WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

camara ilheus



dezembro 2021
D S T Q Q S S
« nov    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
videos


:: ‘_destaque1’

Ilhéus: Jorge Seif, secretário de Bolsonaro, visita Terminal Pesqueiro

Nesse final de semana o município de Ilhéus recebeu a visita do secretário de Aquicultura e Pesca do presidente Bolsonaro, Jorge Seif.
Acompanhando do presidente da Bahia Pesca, Marcelo Oliveira e do diretor da unidade regional, John Ribeiro, o secretário conheceu as instalações do Terminal Pesqueiro e ouviu as demandas dos pescadores e aquicultores.
Seif avaliou positivamente o funcionamento do terminal ilheense: “Dos  terminais que eu visitei, fico feliz que o Terminal  Pesqueiro de Ilhéus está funcionando bem e com a ampliação do gelo”.
O secretário destacou que é necessário dar segurança para a Bahia Pesca investir e melhorar cada vez mais para atender o pescador.
O Terminal Pesqueiro de Ilhéus foi construído com recursos federais e contrapartida do Governo Estadual.

Em Ilhéus, governador autoriza obras em escolas e restauração da BA-001, nesta terça-feira (16)

Nesta terça-feira (16), às 9h, o governador Rui Costa estará em Ilhéus, onde assina ordens de serviço, autorizando a Secretaria da Educação do Estado (SEC) a modernizar o Colégio da Polícia Militar Rômulo Galvão e o Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães. Além disso, Rui autoriza a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra) a restaurar a BA-001, nos trechos que ligam os municípios de Valença e Nazaré e Itacaré-Ilhéus.

Na ocasião, o governador também vai participar da entrega da primeira etapa da cobertura do Canal do Malhado e entregará mais de 350 certidões de regularização fundiária para moradores da Comunidade Nossa Senhora na Sede.

Rui visita ainda as obras de construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Esperança, e do Centro de Educação Profissional do Chocolate Nelson Schaun, em Malhado.

Ilhéus: Marão melhora acesso da Praia dos Marcianos e promete recapeamento asfáltico para localidade

Marão encaminhou máquinas para melhoria no acesso das Praias do Marciano e da Boca da Barra. Esta é uma via muito importante que liga a Litoranea Norte à Barra.

O prefeito tem focado em projetos e articulações, junto ao Governo do Estado, para viabilizar melhorias na zona norte da cidade.

Breve estaremos realizando o recapeamento asfáltico, com iluminação de Led e outras melhorias, vai ficar ainda mais lindo, disse Marão a respeito da praia dos Marcianos.

Com isso, terá maior valorização e atração de turistas para essa localidade.

Programa Social: Confira o calendário de pagamentos do Auxílio Brasil

A Caixa Econômica Federal anunciou o calendário de pagamentos do Auxílio Brasil nesta 6ª feira (12.nov). O primeiro lote começará a ser pago em 17 de novembro, o último, no dia 30 do mesmo mês. O valor médio do programa será de R$ 217. O governo quer aumentar o valor para ao menos R$ 400 a partir de dezembro.

Os beneficiários do Bolsa Família migrarão automaticamente para o programa, sem necessidade de realizar novo cadastro. Os antigos cartões do Bolsa família também continuarão funcionando para saque do Auxílio Brasil.

As outras formas de recebimento do benefício vão se manter para os demais tipos de saque: Caixa Tem, terminais de autoatendimento, lotéricas e agências. Um aplicativo específico chamado Auxílio Brasil será lançado, mas a data ainda não foi divulgada.

Quem poderá receber?

O Auxílio Brasil deverá ser pago a famílias em situação de extrema pobreza, ou seja, com renda mensal de até R$ 89 por pessoa.

Segundo o governo, famílias em situação de pobreza — cuja renda varie de R$ 89,01 a R$ 178 por pessoa — também poderão receber o benefício, desde que tenham gestantes ou pessoas com menos de 21 anos entre seus membros.

Como se cadastrar?

Para ganhar o novo auxílio, será exigida a inscrição no Cadastro Único (Cadúnico), com os dados atualizados no sistema.

Confira o cronograma de pagamentos:

Crédito: SBT NEWS

Ilhéus: Devido a morte do Dep. João Isidóro, Marão remarca entrega do Canal do Malhado; Governador estará presente

O prefeito Mário Alexandre lamenta o falecimento do deputado estadual João Isidório, aos 29 anos, ocorrido nesta quinta-feira (11). O parlamentar foi vítima de afogamento na Praia do Loreto, na cidade de Madre de Deus, região metropolitana de Salvador. João era filho do deputado federal Pastor Sargento Isidório.

Em virtude da morte do deputado, o chefe do Executivo municipal adiou a entrega da obra de fechamento de trecho do Canal do Malhado, que seria realizada nesta sexta-feira (12), com a presença do governador Rui Costa. A Prefeitura informa que a nova data de entrega da obra foi marcada para a próxima terça-feira (16), às 9h, e contará com a participação do dirigente estadual e sua comitiva.

“Peço a Deus que dê força à família do nosso querido deputado João Isidório. Certamente o seu legado ficará na memória do povo baiano e de todos aqueles que acompanhavam o seu trabalho, com respeito e admiração”, disse o prefeito. João Isidório foi o deputado estadual mais votado da Bahia em 2018, com 110.540 votos.

Emprego: Confira as vagas do SINEBAHIA de Ilhéus para sexta-feira (12)

Vagas exclusivas para Ilhéus até sexta-feira (12).

O Sinebahia retomou o atendimento ao cidadão de forma espontânea, não havendo mais necessidade de agendamento.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: das 7h às 15:30h.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA: RG, CPF e/ou Carteira de Trabalho.

OPERADOR DE TRATOR ESTEIRA

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

Possuir CNH categoria C, D ou E

02 VAGAS

OPERADOR DE RETRO-ESCAVADEIRA

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

Possuir CNH categoria C, D ou E

01 VAGA

OPERADOR DE ROLO COMPACTADOR

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

Possuir CNH categoria C, D ou E

02 VAGAS

OPERADOR DE TRATOR DE PNEU

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

Possuir CNH categoria C, D ou E

02 VAGAS

OPERADOR DE ESCAVADEIRA

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

Possuir CNH categoria C, D ou E

02 VAGAS

PEDREIRO

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

03 VAGAS

AJUDANTE DE OBRAS

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

04 VAGAS

AÇOUGUEIRO

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

01 VAGA

VENDEDOR DE EXTERNO

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

01 VAGA

COZINHEIRA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho na área de forno e fogão

Preferencialmente residir na Zona Sul de Ilhéus

02 VAGAS

GARÇOM

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

Preferencialmente residir na Zona Sul de Ilhéus

10 VAGAS

AUXILIAR DE LOGISTICA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

01 VAGA

MEC NICO DE REFRIGERAÇÃO

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

01 VAGA

ASSISTENTE TÉCNICO DE PROCESSOS

Ensino Médio Técnico em Eletrônica, Eletrotécnica ou Desenvolvimento De Sistemas

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

02 VAGAS

GERENTE (LIDER DE PRODUÇÃO)

Ensino Superior Completo em Engenharia de Produção, Logística ou Administração

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

Trabalhar com produção de equipamentos eletrônicos

04 VAGAS

Bahia: Governo baiano comemora perspectiva de crescimento na safra, indústria e comércio

Se confirmada a estimativa de 10,24 milhões de toneladas em 2021, a safra baiana de grãos terá crescimento de 3,5% na comparação com 2020. Para este ano está previsto ainda, dentre outras culturas, o crescimento nas safras de cana-de-açúcar, cacau, uva e banana. Além da produção agrícola, o Governo do Estado comemora também números positivos da economia baiana no comércio varejista, que cresceu 5,5% no acumulado do ano, e o aumento de 3,7% da produção industrial de setembro, em relação ao mês de agosto.

“A perspectiva de safra recorde de soja é a boa notícia em meio à queda na produção de grãos em algumas lavouras como algodão e milho, que foram afetadas pelas condições climáticas e de mercado. Outra boa notícia se trata da perspectiva de aumento na produção de frutas, o que nos deixa bastante satisfeitos. Mesmo que ainda tenha retração em algumas análises, os segmentos de comércio varejista e indústria apresentam sinais de recuperação. Nosso esforço é que voltem a ser pujantes”, avaliou o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento.

As informações da safra foram apuradas pelo décimo Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), relativo a outubro deste ano, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e sistematizado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan).

“Os dados demonstram a força da agricultura da Bahia e também confirmam o viés de crescimento vivenciado pelo setor no estado. Nossa safra de grãos bate seguidos recordes e os números mostram que um novo patamar será alcançado em 2021. Na fruticultura, as variações também são positivas. Na agricultura é normal que uma ou outra cultura encontre dificuldades pontuais a cada ano e a Bahia não foge à regra. Mas, na grande maioria das culturas, temos aumentos consideráveis, mostrando o porquê de sermos o setor que representa 1/4 do PIB da Bahia, gerando 1/3 dos empregos no estado e 1/3 de nossas exportações”, comentou o secretário da Agricultura, João Carlos Oliveira.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Nelson Leal, enquanto a Bahia teve crescimento de 3,7% na produção industrial, comparando setembro frente a agosto de 2021, a média nacional recuou -0,4%. “Da mesma forma, o comércio varejista da Bahia teve um crescimento superior ao do país, crescemos 5,2% no acumulado do ano frente a 3,8% do nacional. Isso mostra a força da nossa economia e os sinais de que estamos retomando o crescimento sustentável de antes da pandemia”, afirmou.

Safra

Na produção de grãos, as áreas plantada e colhida ficaram ambas estimadas em 3,2 milhões de hectares (ha), o que corresponde, nas projeções do IBGE, a uma expansão de 2,6% na comparação interanual. Dessa forma, a produtividade média estimada para a safra de grãos, no estado, foi de 3,25 t/ha, o que representa alta de 0,9% na mesma base de comparação.

Os produtores de soja colheram 6,8 milhões de toneladas este ano, a maior da série histórica do levantamento, o que corresponde a uma alta de 12,6% em relação a 2020. A área plantada com a oleaginosa somou 1,7 milhão de hectares, que supera em 4,9% a de 2020, e o rendimento médio esperado da lavoura ficou em 4,0 t/ha.

Para a lavoura da cana-de-açúcar, o IBGE estimou produção de 5,5 milhões de toneladas, alta de 7,3% em relação à safra anterior. A estimativa da produção do cacau foi acrescida, projetada em 130,1 mil toneladas, o que representa aumento de 10,3% na comparação com 2020. As estimativas para as lavouras de banana (878,5 mil toneladas), laranja (634,3 mil toneladas) e uva (61,2 mil toneladas) registraram, respectivamente, variações positivas de 3,4%, 0,2% e 35,1%, em relação à safra anterior.

Indústria e Comércio

Os dados do IBGE/SEI referentes a setembro revelaram ainda crescimento de 5,5% do comércio varejista baiano no acumulado do ano e aumento de 3,7% da produção industrial em relação ao mês de agosto. As informações foram produzidas pelas pesquisas Mensal do Comércio (PMC) e Industrial Mensal (PIM), realizadas pelo IBGE e sistematizadas pela SEI.

Bahia: Estado autoriza eventos com até 3 mil pessoas e libera venda de bebidas alcoólicas em estádios

O Governo do Estado publica, no Diário Oficial desta quarta-feira (10), alterações no decreto número 20.780, que regulamenta a realização de eventos com presença de público na Bahia. Conforme foi antecipado pelo governador Rui Costa no Papo Correria desta terça-feira (9), estão autorizados eventos com até 3 mil pessoas, a partir da data de publicação da atualização do decreto. O limite permitido era de 2 mil pessoas.

Continua sendo obrigatória a comprovação da imunização contra a Covid-19 por todos os envolvidos nos eventos: artistas, público, equipe técnica e colaboradores. Além disso, devem ser respeitados os protocolos sanitários estabelecidos pelos Municípios, especialmente o distanciamento social e o uso de máscaras.

A presença de torcedores em eventos desportivos na Bahia também terá alterações, de acordo com a nova publicação. Foi autorizada pelo governador Rui Costa a ampliação da lotação máxima de 50% para 70% da capacidade dos equipamentos esportivos. Os torcedores também devem comprovar que tomaram as duas doses da vacina contra Covid-19 ou a dose única, mediante apresentação do documento de vacinação fornecido no momento da imunização ou do Certificado Covid, obtido por meio do aplicativo ‘Conecte SUS’, do Ministério da Saúde.

O novo decreto revoga a proibição da venda de bebidas alcóolicas nos estádios, que passam a ter autorização para comercializar esses produtos durante os jogos. O novo decreto do Governo do Estado tem validade até o dia 19 de novembro.

Una: Unidade móvel do SINEBAHIA estará na cidade; emissão de RG será realizada

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais junto com a SETRE – Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte pelo seu Secretário Davidson Magalhães, traz para Una a unidade móvel do SineBahia para realizar os serviços de:

 Facilitador de acesso a Carteira de Trabalho Digital;

 Emissão de RG (necessário foto 3×4 recente e certidão de nascimento ou casamento original sem rasura)

 Palestra de orientação para o trabalho;

 Inscrição e atualização cadastral de trabalhadores interessados em vagas de emprego (apresentar Carteira de Trabalho e Previdência Social, RG, CPF, comprovantes de residência e de escolaridade).

A atividade acontece nos dias 11 e 12 de novembro, das 9:00h às 16:00h, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Una (Rua José Bonifácio,s/n, Centro, ao lado do CRAS).

Saúde: Toxinas em peixes podem causar doença da urina preta, diz estudo

Estudo foi realizado com seis amostras de peixes | Reprodução/Flickr|SBT NEWS

Um estudo realizado entre o Centro de Informações Estratégicas e Vigilância em Saúde (Cievs) de Salvador e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) apontou que a doença de Haff pode estar relacionada com o consumo das toxinas em peixes e crustáceos, que são produzidas por outros organismos e acumuladas nos corpos dos animais. Os casos da doença vêm sendo detectados desde 2016 no Brasil.

Segundo os pesquisadores, a enfermidade é uma causa rara de rabdomiólise, síndrome provocada por lesão muscular que resulta na elevação dos níveis séricos de creatina fosfoquinase (CPK) e, em alguns casos, provoca escurecimento da coloração da urina, variando de avermelhada a marrom — característica que tornou a doença popularmente conhecida como “doença da urina preta”.

A rabdomiólise na doença de Haff tem início rápido, após o consumo de certos peixes e crustáceos cozidos, sugerindo que toxinas estáveis ao calor, ainda desconhecidas, são a causa da doença.

Para realizar o estudo, seis amostras de peixes passaram por análises laboratoriais: duas eram sobras de uma refeição relacionadas a dois casos da doença; outras duas foram obtidas de casos isolados com altos níveis de CPK; e as duas últimas eram amostras frescas obtidas em uma peixaria local, onde alguns pacientes haviam comprado peixes.

Após os testes, foram detectados compostos do tipo palitoxina nas amostras de espécie de água salgada conhecida como “olho de boi”, que pode ser a provável fonte de contaminação. A presença de metais, como arsênio, cádmio e chumbo, não foram identificadas nos peixes.

Os cientistas também realizaram análises de sangue, fezes e urina dos participantes, além de monitorar indivíduos que comeram o mesmo peixe suspeito, mas que não apresentaram sintomas.

Para os pesquisadores, a teoria mais aceita é que os peixes e crustáceos não produzem eles mesmos as toxinas, mas acumulam no seu corpo compostos produzidos por outros organismos, como microalgas, através da cadeia alimentar.

O resultado deve ajudar a fortalecer a vigilância epidemiológica e o treinamento médico para detecção de casos suspeitos da doença.





web