WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

sufotur secom bahia



novembro 2023
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
videos


:: 29/nov/2023 . 12:07

Itabuna: Profissionais da área da saúde relatam cobrança indevida do sindicato

Profissionais da saúde entraram em contato com o site para denunciar cobrança indevida por parte do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde de Itabuna (SINTESI). De acordo com os relatos, a questão surgiu após a aprovação do reajuste salarial anual da Convenção Coletiva de Trabalho, realizada em 29 de agosto de 2023, segundo documento enviado às empresas, no dia 17 de novembro. No entanto, os funcionários alegam ter tido conhecimento do documento apenas em 20 de novembro.

No documento enviado aos funcionários, afirmam que durante a convenção, foi mencionada a possibilidade de desconto da contribuição sindical, do valor de 4% do salário de outubro, que seria aplicado aos empregados. Aqueles que se opusessem ao desconto deveriam procurar o órgão para receber instruções. Os trabalhadores alegam ter comparecido ao sindicato em 21 de novembro, apresentando uma carta de próprio punho manifestando a oposição ao desconto. Embora tenham entregue a carta, receberam, em 28 de novembro, a seguinte resposta do sindicato:

“Afirmamos ter recebido oposições ao desconto da taxa assistencial dos trabalhadores, contudo, as mesmas não foram acatadas por terem sido protocoladas na entidade sindical em prazo posterior ao período de oposição estabelecido na convenção coletiva de trabalho.”

Diante desse impasse, os profissionais da saúde agora buscam medidas para reverter a situação. Este espaço fica disponível para o SINTESI se manifestar sobre o assunto.

Itabuna: Ex-Prefeito, José Oduque, morre aos 100 anos

 

Morreu nesta quarta-feira, 29, José Oduque Teixeira, empresário e ex-prefeito de Itabuna. Reconhecido como um dos indivíduos mais ricos do sul da Bahia, Oduque destacou-se como um visionário corajoso, desempenhando um papel significativo no avanço socioeconômico de Itabuna. Sua influência estendeu-se ao setor de comunicação, sendo um dos responsáveis pelo Diário de Itabuna e pela Rádio Jornal de Itabuna.

Oduque deixa a viúva Amenaide Teixeira e os filhos Geraldo, Fátima e Kátia, além de netos e bisnetos. Os detalhes sobre o local do velório e o horário do sepultamento ainda aguardam divulgação por parte dos familiares.

Bafauê: Filho de vice-prefeito de Ibicui, Caio Cerqueira, é destaque em reality de Carlinhos Maia

Um novo romance está roubando a cena na Casa da Barra, o reality do humorista Carlinhos Maia exibido nos stories do Instagram. Luan Alencar e Caio Cerqueira são os protagonistas desse novo capítulo, trocando beijos e compartilhando momentos juntos nas redes sociais.

Reprodução: Instagram/Salomão Cerqueira

Com 22 anos de idade e 1 milhão de seguidores no Instagram, Caio Iris Cerqueira é conhecido não apenas por sua presença digital, mas também por ser filho do vice-prefeito de Ibicuí, Salomão Brito de Cerqueira. O apoio do pai ao relacionamento de Caio tem sido evidente nas redes sociais.

“O mais bonito é ver que você não perdeu a sua essência e continua sendo aquele garoto que nos dá orgulho, sem passar por cima de ninguém. Eu te amo e estou com você pra tudo!” Escreveu Salomão Cerqueira.

Caio, uma personalidade verificada e criador de conteúdo no TikTok, conquistou mais de 2,3

Reprodução: Instagram/Caio Cerqueira

milhões de seguidores em sua conta na plataforma. Seus vídeos englobam uma ampla variedade de comédia, dublagens e danças colaborativas.

O momento emblemático do casal ocorreu durante um show da cantora Marina Sena, uma das atrações da Casa da Barra. Carlinhos Maia compartilhou o momento nos stories, dando espaço para a revelação de Luan. “Cadê o Luan? Ô Luan, fiquei sabendo que tem uma coisa que você quer contar para alguém, uma coisa que você tem todo o apoio de todos nós aqui, saiba que você pode contar”, declarou o influenciador, confira o vídeo:

Bahia: Governador sanciona lei que institui o Bahia Sem Fome e anuncia conjunto de ações que fortalecem o programa

O governador Jerônimo Rodrigues sancionou, na tarde desta terça-feira (28), a Lei 25.084 que institui o programa Bahia Sem Fome e cria a Rede de Equipamentos Integrados para o Combate à Fome. O ato solene de assinatura aconteceu no Centro Social Urbano (CSU) de Mussurunga, em Salvador, na presença do vice-governador, Geraldo Júnior, secretários estaduais, demais autoridades, movimentos sociais, empresas, religiosos, povos e comunidades tradicionais, dentre outros convidados. A nova lei, que será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (29), garante o acesso a alimentos em qualidade e quantidade necessárias às pessoas em situação de vulnerabilidade social, além de assegurar o direito humano à alimentação adequada e saudável, bem como promove a segurança alimentar e nutricional.

Fotos: Fernando Vivas/GOVBA

Além de sancionar a lei, Jerônimo autorizou uma série de ações estruturantes em diversos segmentos, nos quais serão aplicados R$ 300 milhões. “O nosso problema não é de produção de alimentos, mas o acesso a eles. Desperdiçamos oito vezes a quantidade que precisamos para matar a fome dos dois milhões de baianos que se encontram nessa condição. Ao mesmo tempo, também não é só desperdício, é acesso a emprego, escola, moradia, lazer e cultura”, declarou o governador.

O programa Bahia Sem Fome passa a contar com o Fundo Estadual de Combate à Fome e com conselhos estaduais e municipais, que vão desenhar as necessidades de cada região, em diálogo com outras ações estaduais, para a redução da insegurança alimentar e nutricional no estado. “A partir de hoje, o Bahia Sem Fome vira uma política pública. Dada a complexidade da situação de vulnerabilidade social no nosso Estado, principalmente das pessoas que vivem em situação de fome, precisamos ter políticas públicas efetivas que alcancem essas pessoas, oportunizando o direito à alimentação”, explicou o coordenador do programa, Tiago Pereira.

Tiago acrescentou que as ações estruturantes vinculadas ao Bahia sem Fome são direcionadas à inclusão produtiva, acesso à água, à geração do trabalho e renda, assessoria técnica continuada. “Para que a gente consiga vencer a fome no nosso estado, nós precisamos produzir alimentos, as pessoas precisam consumir esses alimentos e, ao mesmo tempo, a gente precisa dinamizar os processos econômicos locais”, complementou.

Outras leis e ações

Dentro do pacote de ações apresentadas, o governador sancionou a Lei 25.046 que institui o Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (Susaf); e a Lei 25.071 que dispõe sobre a Política Estadual de Assistência Social e dá outras providências. Também foi anunciado o investimento de R$ 4 milhões para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), destinado especificamente para as comunidades indígenas. As compras com doação simultânea serão feitas em articulação entre o Governo da Bahia e o Governo Federal.

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) foi autorizada a publicar o edital de licitação para revitalização de sete Centros Sociais Urbanos (CSU) em Salvador. Com o investimento inicial de cerca de R$ 38 milhões, a ação garantirá melhorias estruturais nos equipamentos dos bairros do Nordeste de Amaralina, Liberdade, Narandiba, Valéria, Federação, Castelo Branco e Mussurunga. As obras serão executadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder).

Fotos: Fernando Vivas/GOVBA

“Com o CSU nessa nova modelagem, a gente integra os equipamentos do programa Bahia Sem Fome com as várias ações que recebem a nossa juventude, os nossos idosos, as comunidades. É uma iniciativa fundamental, porque a gente dará mais condições de acolhimento e qualidade dos serviços oferecidos”, destacou a titular da Seades, Fabya Reis. A titular da Seades reforçou que sendo o fenômeno da fome um aspecto que envolve várias dimensões, é fundamental atuar em fazer chegar o alimento a quem está em estado grave. “Precisamos também dar todo esse anteparo com processos que estruturam, como infraestrutura, geração de renda e qualidade dos serviços”, concluiu Fabya.

Ainda dentre as medidas, a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) foi autorizada, através da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), a emitir ordem de serviço para limpeza de aguada – familiar, em comunidades rurais de 40 municípios, no âmbito do Programa Água para Todos.





web