WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

pm ilheus



setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
videos


:: 10/set/2020 . 17:21

Almadina: Convenção partidária do PODEMOS, PL e PROS, acontece neste domingo (13)

Neste domingo, 13 de setembro, a partir das 9h da manhã, acontecerá a Convenção Partidária Municipal dos partidos PODEMOS, PL e PROS em Almadina.
O pré-candidato a prefeito Milton Cerqueira e seu pré-candidato a vice-prefeito Marciel Pinheiro, irão oficializar as suas candidaturas e a dos seus pré-candidatos a vereadores e vereadoras do município.
O evento será transmitido ao vivo pela Rede Portal através do seu canal no Youtube.

Espetáculo de 730 anos da Universidade de Coimbra terá transmissão ao vivo por streaming

Vice-Reitor da Universidade de Coimbra

Mais antiga universidade de língua portuguesa e também uma das mais antigas do mundo, a tradicional Universidade de Coimbra celebra seus 730 anos neste domingo, dia 13, a partir das 19 horas (15 horas no Brasil), com um espetáculo que terá 73 harpistas portugueses e estrangeiros (36 presentes fisicamente e 37 atuando de forma remota, a partir de vários cantos do mundo), cada um representando uma década da instituição. O espetáculo “730 Anos da UC: 73 harpas no Mondego”, com direção artística e musical de Nuno Feist, vai acontecer no Pátio das Escolas e será transmitido ao vivo por streaming  https://uc.pt/emdireto

O concerto, adaptado de uma ideia original do produtor cultural baiano Christiano Bomfim e produzido pela Universidade de Coimbra, vai contar também com a participação da Orquestra da Tuna Acadêmica da UC (um dos mais antigos grupos da Academia), dos guitarristas Bruno Chaveiro (guitarra portuguesa) e Paulo Soares (guitarra de Coimbra) e dos cantores Marta Alves, Valter Mira e Yola Dinis. A apresentação do espetáculo – que integra o programa das comemorações dos 730 anos da Universidade de Coimbra – vai estar a cargo de Júlio Isidro.

“Trata-se de um espetáculo altamente simbólico, aberto à cidade, ao país e ao mundo, que convoca o diálogo “ousado” entre patrimónios materiais e imateriais (o espaço nobre do concerto, o Fado e a Língua Portuguesa), através de uma dinâmica que entrelaça a revisitação da história da Instituição e a cultura, permeada pela sensibilidade de artistas que com a UC se relacionaram, de D. Dinis, Camões e Nemésio, a Torga, Alegre e José Afonso. Sendo o ponto alto das comemorações dos 730 anos, o espetáculo marca ainda a rentrée cultural da instituição e a capacidade para adaptar-se a um contexto epocal particularmente complexo”, comenta o Vice-Reitor para a Cultura e Ciência Aberta, Delfim Leão.

“Foi um grande desafio construir um espetáculo desta dimensão, capaz de permitir, em cerca de hora e meia, uma viagem pela história da Universidade de Coimbra, da música e da poesia portuguesa. Estou seguro de que será uma noite memorável, que vai ficar na história da Universidade de Coimbra”, declara o maestro Nuno Feist.

Os bilhetes para o evento “730 Anos da UC: 73 harpas no Mondego” – com o preço único de 7,30 euros – vão estar à venda a partir de amanhã (terça-feira, 1 de setembro), na Loja da UC (situada no Colégio de Jesus).

O espetáculo – que será realizado no cumprimento das regras de distanciamento social, uso de máscara e demais medidas de prevenção  e contenção dos riscos de propagação da Covid-19 – conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República e com o incentivo do Santander Universidades e tem como parceiros institucionais a Câmara Municipal de Coimbra, o Turismo Centro de Portugal, a Direção Regional de Cultural do Centro, o Instituto Confúcio da Universidade de Coimbra, a Associação Portuguesa de Harpa, a Associação RUAS – Recriar Universidade, Alta e Sofia e a Associação Glissando

Covid-19: Rui Costa assina protocolo para testagem de vacina russa Sputinik V

Nesta quarta-feira (9), durante a entrega de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) no bairro de Pirajá, em Salvador, o governador Rui Costa anunciou que foi assinado, na noite da última terça-feira (8), um protocolo de confidencialidade para que a Bahia possa participar da testagem da vacina produzida pela Rússia contra a Covid-19. A previsão é de que o estado receba 500 doses de vacina tão logo as etapas burocráticas sejam cumpridas.
“Assinamos um protocolo mais formal e com garantias para ambas as partes e que foi enviado para a Embaixada da Rússia. A nossa expectativa é de que em breve possamos receber as 500 doses da vacina. Serão 250 doses da vacina e mais 250 de placebos. Iremos aplicar essas 500 doses para participar dessa linha de pesquisa da vacina russa. Além disso, continuamos buscando parcerias com outras linhas de pesquisa e acho que os estados devem apoiar essas pesquisas. Acredito inclusive que o Governo Federal deveria estar sendo mais incisivo nessa busca por parcerias e sem nenhum preconceito ideológico ou dogmático com nenhuma nação do mundo”, ponderou Rui.
Segundo o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, as negociações estão avançadas. “Já havíamos assinado o memorando de entendimento para testagem da vacina russa Sputinik V. Agora concluímos o acordo de confidencialidade, que é um documento no qual a gente se compromete a receber informações sigilosas, tratar de forma interna e confidencial e, a partir dos resultados obtidos, iremos decidir pela continuidade ou não da parceria. Após o cumprimento dos ritos necessários e liberação dos órgãos reguladores, acreditamos que em pouco mais de 30 dias poderemos iniciar esse estudo da vacina russa na Bahia”, explicou.
Ainda de acordo com o secretário, o memorando de entendimento assinado prevê que, caso os resultados sejam positivos e a parceria efetivada, o estado da Bahia será o responsável pela comercialização da vacina no Brasil, o que deve ocorrer por meio da Bahiafarma.










rl consultoria




web