A Prefeitura de Itabuna vai concluir, até o final do ano, as obras de construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 Horas) do bairro Novo São Caetano, com o apoio do Governo do Estado. O tema foi debatido em audiência no final da tarde de ontem, dia 22, pelo prefeito Augusto Castro ao ser recebido em audiência pelo secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, em Salvador.

Segundo o prefeito, os assuntos da audiência foram relativos exclusivamente às questões envolvendo a Saúde para a melhoria da qualidade da atenção primária e de soluções para a média e alta complexidade. Na oportunidade, a reabertura do Hospital São Lucas foi tratada, tendo o secretário informado que está cobrando respostas da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna ao projeto encaminhado para a assinatura do convênio.

O secretário Vilas-Boas liberou um arco cirúrgico, ultrassom digital e outros equipamentos para o hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, totalizando R$ 800 mil. “Há boa vontade da Secretaria de Saúde da Bahia para que equipemos a unidade”, comemorou o prefeito.

No tocante à UPA-24 Horas, cujas obras estão paralisadas desde 2015, ficou definido que a Prefeitura termina a obra e a Sesab assume a responsabilidade da aquisição de equipamentos para que passe a funcionar no atendimento das demandas da população. “Discutimos a importância dessa unidade para a urgência e emergência e ficamos satisfeitos com o atendimento do pleito”, disse Augusto.

Quanto ao Hospital Materno-infantil, o prefeito disse que sua construção continua sendo a prioridade para ser iniciada até o final do ano, como anunciado por ele, na cerimônia de celebração dos 100 dias da atual gestão, e confirmado pelo secretário Fábio Vilas-Boas.

Por fim, o prefeito Augusto Castro realçou a importância da participação na audiência do deputado federal Paulo Magalhães (PSD-BA), das secretárias municipais de Saúde, Lívia Mendes Aguiar, e da Promoção Social e Combate à Pobreza, Andrea Castro, e do presidente da Câmara Municipal, vereador Erasmo Ávila.