WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

sufotur secom bahia



outubro 2023
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
videos


:: 2/out/2023 . 15:18

Concurso Federal: Mais de 6,5 mil vagas em 20 órgãos

Nesta sexta-feira (29), o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI) revelou que 20 órgãos governamentais participarão do aguardado exame unificado do governo federal para a seleção de novos servidores, frequentemente comparado ao “Enem dos concursos públicos,” com previsão de realização em 2024.

Nessa primeira edição, um total de 6.590 vagas será oferecido, conforme detalhado na lista completa abaixo. A iniciativa visa possibilitar que os candidatos concorram a múltiplas vagas em diferentes órgãos federais, mediante o pagamento de uma única taxa de inscrição, conforme explicaremos posteriormente.

A data de publicação do edital do concurso está marcada para 20 de dezembro, e as provas, envolvendo todos os órgãos participantes, devem ser realizadas simultaneamente em até março de 2024, abrangendo 180 municípios em todo o Brasil.

Cronograma

Publicação do Decreto 11.722 29/09/2023
Indicativo de adesão dos órgãos até 29/09/2023
Edital do concurso publicado 20/12/2023
Concurso realizado até março/2024
Resultado final da etapa unificada até maio/2024
Cursos de formação quando cabível até julho/2024
Posse de novos servidores até agosto/2024

 

Bahia: Gás de cozinha vai ficar mais caro

O preço do gás de cozinha na Bahia sofreu reajuste, desde ontem (1º de outubro). De acordo com informações da Acelen, responsável pela administração da Refinaria Mataripe, que abastece o estado, o aumento será de 6,5% no Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) para as empresas distribuidoras, que, por sua vez, repassarão esse aumento para o consumidor final.

Segundo informações fornecidas pelo Sindicato dos Revendedores de Gás do Estado da Bahia (Sindrevgas), os consumidores que adquirirem um botijão de 13 kg devem se preparar para um acréscimo de custo, variando entre R$ 5 e R$ 7 adicionais. O sindicato prevê que o preço desse botijão deve oscilar entre R$ 123 e R$ 125.

Este representa o quarto aumento no ano, conforme relatado pelo sindicato, que estima que a Bahia conta com aproximadamente seis mil revendedores do produto. Além do aumento neste mês de outubro, houve reajustes na origem, sem acréscimos na etapa de distribuição, nos meses de fevereiro, março e setembro.

A Acelen emitiu uma declaração afirmando que os preços obedecem aos critérios de mercado, considerando variáveis como o custo do petróleo, que é adquirido a preços internacionais, a taxa de câmbio do dólar e os custos de transporte, podendo variar tanto para cima quanto para baixo.





web