Na próxima quarta-feira, 18, a partir das 9h, será realizada uma audiência Pública, na Câmara de Vereadores de Ilhéus, a fim de debater a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), proposta pelo Deputado Estadual Tum, que visa apurar as irregularidades na prestação do serviço da COELBA aos munícipios, assim como a Ilhéus, e as constantes interrupções e baixa qualidade dos serviços, como também o alto custo da tarifa. O requerimento foi apresentado pelos vereadores Luciano Luna, Gurita, Nino Valverde e Kaique Souza.

A audiência contará com a participação de diversas entidades e autoridades. Segundo propôs os parlamentares, serão convidados, além do Deputado Tum, representantes das seguintes Instituições: Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia (SEINFRA), Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (COELBA), ESTUDOS E PROJETOS DE REDES E SUBESTAÇÕES DE ENERGIA (SIPEL) e Gerenciamento de energia civil e iluminação pública (STEC), CDL-Câmara de Dirigentes Lojistas de Ilhéus, Procon Ilhéus, Associação Comercial de Ilhéus. A audiência é aberta ao público e também será transmitida através das Redes Sociais da Câmara de Vereadores.

A COELBA apresenta o pior índice de satisfação dos consumidores o estado. Junto com ANEEL, a COELBA está em primeiro lugar nos indicadores de qualidade e em reclamações junto ao PROCON. Segundo justificaram os autores do requerimento, a CPI da Coelba já está em tramite na Alba para dar com urgência uma resposta as omissões da Concessionária, que têm resultado em graves prejuízos à sociedade e economia local, em razão das falhas de planejamento e incapacidade de fornecer os serviços da forma adequada.

Na zona rural, além das constantes e já narradas interrupções, a COELBA não tem cumprido com o cronograma de instalações do programa luz para todos, não faz o adequado planejamento na expansão dos serviços de fornecimento de energia, prejudicando por demais a quem precisa do serviço por ela prestado.