_Com apoio do Sebrae, o festival foi um fortalecimento da comunidade e resgate cultural_

O primeiro Festival Gastronômico, cultural e artístico do Rio do Engenho, no município de Ilhéus, aconteceu no último domingo (21), com exposição de trabalhos de artesãos e artistas locais, apresentação musical do Grupo Afro Dilazenze, além de seis restaurantes pertencentes à localidade, marcando o distrito como uma nova rota turística na região sul da Bahia.

A ação foi uma correalização do Sebrae que, de acordo com a gerente regional, Claudiana Figueiredo é um fortalecimento da comunidade.

“O Festival do Rio do Engenho é mais que um evento. É um fortalecimento da comunidade com o objetivo de resgatar a rica cultura desse lugar e conversor em geração de trabalho e renda. A intenção é fortalecer a comunidade e fazer com que ela tenha o resgate a confiança em si, eleve sua autoestima e contribuição para o desenvolvimento turístico da cidade de Ilhéus, fazendo do Rio de Engenho um destino referência para a visitação da comunidade, dos turistas baianos e dos turistas nacionais e internacionais que aqui locais ”, pontuou.

O Sebrae atuou no projeto como agente de formação nas competências empreendedoras e, com o apoio de outros parceiros que cuidaram do resgate histórico, fizeram a formação de monitores e fortaleceram os pequenos negócios para a geração de trabalho público juntamente com a Prefeitura de Ilhéus, a Maranata, a Agência Oikos e o Instituto Bahia do Pontal (IBP-I), em parceria com a comunidade do Rio do Engenho.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, destacou a importância da parceria com o Sebrae no fortalecimento do Projeto. “É, sem dúvida, um importante marco para a nossa região e para o Estado e não poderia deixar de agradecer ao Sebrae por, junto conosco, viabilizar essa ação que irá crescer ainda mais e beneficiar toda a comunidade”, destacou.

Durante o festival, também foi inaugurado o Memorial do Rio do Engenho, que conta a história da população escravizada na região, com peças históricas. “O espaço ficará permanentemente aberto para visitação para que o turista possa conhecer essa história e se apaixonar pelas nas belezas naturais aqui do Rio do Engenho”, finalizou Claudiana.