WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de ilheus



março 2021
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
videos


:: 10/mar/2021 . 16:33

Lula ocupa espaço vazio deixado por Bolsonaro no combate à Covid e força governo a reagir, avaliam aliados do presidente

O discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, focado em críticas a Jair Bolsonaro, com destaque ao combate ao coronavírus, foi uma estratégia do petista de ocupar o espaço vazio deixado pelo presidente da República e forçará o governo a reagir no enfrentamento da Covid-19. A avaliação é de aliados do próprio Bolsonaro, para quem o governo atual ganhou um adversário de peso daqui para frente.

“Lula foi estratégico, ocupou o espaço vazio deixado por Bolsonaro no combate à Covid num momento grave da pandemia, e forçará o governo a reagir”, disse um interlocutor frequente do presidente da República ao G1.

A mensagem do petista estava contida no ambiente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e na fala de Lula. Todos, inclusive o ex-presidente, usavam máscara. O cartaz ao fundo trazia os dizeres: “Vacina para todos e auxílio emergencial já”.

E, logo no início de seu discurso, o ex-presidente fez questão de destacar que tinha todos os motivos para ter mágoas, mas que não estava magoado. E justificou dizendo que a sua dor não é nada e é muito menor do que a dor das quase 270 mil famílias que perderam seus entes queridos para a Covid-19.

Outro aliado do presidente Jair Bolsonaro destacou que, agora, ele terá de tratar ainda melhor sua base de apoio no Congresso, porque Lula já mostrou disposição para conversar com todas as forças políticas e com o empresariado. “O preço dos aliados vai ficar mais caro”, afirmou esse aliado ao blog.

Dentro do Palácio do Planalto, auxiliares do presidente Bolsonaro já vinham tentando convencê-lo a mudar de postura em relação ao combate ao coronavírus.

Agora, porém, avaliam, se Bolsonaro mudar, será visto como um recuo por causa do discurso do ex-presidente Lula. Por outro lado, o governo precisa conter o avanço da Covid e terá de usar todas as medidas possíveis para acelerar a vacinação, acrescenta um interlocutor de Bolsonaro.

Por Valdo Cruz do GloboNews











rl consultoria




web