O indivíduo responsável pelas ameaças de um possível massacre na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) foi identificado em Minas Gerais. O adolescente, com apenas 15 anos, foi apreendido em flagrante e revelou que outra pessoa também estava envolvida, sendo esta última já localizada pelas autoridades.

Segundo relatos, o jovem alegou não conhecer a UESC e afirmou que o único propósito por trás das ameaças era “causar terror nas pessoas”. Durante a busca em seu computador, foi encontrada uma significativa quantidade de material pornográfico. Além disso, a polícia também encontrou os emails enviados à universidade.