 meses. Após 42 meses as obras se arrastam, praticamente paradas, sem nenhuma previsão para sua conclusão que seja de conhecimento público. O fato vem causando grandes transtornos e graves prejuízos para toda a cadeia econômica na sociedade regional servida pelo equipamento, comércio, indústria e, sobretudo, para o setor turístico Costa do Cacau, que tem no aeroporto seu principal portal de entrada.

A concessão da administração do aeroporto, cujo prazo é de 30 anos, foi firmada através de um contrato com o Estado da Bahia. No contrato há previsão de melhorias e estabelece prazos para a execução destas. Conforme o presidente da OAB-Ilhéus, Jackson Cupertino, quem tem o dever de fiscalizar o cumprimento do contrato é o Estado. O não cumprimento de cláusulas contratuais podem acarretar penalidades e medidas de ordem jurídica, tanto por parte do poder concedente, bem como de origem da sociedade.

As entidades aqui representadas esperam que grande parte das organizações sociais do Sul da Bahia adira ao movimento e que o clamor chegue ao governador do estado, sensibilizando-o a buscar uma solução satisfatória para todos. Já estamos contactando outras Associações de diversas cidades para que se juntem ao nosso grito.

Dentre as melhorias previstas, a ampliação da área do terminal dos atuais 3.400 m² para mais de 4.500 m² deveria proporcionar a elevação da capacidade de atendimento de passageiros para cerca de 1,2 milhão por ano, o que corresponde a mais do que o dobro do volume anual recebido hoje, que é de pouco mais de 556 mil pessoas. O anúncio dos benefícios soou como um bálsamo para o setor turístico regional, mas se transformou num pesadelo. Hoje a SOCICAN oferece um serviço de péssima qualidade, com desconforto e transtornos óbvios, que exigem dos usuários um tempo semelhante aos embarques internacionais, a fim de não perderem seus vôos, tal é a dificuldade de acesso ao terminal, em função das obras”.

O grupo que deflagrou o movimento está elaborando uma carta ao Governador do Estado da Bahia, Jerônimo Rodrigues, em busca de respostas e comprometimento. Denuncia o descaso e acionará, também, lideranças políticas, fazendo valer cada voz que se insurja contra a atual situação.
Associação Comercial e Industrial de Ilhéus(ACII), Associação do Turismo de Ilhéus, Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Ilhéus, Sindicato dos Taxistas de Ilhéus, Sindicato Rural de Ilhéus e Câmara de Diretores Lojistas de Ilhéus.

Atenção, foliões! Legislativo baiano proíbe pistolas de água em festas de rua e reestrutura Corpo de Bombeiros

Com as presenças de representações femininas e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBM-BA), sob a articulação do líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Rosemberg Pinto (PT), junto à bancada oposicionista, foram aprovados por unanimidade, nesta quarta-feira (24), os Projetos de Lei (PL) 24873/23, do Poder Executivo, que trata da organização básica e o efetivo do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBM-BA), e o PL 24746/23, de autoria da deputada Olívia Santana (PC do B), que proíbe a utilização de “pistolas de água” e similares, durante o Carnaval e festas de rua na Bahia.

Foto: Google

Durante a sua relatoria sobre o PL que proíbe as “pistolas de água” no Carnaval e em festas de rua, o deputado Rosemberg destacou que a medida visa exaltar o respeito e teve a anuência do momesco Bloco As Muquiranas. “É de extrema importância e simbologia às festas populares da Bahia, para que a gente possa respeitar a dignidade humana, as mulheres, as opções de homens e mulheres, sejam héteros ou trans”, declarou o parlamentar e indicou a votação unânime.

Bombeiros: A reestruturação do CBM-BA, proposta pelo governador Jerônimo e validada pelo Legislativo, permitirá a criação de dois novos comandos regionais, no Oeste e Sul do estado, a criação do Instituto Militar de Ensino Superior, de um Centro de Engenharia e do Centro de Gestão do Vetor Aéreo, que possibilitarão aos servidores bombeiros um número maior de progressões de carreira na corporação.

“É um momento histórico, agradeço ao nosso governador Jerônimo Rodrigues pelo apoio que dá à nossa instituição, aos líderes [Rosemberg Pinto e Alan Sanches] e a todos os deputados, é muito importante esta estruturação e modernização do Corpo de Bombeiros” respondeu o comandante-geral do CBM-BA, Adson Marchesin.

Os Projetos seguem para sanção do governador Jerônimo Rodrigues para terem efeito legal.

Ciclismo: Com destino à Chapada Diamantina, Brutões e Guerreiros do Pedal vão percorrer mais de 600 km por 10 cidades da Bahia

O passeio ciclístico realizado pelos grupos Brutões e Guerreiros do Pedal promete ser um verdadeiro tour pelas regiões sul e centro-sul da Bahia. Partindo da cidade de Ilhéus no dia 8 de junho, feriado de Corpus Christi, os ciclistas vão percorrer 612 km e atravessar 10 municípios até chegar ao destino, o Parque Nacional da Chapada Diamantina.

O pedal é coordenado por Heli Macena, Everaldo Santos, José Paixão, Jurandyr Sant’Ana Júnior e Leonardo Rodrigues.

“Além de promover a saúde e o bem-estar de todos os participantes envolvidos, os passeios são ótimas oportunidades para que possamos conhecer a história em cada canto da Bahia e manter a conexão com a natureza, em suas mais variadas formas”, explicou Heli Macena.

O trajeto vai durar, em média, 40 horas, levando em consideração as paradas programadas. O percurso abrange as cidades de Uruçuca, Ubaitaba, Ubatã, Ipiaú, Jitaúna, Jequié, Iramaia, Itaetê, Mucugê e Lençóis.

Ciclismo ecológico – Um dos mais fascinantes parques naturais brasileiros, o Parque Nacional da Chapada Diamantina abriga uma variedade de ecossistemas, como Cerrado, Mata Atlântica e Caatinga. Os índios Maracás e Cariris dominaram a região antes da chegada dos primeiros bandeirantes, por volta de 1750.

O monte Tabor (Morrão), Calumbi (Morro do Camelo), o Pai Inácio e o Morro Branco do Paty desafiam o tempo e alimentam as lendas locais. As cidades que rodeiam o Parque Nacional abundam em prédios de arquitetura colonial, lembranças vivas da riqueza do ciclo do diamante que fez do Brasil o primeiro produtor mundial no início do século XX.

As trilhas abertas pelos garimpeiros são percorridas hoje por amadores de trekking vindos de várias partes do mundo.





web