WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de ilheus



fevereiro 2021
D S T Q Q S S
« jan    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  
videos


:: 5/fev/2021 . 20:41

Ilhéus: Prefeitura reordena barracas na Praia do Cristo; medida visa conter disseminação da Covid-19

Iniciada há uma semana, a operação integrada entre a Prefeitura de Ilhéus e a Polícia Militar (PM-BA) visa reordenar as barracas instaladas na Praia do Cristo devido aglomerações constantes no local e para conter o avanço do novo coronavírus (Covid-19) na cidade. A Administração Municipal informa que a nova organização está em fase de teste e estabeleceu prazo de quatro finais de semana seguidos para a readequação, contados a partir do dia 31 de janeiro. As barracas só poderão permanecer no local se cumprirem as normas estabelecidas.

“A gente realiza essa ação importante de adaptação e manutenção das barracas na Praia do Cristo, a fim de diminuir os transtornos e para que os comerciantes vendam os seus produtos. Não medimos esforços para promover melhorias, mas é importante que todos cumpram as determinações exigidas pelos órgãos competentes”, explicou Mozart Aragão, secretário de Meio Ambiente e Urbanismo.

Realizado pelo setor de Fiscalização de Postura, Vigilância Sanitária, pela Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade (Sutram) e Guarda Civil Municipal (GCM), com apoio da PM, o trabalho é a forma legal encontrada pela Prefeitura para manter a atividade na localidade. Apenas 15 barracas estão autorizadas a funcionar aos sábados, domingos e feriados, com padronização e cinco mesas cada. Todos os protocolos de segurança sanitária contra a Covid-19 devem ser estritamente seguidos, com uso de máscara de proteção, álcool em gel e distanciamento entre as mesas. 

O Município também realiza a fiscalização na área para evitar a utilização do estacionamento próximo à praia e o uso de paredões de som, visto que estimulam aglomerações de pessoas. Quem desobedecer as regras estará sujeito ao pagamento de multa e apreensão do veículo.

Hemoba convida baianos para doarem sangue antes de serem vacinados

Com a abertura do plano de nacional de imunização contra a Covid-19, a Hemoba convida os baianos para doarem sangue antes de serem vacinados, em função do impedimento temporário para doação após o recebimento da vacina. Por determinação do Ministério da Saúde, o voluntário deve ficar de 48 horas a sete dias sem doar, dependendo do tipo da vacina tomada.

De acordo com a nota técnica, publicada nesta quarta-feira (3), pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), a inaptidão temporária para doação de sangue deve ser aplicada por 48 horas após cada dose da vacina baseada em vírus inativado, como a da fabricante Sinovac/Butantan e Covaxin/Bharat Biotech, e sete dias após cada dose das demais fabricantes que utilizam vetores virais, RNA mensageiro (mRNA) ou DNA, como as da Astrazeneca/Oxford, produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a e Sputnik V, produzida na Rússia.

Segundo o diretor da Hemoba Fernando Araújo, o período de inaptidão garante a segurança de possíveis efeitos colaterais nos receptores da transfusão sanguínea. “Recomendamos que os voluntários que desejam se candidatar à doação de sangue tenham atenção aos períodos, que compareçam às unidades da Hemoba portando o cartão de vacinação ou que realizem a doação antes de receber a vacina. Garantir a saúde de todos, é conseguir assistir também quem precisa de sangue nesse momento”, diz.

Sobre a doação

Para doar sangue, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, sem sintomas virais, pesar mais de 50 quilos, estar bem alimentado e ter entre 16 e 69 anos incompletos. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de um responsável legal, e apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional.

Cuidados pós-vacinação

Mesmo após a vacinação, a recomendação é de que as pessoas sigam usando máscara, respeitando o distanciamento social e usando álcool na prevenção à Covid-19. Um dos motivos é o fato das vacinas não evitarem a contaminação e transmissão do vírus, mas protegerem o organismo infectado pela doença para que ele possa reagir e dificultar o agravamento pela doença.

Ilhéus: Rotary Jorge Amado lançou projeto Banco de Cadeira de Rodas

Aconteceu na noite desta quinta-feira (04) o lançamento do projeto “Banco de Cadeira de Rodas” pelo Rotary Club Jorge Amado, no Salão do Ilhéus Hotel. A implantação do projeto na cidade visa apoiar pessoas com deficiências físicas e que não têm acesso e nem condições de adquirir o equipamento.

De acordo com o presidente do Club, Thadeu Gonçalves, “iniciamos o banco de cadeiras de rodas com 12 equipamentos adquiridos pelo Rotary Jorge Amado e pela Human Network do Brasil, instituição parceira, para destinarmos, a título de comodato, à pessoas carentes, que não têm condições de realizar a compra”. Gonçalves informa que o club já conta com 52 inscritos pra receber as cadeiras, mas as quantidades de equipamentos disponíveis, ainda não são suficientes. Por isso a ajuda da sociedade, é importante.

“Temos uma conta específica para as arrecadações e conversão dos recursos em cadeiras de rodas, no banco Bradesco Agência 3519 Conta corrente 0030601-0. Quem quiser e puder, seja pessoa física ou jurídica, pode contribuir. Está aí uma ótima chance de Ilhéus mostrar que pode ajudar quem precisa de apoio nos seus direitos mais básicos”, completou o presidente Thadeu Gonçalves.

Para mais informações, basta entrar em contato com o Rotary Jorge Amado pelo Whats App (73) 99983-6000.











rl consultoria




web