WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura ilheus



novembro 2021
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
videos


:: 26/nov/2021 . 21:07

Ilhéus: Kaique Souza afirma que Baianão 2022 será no Mário Pessoa

Em nota, Kaique Souza, Secretário de Esporte e Lazer de Ilhéus, afirma que Baianão será no Estádio Mário Pessoa.

Confira a nota

Obras do Estádio Mário Pessoa continuam e BAIANÃO 2022 SERÁ EM NOSSO ESTÁDIO.

Tomei como surpresa as declarações do dileto amigo e CEO do Barcelona Weliton Nascimento, quando disse na mídia ilheense de que as obras do estádio Mário Pessoa em Ilhéus estão em ritmo de lentidão em Ilhéus. Há alguns conversei com ele onde mostrei tecnicamente as inviabilidades sofridas pelo estádio Mário Pessoa, alheias a nossa vontade em função de chuvas torrenciais e diárias, inviabilizando a continuidade da impermeabilização do nosso Telhado.
Entendo que neste ritmo, poderá atrapalhar a estreia do Barcelona em Ilhéus, e para isso já estamos viabilizando meios para que caso aconteça faremos sim o os demais jogos em nosso estádio. Lembro com tranquilidade e afinco o esforço do Prefeito Mário Alexandre para que viabilize imediatamente as obras do alusivo estádio e, neste sentido como Secretário de Esportes junto a nossa Equipe de Engenharia e Obras não estamos medindo esforços esta ora tenha a sua conclusão.
Ocorre que, as obras do telhado estão em ritmo acelerados e algumas demolições previstas já estão sendo feitas, sendo assim a nossa programação esta sendo seguida.
Se por um lado as constantes chuvas atrapalharam as obras, por outro lado deu vida ao nosso gramado que esta sendo bem cuidado e preparado para um ano com muito Futebol na nossa cidade.
Agradeço o espaço da nossa competente Imprensa. Estamos abertos as esclarecimentos.

Kaique Souza – Secretário de Juventude, Esporte e Lazer de Ilhéus.

Nova variante: Anvisa recomenda restrição para viajantes de 6 países africanos

Em nota técnica encaminhada à Casa Civil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou nesta 6ª feira (26.nov) medidas de restrição para voos e viajantes procedentes da África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue em decorrência da identificação da nova variante da covid 19, a B1.1.529.

Diz a nota:  “A Agência recomenda que seja reforçado o monitoramento, por parte das autoridades de saúde, de viajantes procedentes dos países citados, com desembarque no Brasil. A nota técnica sugere ao Comitê de Ministros, que solicite a manifestação do Ministério da Saúde sobre as decisões quanto ao repatriamento de viajante estrangeiro e do Ministério da Justiça e Segurança Nacional quanto à necessidade de identificação do histórico de viagem, por meio de análise do passaporte, em que conste procedência ou passagem do viajante viajante pela África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue nos últimos 14 dias, bem como a sinalização para a Anvisa, no ponto de entrada”.

A Anvisa alerta que as medidas sugeridas possuem caráter temporário, devendo ser revistas conforme a evolução do cenário epidemiológico mundial.

Em viagem ao sul do estado, Rui inaugura Hospital Materno-Infantil e autoriza início de obra de ligação entre Ilhéus e Itabuna

Foto ilustrativa de outra ocasião. Na foto: Soane Galvão e Rui Costa

O Hospital Materno-Infantil Joaquim Sampaio, em Ilhéus, será inaugurado nesta segunda-feira (29), às 9h, pelo governador Rui Costa, acompanhado pela secretária da Saúde do Estado, Tereza Paim. A unidade vai funcionar como referência para toda a região sul da Bahia, em cirurgia pediátrica e parto de alto risco. Durante a viagem, o governador assinará ordem de serviço para construção de 18km da nova via de acesso entre Ilhéus e Itabuna.

Com investimento de aproximadamente R$ 40 milhões entre obras e equipamentos, o hospital conta com 105 leitos de internação, sendo 10 de UTI Neonatal e 25 de semi-intensivo, integrados à Rede Cegonha e atenção às urgências e emergências da região de Ilhéus, com funcionamento 24 horas, acesso por demanda espontânea e referenciada, integrada aos pontos de atenção primária. A unidade conta ainda com 5 leitos no Centro de Parto Normal Intra-hospitalar.

A Secretária da Saúde explica que a nova unidade está estruturada para a assistência ao parto de risco, gestação de alto risco, cuidado intensivo e intermediário neonatal e cuidado intensivo e clínico às crianças. “Será garantido atendimento humanizado e resolutivo; acolhimento com classificação de risco; boas práticas e segurança na atenção ao parto, abortamento, nascimento e puerpério; atenção especializada em pediatria, além de certificação como ‘Hospital Amigo da Criança’”, ressalta Tereza Paim.

Além da realização de partos e da internação, o novo hospital unidade ofertará atendimento ambulatorial especializado em pré-natal de alto risco, consultas especializadas em obstetrícia, cardiologia, enfermagem, nutrição e psicologia. O serviço de pediatria está estruturado com equipes profissionais, instalações físicas e equipamentos adequados à prestação de assistência em caráter de urgência aos agravos mais prevalentes da criança e do adolescente, garantindo, ainda, procedimentos cirúrgicos (cirurgia geral e ortopedia), em caráter de sobreaviso e cuidados intensivos pediátricos.

A unidade funcionará ainda como um polo de desenvolvimento de ensino, reunindo formação acadêmica, pesquisa e produção de conhecimento científico e tecnológico em saúde. O Hospital Materno-Infantil Joaquim Sampaio faz parte de uma séria de investimentos que o Governo do Estado vem fazendo na região sul do Estado, onde a população já conta, entre outros serviços, com o Hospital Regional da Costa do Cacau e com a Policlínica Regional de Saúde instalada em Itabuna. O governador também fez o anúncio da construção de uma Policlínica Regional de Saúde em Ilhéus, o que ampliará a capacidade de atendimento especializado na região.

Ligação Ilhéus-Itabuna: caminho para o desenvolvimento

Com investimentos previstos de R$ 142,6 milhões, a nova via terá extensão de 18 km, duplicando a ligação entre as duas principais cidades do sul do estado e contribuindo para o desenvolvimento de toda a região, com o explica o secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

“A implantação do novo trecho de estrada vai permitir a melhoria do deslocamento entre ambos os municípios com mais conforto e segurança, pois passará a ser feito em um trajeto de mão única. Uma obra que beneficia mais de 511 mil moradores na região e facilitará o deslocamento para quem sai do Sul baiano em direção ao Oeste, Meio Oeste e Extremo sul do estado. Isso contribuirá no escoamento da produção agrícola, principalmente de grãos em direção ao Porto do Malhado, em Ilhéus, no turismo do Sul baiano e no transporte de minério da região de Brumado”, destaca o secretário.

Bahia: Simulação inédita da PM aprimora a tropa nas ocorrências de crimes contra bancos

Explosões com granadas, tiros de festim e sirenes de viaturas marcaram a primeira simulação da Polícia Militar da Bahia para o aprimoramento da tropa nas ocorrências de crimes contra instituições financeiras, realizada nesta madrugada de sexta-feira (26), no centro de Jequié.

A simulação, inédita na Bahia, foi concluída com respostas imediatas e precisas pelos 22 policiais militares das Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipes) que se formam hoje no Curso de Primeiras Respostas em Crimes contra Instituições Financeiras.

Iniciada às 2h20, a simulação durou quase duas horas e utilizou artefatos de grande impacto, disparos de tiros de festim e até carros incendiados nas possíveis rotas de fuga de criminosos, de forma transmitir a realidade dentro dos limites de segurança, garantindo a integridade da população e dos policiais militares participantes.

Toda a ação foi supervisionada pelo comandante de Operações de Inteligência (Coint), coronel Anildo Rocha, e do Comandante de Policiamento Regional do Sudoeste (CPR/SO), coronel Ivanildo Silva. A atividade prática aconteceu em toda área do 19° Batalhão e contou com a participação de policiais das unidades vizinhas (55ª CIPM, 79ª CIPM e 93ª CIPM) e de apoio tático e especializado (CIPT/Sudoeste, Cipe Central e CIPRv) na realização dos bloqueios e barreiras estratégicas.

Além da Polícia Militar, o simulado teve a parceria de outras forças da Segurança Pública, a exemplo da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Rodoviária Federal, que, juntos, mostraram a importância de uma ação coordenada e integrada, desde os primeiros procedimentos, para o sucesso da operação.

“O resultado desta simulação foi muito positivo. Tínhamos todos os riscos controlados e aferimos com segurança, precisão e excelência as condutas policiais que devem ser adotadas em uma situação real. Agradecemos todos os envolvidos e parceiros que tornaram possível essa grande simulação”, avalia o coronel Ivanildo.

Curso – Iniciado na segunda-feira (22), o Curso de Primeiras Respostas em Crimes contra Instituições Financeiras envolveu disciplinas como protocolo de primeiras respostas, modalidades de crimes, procedimentos iniciais nas ocorrências com explosivos, noções básicas de inteligência direcionada ao policiamento convencional, balística veicular, geolocalização, plano de ação emergencial, técnicas de combate motorizado rural e montagem de plano de bloqueio, totalizando 60 horas/aula no período de uma semana.

Além das aulas ministradas por oficiais da PMBA, foram realizadas palestras do tenente coronel Sávio Pelegrini (PMMT), que abordaram o plano de defesa utilizado e primeiras respostas em crimes contra instituições financeiras; o perito criminal Saulo Peixoto, da Coordenadoria Regional de Polícia Técnica de Jequié, falou sobre a preservação local de crime e cadeia de custódia; e a palestra do gestor de segurança privada Edson Barbosa, explanou sobre sinistros a carros fortes em vias intermunicipais.

ILHÉUS: VEREADORES DISCUTEM DADOS DO IBGE QUE APONTAM DECRÉSCIMO POPULACIONAL

Considerando as últimas atualizações do contingente populacional e destacando o surgimento de dúvidas acerca do decréscimo populacional, a explanação dos elementos estatísticos e dados da geografia populacional, os vereadores receberam na última quarta-feira (24) representantes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE para explicar tecnicamente como é realizado o censo populacional da cidade de Ilhéus.

O censo demográfico é uma pesquisa da contagem da população de um determinado território realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Além da contagem de habitantes, o Censo coleta informações sobre as condições de vida das pessoas que residem naquele local, como saúde, educação, moradia e trabalho. Conforme explicou o Chefe do setor do censo demográfico do IBGE, Ledson Freire Santos, a pesquisa é realizada há pelo menos 150 anos, avaliando a cada dez anos as mudanças ocorridas, permitindo comparar os dados dos indicadores sociais.

Os dados coletados são fundamentais para subsidiar políticas públicas e nortear o planejamento de orçamento do governo. No setor privado, a pesquisa serve de referência para investimentos, porque fornece informações sobre o mercado consumidor, facilitando a localização do público-alvo. De acordo com o IBGE, a estimativa populacional de Ilhéus no ano de 2000 foi de 222.127 pessoas, no ano de 2010 – 184.236 pessoas, em 2018:164.844 pessoas e em 2021: 157.639 pessoas. Como mostram os números, nos últimos anos houve um decréscimo populacional considerável em Ilhéus.

O Presidente da Câmara de Vereadores, Jerbson Moraes (PSD), chamou atenção para a estimativa equivocada do número da população, já que nos últimos dez anos houve construção de diversos condomínios populares. “O IBGE precisa rever a forma de coletar os dados apenas de dez em dez anos, porque acredito que Ilhéus tenha quase 200 mil habitantes, mas recebe um investimento de uma cidade que tem 150 mil habitantes. Um grande prejuízo”, enfatiza o presidente.

Para o ex vice-prefeito do município, José Nazal, os números apresentados são irreais. “Eu aconselho aos vereadores que se juntem e solicitem ao Poder Executivo Municipal apoio total ao IBGE, para que o Instituto possa ter a condição de fazer um censo digno. Posso mostrar fotografias antigas da cidade e as atuais, a percepção da mancha urbana que cresceu é notória, não é possível que o número populacional diminuiu”, defende Nazal.

O vereador Gurita (PSD), autor do requerimento, propôs a formação de um grupo de trabalho, com a assessoria jurídica da Câmara Municipal de Ilhéus, convidando o José Nazal, para definir um caminho e buscar os direitos da cidade. “Não podemos continuar aceitando que Ilhéus perca recursos, receitas e corra o risco de perder mais duas vagas na Casa Legislativa, por conta de um recenseamento que não condiz com a realidade”, destacou o parlamentar.

Após a discussão, o Presidente deixou agendado para a próxima segunda-feira (29), no gabinete da Presidência, uma reunião dos vereadores que tiverem interesse no assunto, junto com o jurídico da Casa, para definir o que efetivamente podem contribuir.





web