WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura ilheus camara ilheus prefeitura ilheus



junho 2022
D S T Q Q S S
« maio    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
videos


:: 22/jun/2022 . 12:46

AÇÃO POLICIAL: A 71ªCIPM REALIZA A 1ª FASE DA OPERAÇÃO CIDADE TRANQUILA

O conceito da Operação emerge da necessidade de prevenir a ocorrência da pertubacão do sossego alheio, além da fiscalização de veículos que se encontram em desacordo com o previsto no Código de Trânsito Brasileiro, bem assim intensificar as rondas ostensivas e abordagens policiais para o pleno cumprimento da missão constitucional da PMBA.

Nos Municípios abrangidos pela atuação da Unidade fora diagnosticado um aumento no número de denúncias de populares, referente aos ruídos (poluição sonora) gerados por alguns condutores que trafegam com motocicletas com descargas adulteradas, além da exibição de manobras perigosas nos logradouros de Canavieiras e Una, colocando dessa forma em risco a vida e a integridade física dos transeuntes.

Neste último final de semana, durante a execução da 1ª fase da Operação Cidade Tranquila foram apreendidas e autuadas diversas motocicletas, as quais foram encaminhadas à Ciretran para as providências legais cabíveis.

Ilhéus: Marão antecipa salário e garante São João dos servidores

Quando o assunto é valorização do servidor público Marão dá aula. Isso porque mais uma vez o prefeito de Ilhéus antecipou o salário e quitou a folha referente ao mês de junho, na manhã desta quarta-feira (22). Mais de cinco mil servidores já podem aproveitar e garantir a sua cesta junina.

No total, serão colocados aproximadamente R$ 12 milhões em circulação, além de R$ 1,5 milhão, referente ao pagamento do ticket alimentação, o que impulsiona a economia da cidade. “O servidor é nosso maior patrimônio”, destacou o prefeito ao lembrar que desde 2017 o pagamento é feito em dia.

Polícia: Ex-ministro da Educação é preso em operação da Polícia Federal

Polícia Federal deflagrou, na manhã desta 4ª feira (22 .jun), a Operação Acesso Pago, que tem o objetivo de investigar a prática de tráfico de influência e corrupção para a liberação de recursos públicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao Ministério da Educação. Entre os alvos da operação está Milton Ribeiro, ex-ministro da Educação. A prisão aconteceu em Santos (SP), no litoral paulista.

Ribeiro foi detido em Santos (SP). A audiência de custódia dele está marcada para esta 5ª feira (23 .jun) em Brasília.

As ordens judiciais foram emitidas pela 15ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Distrito Federal. Segundo a PF, são cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e 5 prisões nos estados de Goiás, São Paulo, Pará e Distrito Federal. Também foram efetuadas outras medidas cautelares, como proibição de contatos entre os investigados e envolvidos.

O inquérito foi aberto com base em matérias da imprensa, que revelaram a existência de um gabinete paralelo dentro do MEC com a presença de pastores evangélicos. Após a revelação do caso, o ex-ministro deixou o cargo.





web