A variante indiana do novo coronavírus, batizada de “delta” pela Organização Mundial da Saúde (OMS), é 40% mais contagiosa, segundo afirmou o ministro britânico da Saúde, Matt Hancock, neste domingo (6.jun).

A variante é a responsável pela maior parte das infecções no território britânico. Dados de um rastreamento epidemiológico, realizado pela agência governamental de Saúde Pública da Inglaterra (PHE, na sigla em inglês), apontam um aumento nas hospitalizações devido à nova variante.

No entanto, técnicos do Ministério da Saúde do Reino Unido dizem que as vacinas utilizadas no país protegem completamente contra a linhagem após a 2ª dose.

“É importante que as pessoas recebam ambas as doses da vacina contra a Covid-19, porque dados nos mostram que ela pode proteger efetivamente contra a variante delta”, disse Hancock.