WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura ilheus camara ilheus prefeitura ilheus



dezembro 2021
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
videos


:: 15/dez/2021 . 20:52

Emprego: confira as vagas do SINEBAHIA de Ilhéus para quinta-feira (16)

Vagas exclusivas para Ilhéus até esta quinta-feira (16).

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: das 7h às 15:30h.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA: RG, CPF e/ou Carteira de Trabalho, comprovante de residência e escolaridade.

TÉCNICO DE REFRIGERAÇÃO
Ensino Médio Completo  

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho
Possuir CNH categoria “AB”
01 VAGA

AUXILIAR DE REFRIGERAÇÃO
Ensino Médio Completo  

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho
Possuir CNH categoria “AB”
01 VAGA

LIDER DE PRODUÇÃO
Ensino Superior Cursando
Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho
01 VAGA 

VENDEDOR DE COMERCIO VAREJISTA
Ensino Médio Completo  

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho
Possuir disponibilidade para realizar viagens e CNH categoria “AB”
01 VAGA

AGENTE FUNERARIO

Ensino Fundamental 

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho
Residir em Uruçuca
01 VAGA

CAMAREIRA 

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na função
Apresentar carta de referência
Residir no Centro ou Zona Norte de Ilhéus
01 VAGA

COZINHEIRA
Ensino Fundamental Completo 

Experiência mínima de 6 meses na função
Apresentar carta de referência
Residir no Centro ou Zona Norte de Ilhéus
01 VAGA

TELHADOR 

Ensino Fundamental 

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho
01 VAGA

MONTADOR DE ESTRUTURAS METALICAS
Ensino Fundamental 

Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho
01 VAGA 

VENDEDOR EXTERNO

Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho

03 VAGAS

VENDEDOR EXTERNO

Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses na função

Possuir CNH “A”
03 VAGAS

VENDEDOR DE SERVIRÇOS 

Ensino Médio completo
Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho 

01 VAGA 

INSTALADOR DE VIDROS AUTOMOTOR
Ensino Fundamental Completo
Experiência mínima de 6 meses na função
02 VAGAS 

Política: Ciro e Cid Gomes são alvos da Polícia Federal, que apura fraudes em obras do Castelão

Segundo a Polícia Federal, a operação tem como objetivo apurar fraudes, exigências e pagamentos de propinas a agentes políticos entre os anos de 2010 e 2013| José Cruz/Agência Brasil

O ex-governador do Ceará e pré-canditato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, foi alvo de operação da Polícia Federal na manhã desta 4ªfeira (15.dez). Mandados de busca e apreensão foram cumpridos contra Ciro, e o irmão dele, o ex-governador do Ceará e senador Cid Gomes, em investigação sobre supostas irregularidades na construção da Arena Castelão, em Fortaleza.

Segundo a Polícia Federal, a operação tem como objetivo apurar fraudes, exigências e pagamentos de propinas a agentes políticos e servidores públicos decorrentes de procedimento de licitação para obras no estádio Castelão, entre os anos de 2010 e 2013.

As investigações tiveram início em 2017 e apontaram para um esquema criminoso envolvendo pagamentos de propinas para que uma empresa obtivesse êxito no processo licitatório, com indícios de pagamentos de R$ 11 milhões em propinas diretamente em dinheiro ou “disfarçadas de doações eleitorais,” com emissões de notas fiscais fraudulentas por empresas fantasmas.

“Tenho 40 anos de vida pública e nunca fui acusado nem processado por corrupção.”, se manifestou Ciro Gomes nas redes sociais. Pedetista também afirmou que ação teve objetivo de criar danos a sua pré-candidatura à Presidência da República e avisou “Meus inimigos nunca me intimidaram e nunca me intimidarão.”

Ilhéus: Hospital Materno-Infantil já recebe pacientes reguladose UTI Neonatal abriga o seu primeiro bebê prematuro

Fernando nasceu prematuro. Duas semanas atrás, antes da inauguração do Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio, em Ilhéus, para ter os cuidados especiais que necessita, ele precisaria passar pelo sistema de regulação do município e aguardar um leito disponível em outro município do estado. Hoje isso não acontece mais. Fernando está internado na UTI Neonatal do Hospital Materno-Infantil, recebendo todos os cuidados médicos e acompanhado de perto pela mãe, Fabrícia de Jesus. É o primeiro bebê a ocupar a UTI Neonatal da nova unidade hospitalar inaugurada no último dia 6 pelo governador Rui Costa.

O Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio é da Secretaria Estadual de Saúde (SESAB), administrado pela Fundação Estadual Saúde da Família (FESF/SUS). Tem abrangência regional, para parto, nascimento e pediatria em casos de alto risco. O atendimento ao parto é de porta aberta, mas, diferente de outras instituições hospitalares existentes na cidade, o acesso à pediatria só ocorre sob regulação.

Se por um lado o atendimento da maternidade no Dr. Joaquim Sampaio está aberto, por outro, o atendimento de pediatria foi pactuado com o município de Ilhéus que a porta de entrada dos pacientes deverá ser nas unidades já existentes (UPAS e hospitais credenciados). “Sendo a nossa pediatria regulada, significa dizer que vamos receber pacientes via Central Estadual de Regulação ou Samu”, explica a diretora Aline Costa. No entanto, todas as pessoas que procuraram a unidade foram acolhidas pela equipe, tiveram o seu risco classificado, e foram esclarecidas da função do hospital e direcionadas para o serviço de atendimento às urgências.

Regulação

Eliza Conceição, de seis meses, é a primeira criança a ser regulada para o Hospital. Veio transferida do município de Una, através da Central de Regulação de Leitos do Estado. Durante todo o tempo ela está em companhia da mãe, Leidiane Conceição, de 25 anos.

Semana passada, a direção do hospital recebeu técnicos e secretários municipais de Saúde da região de Ilhéus, também composta pelos municípios de Uruçuca, Itacaré, Una, Arataca, Mascote, Canavieiras e Santa Luzia. E, na modalidade virtual, dialogou com representantes de 14 municípios que compõem a região de Valença, que também será atendida pela unidade inaugurada em Ilhéus.

A proposta – afirma a diretora Aline Costa – é estabelecer este trabalho de parceria, troca de conhecimento e de informações. “A ideia é que o hospital e seus serviços estejam mais próximos dos gestores e, consequentemente, mais perto da população”. O desejo, segundo afirmou Aline, é que, mesmo estando situado em Ilhéus, o hospital seja para atender a região. “Todos os movimentos que estão sendo feitos visam fortalecer o Sistema Único de Saúde”, destacou a diretora-geral.

A enfermeira Domilene Borges, coordenadora do Núcleo Regional de Saúde/Sul, da Secretaria Estadual de Saúde, que participou dos encontros, lembrou que havia uma imensa lacuna na Assistência Materno-Infantil da região. “Com a inauguração do Hospital Materno-Infantil, a SESAB começou a trabalhar o fluxo de encaminhamento das gestantes para a unidade. Mas é necessário fazer com que os municípios tenham conhecimento de como funciona o hospital”, destacou. Por isso, foi proposto pela secretaria estadual trazer os gestores até o hospital para ter conhecimento, ajudar no processo, conhecer equipamentos e saber que serviços serão ofertados e repassados aos municípios.

Todo este minucioso trabalho tem o objetivo de reverter uma estatística nacional, que se repete aqui na região. Cerca de 60 por cento dos partos são cesarianos. A proposta é trabalhar para ofertar às mulheres o estímulo ao parto normal e humanizado, cientificamente melhor para mãe e crianças, e construir uma nova forma de atenção, um novo jeito de nascer no Brasil e nesta região, onde as mulheres e as crianças que forem recebidas, além de contar com uma estrutura de primeira ponta, vão ter equipes especializadas no atendimento.

O Hospital Materno-Infantil é um serviço de ponta, com os melhores e mais modernos equipamentos, estrutura organizada nas normativas da lei da vigilância e estruturado para atender a população gestante do sul da Bahia. Acolher a gestante e a criança é contribuir para que a família se sinta pertencente ao espaço. No Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio a meta é garantir o direito à assistência integral. O que a região buscava há muitos anos, agora é realidade.





web