Uma semana depois da suspensão das sessões presenciais no plenário Gilberto Fialho, em função do registro de altos índices de internações e de novos casos da Covid-19 e a necessidade de protocolo complementar de prevenção e combate à pandemia, a Câmara Municipal de Ilhéus reinicia nesta terça-feira (02) – e por tempo indeterminado – as sessões do legislativo, de forma remota.

As sessões retornarão pela plataforma Zoom, a partir das 16 horas, e serão transmitidas para o público, no formato Full HD, pelas redes sociais da Câmara. Hoje (01) à tarde, foram feitos os últimos ajustes com uma reunião-teste que contou com a participação de diversos vereadores. O presidente Jerbson Moraes (PSD), comandará as sessões do seu gabinete, no Palácio Teodolino Ferreira, com os demais vereadores em pontos distintos da cidade ou em suas bases eleitorais.

“Diversos profissionais estão se adequando à esta nova realidade. A gente não vai ficar de fora, vai se adaptar a este novo momento e vamos trabalhar”, disse Jerbson aos demais vereadores. “É nosso papel dar exemplo. E isso é significativo, por que somos pessoas públicas que precisamos nos esforçar e sermos exemplo para outros órgãos públicos que resistem a fazer isso”, completou o presidente da Câmara.

*Casos de Covid-19*

Desde o início do ano, diversos servidores do Poder Legislativo e vereadores testaram positivo para a Covid-19. Dois parlamentares ainda se recuperam da doença, dentre eles, o vice-presidente Fabrício Nascimento que, hoje, foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital São José, por medidas de precaução.

Amanhã (terça), logo na abertura dos trabalhos, os vereadores votarão uma Resolução que transforma a sessão ordinária presencial em remota, garantindo a legalidade das próximas sessões. A medida vale para atividades ordinárias, extraordinárias e solenes, além de Audiências Públicas e reuniões das Comissões Permanentes da Casa, que estão em plena atividade.

*Sessão Especial*

Já na quarta (03), uma Sessão Especial debaterá a formulação de políticas públicas de cuidado e proteção dos animais, também à partir das 16 horas. A iniciativa é do vereador Gurita (PSD). Na justificativa apresentada, o vereador destaca que, todos os dias, é vista nas ruas, uma grande quantidade de cães e gatos, muitos portando doenças de pele, fungos, enorme quantidade de carrapatos, desnutridos e apresentando sinais de violência.

“Muitos destes animais são vítimas da falta de planejamento humano que, após qualquer ação que o animal tenha e que traga prejuízo ao dono, ele simplesmente abandona o animal acreditando que eles conseguem comida facilmente e irão garantir a sobrevivência”, afirma o vereador, lembrando que, hoje, o abandono animal é crime, mas que ainda falta uma efetiva fiscalização dos órgãos competentes para controlar a situação.

Nas sessões especiais e audiências públicas previstas para acontecer neste período, para além dos vereadores, os convidados também terão acesso à plataforma Zoom e a sessão vai ser transmitida, ao vivo, pelas redes sociais, e exibida pela TV Câmara, projeto coordenado pela Assessoria de Imprensa do Legislativo.