WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

pm ilheus



setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
videos


:: set/2020

Política ilheense: Conheça o candidato a vereador Fabrício Chimarrão (Podemos)

Crédito: nota do candidato

A zona sul de Ilheus vem apresentando diversas novas lideranças e entre elas está o Bacharel em Direito, Formando em economia, especialista em logística, músico, empresário, ativista social Fabrício Chimarrão.

Nascido e criado no bairro do Pontal, casado com Carina Oliveira, pai de Luca e Maria, filho do Dr.Graccho Maia e da professora Coló e neto de duas ilustres figuras do bairro, o Senhor David Maia e dona Allyete Maia, CHIMARRÃO, como é conhecido por todos, sempre está presente nos acontecimentos e demandas que envolvam a comunidade Pontalense.

Atento e preocupado com as necessidades da população da zona sul, em especial, sempre se mostrou solícito e prestativo para solucionar quaisquer pendências sejam elas em qualquer área.

Figuras como do Fabrício Chimarrão mostram, e nos dá esperança de que pessoas de bem tem que apresentar seus nomes cada vez mais para termos representantes que saem do seio do povo, e que honre o nome da sua família e da sua comunidade.

Ilhéus: Mário Alexandre garante mais avanços para a saúde em parceria com o Estado

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, garantiu mais investimentos para a ampliação do atendimento na rede municipal, durante reunião realizada com o secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boa, nesta quarta-feira (30), em Salvador. Entre os avanços garantidos através da parceria institucional com o governo estadual, estão a construção de mais uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas na Avenida Esperança, de novas unidades de atenção básica, aquisição de mais ambulâncias, além da implantação da maternidade infantil com UTI neonatal.

“Ninguém nunca viu isso em Ilhéus”, enfatiza Mário Alexandre, referindo-se ao volume inédito de obras, programas e ações que transformaram a realidade na saúde municipal, colocando o município como uma referência hoje em atendimento de atenção básica, média e alta complexidade. “Avanços que só foram possíveis graças à credibilidade da nossa gestão junto ao Governo do Estado e prioridade com que foram tratadas as demandas da população”, completou o prefeito.

Nos últimos quatro anos, os ilheenses foram contemplados com 13 Postos de Saúde reformados com recursos próprios, seis novas unidades construídas em parceria com o Governo Estadual, a reestruturação do SAMU, ampliação da cobertura da atenção básica de 8% para 56%, entre outros importantes avanços. Atualmente, Ilhéus é modelo no trabalho de enfrentamento do coronavírus.

Eleições 2020: Marão é o candidato do governador Rui Costa e do deputado Rosemberg Pinto

Marão é o candidato do governador Rui Costa e do deputado Rosemberg Pinto

“Marão, candidato a prefeito de Ilhéus, conta com o apoio do governador Rui Costa e do deputado Rosemberg Pinto”, afirmou o ex-prefeiturável pelo PT local, Newton Cruz, na terça-feira (29).

De acordo com o empresário, a decisão de apoiar o candidato Marão foi tomada em comum acordo e seguindo a orientação do governador.

Em sua declaração, Newton Cruz ressaltou os investimentos realizados em Ilhéus por meio da parceria entre Marão e Rui Costa, com obras estruturantes, entre elas o complexo Intermodal do Porto Sul, conquista do governador Rui Costa, a nova ponte e a duplicação da BA-001.

Para o petista ilheense, importantes investimentos já garantidos pelo governador – como o novo hospital materno infantil de média e alta complexidade com UTI’s neonatal e pediátrica, uma nova Unidade de Pronto Atendimento no bairro Esperança e uma Unidade Básica de Saúde ao lado do Hospital Regional Costa do Cacau – demonstram o bom diálogo entre Marão e Rui Costa.

“Nilton Cruz e seu grupo em Ilhéus apoiam a chapa vitoriosa de Marão e Bebeto Galvão”, enfatiza o empresário.

Política ilheense: Eleições municipais 2020; por Prof. Emenson Silva

Prof. Emenson Silva: Eleições 2020 em Ilhéus .

 

Muitas situações pairam sobre o cenário político nas eleições municipais em 2020. E o coronavírus foi o grande causador na mudança abrupta acerca do conceito e da forma de pensar e fazer política.
A COVID 19 mudou agendas, rotas, projetos pois devido a pandemia os candidatos evitarão aglomerações de pessoas, além de obrigá-los, a usar novas ferramentas para chegar ao eleitor. Em Ilhéus, oito candidatos estão na corrida ao palácio a saber: Marão ( PSD), Cacá (PP), Valderico (DEM), Cosme (PDT), Bernadete (PSOL), Reinaldo ( PTB), Roberto (SOLIDARIEDADE).

Desses candidatos acima, três despontam na opinião popular. O Prefeito Marão ( PSD), que busca a reeleição , que inegavelmente desenvolveu a infraestrutura da cidade, transformando Ilhéus, em um grande canteiro de obras nunca visto antes em parceria com o Governo Estadual, é obra para todo lado, lembrando que algumas delas antes era um sonho , hoje realidade como ponte Ilhéus / Pontal, Projeto Orla Sul e tanto outros, de fato, Marão se apresenta como a melhor opção . Cacá Colchões (PP), busca o retorno ao Poder, uma vez que já foi vice-prefeito e hoje representante do alcaide político da região Jabes Ribeiro (ex prefeito),este possui um grupo político consolidado, que estão na sede da busca do poder e acredito que este, polarize novamente com o prefeito Marão, devido a estrutura do grupo e a forma que fazem política há décadas na cidade, posso está equivocado, uma vez que é uma mera e singela análise. Do outro lado da ponta, temos o candidato Valderico (DEM), jovem da elite Ilheense, busca um caminho para se firmar no jogo político, mas ainda conta com a inexperiência política e tem a autossuficiência como sua grande marca, assim terá dificuldades para a consolidação de um grupo político coeso.

Diante de toda essa análise, posso considerar que, nas eleições municipais 2020, a participação ativa da população será de suma importância, esperamos que o eleitor tenha consciência de que quando ele vai escolher alguém , vai ser o líder que vai governar sua cidade por mais quatro anos. Então, é importante escolher um candidato que goste antes de tudo de gente e que respeite as regras do jogo. O eleitor terá papel importante em todos os processos desta eleição.

Assim, tenho a ousadia de perguntar , Ilhéus , entrou em caos político e administrativo nesses últimos anos? Houveram greves ? Houveram manifestações populares que paralisaram a máquina pública ? Houve cassação de prefeito? . Por outro lado, devemos responder de acordo com nossa consciência cidadã , houve melhora na infraestrutura da cidade? Houve reajuste salarial?Em meio a pandemia contratados tiveram seus contratos cessados ou acordados? Não constituiremos uma sociedade melhor sem analisarmos o seu passado, é preciso conhecer a história para entendermos o nosso tempo e seus respectivos atores.

Assim, é preciso buscar o caminho do progresso sempre e não do caos, temos candidatos experientes , mas também temos inexperientes ou novatos e estes por sua vez, acabam criando dificuldades para si mesmo.Jovens ou neófitos da política local que estão presos as velhas práticas que não conseguem fugir do discurso tradicional e impor um tom realmente novo, muitos que querem mudar a política , não passam de meras narrativas, “falam mais dos mesmos”.

Ilhéus: Prefeitura autoriza música ao vivo em bares e restaurantes

_Práticas de esportes coletivos por idosos e crianças em ambientes externos também estão permitidos.

Está em vigor um novo decreto publicado no Diário Oficial do Município de Ilhéus na noite desta segunda-feira (28), que autoriza música ao vivo em bares e restaurantes da cidade, conforme o respeito às regras sanitárias e de distanciamento social recomendadas pela Organização Mundial da Saúde, Secretaria de Saúde e à algumas medidas específicas. O novo decreto também liberou a prática de esportes coletivos para idosos e crianças em ambientes externos e academia.

Bares e restaurantes interessados em oferecer atividade musical ao vivo para seus clientes, devem solicitar com uma antecedência de 5 dias ao exercício musical, junto à Secretaria de Meio Ambiente, autorização para a utilização do som com assinatura do termo de compromisso e responsabilidade.

Todos os músicos devem manter um distanciamento mínimo de 1,5 m, fazer o uso obrigatório da máscara de proteção, exceto para o(a) cantor(a) e músicos que usam instrumentos de sopro. Também devem ser garantidas a higienização e desinfecção dos instrumentos e superfícies do palco ou local onde os músicos forem se apresentar; a disponibilização de álcool em gel para os músicos; distanciamento mínimo de 3 m entre o local de apresentação e as mesas dos consumidores; e instalar e manter barreira física (fita, faixa ou similar) na frente do local da apresentação.

Estão proibidos o contato físico entre músicos e consumidores, o uso de espaço para dança e aglomeração de pessoas e atividades musicais em espaços fechados sem ventilação natural.

Em caso de descumprimento, o estabelecimento pode ser multado no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais).

Governo do Estado investe mais de R$ 200 milhões na construção e restauração de pontes na Bahia

Para melhorar o transporte de pessoas e mercadorias, e encurtar distâncias entre municípios e regiões, o Governo do Estado tem investido em obras estruturantes como a construção e recuperação de pontes. Em 2020, o Governo da Bahia já construiu ou recuperou sete pontes, incluindo a Ilhéus-Pontal e a sobre o Rio Buranhém, que liga Guarantinga a Santo Antônio do Jacinto, em Minas Gerais, e está fazendo obras em mais cinco equipamentos no estado.

“Além de contribuir no desenvolvimento econômico do estado, a construção e a restauração de pontes também torna o deslocamento mais fácil para o acesso ao trabalho, a educação, a saúde e a alimentação. É um investimento muito importante, ainda mais durante este período de pandemia, pois a continuidade das obras além de melhorar a logística para o escoamento da produção de alimentos e insumos hospitalares e também é uma forma de colaborar para o desenvolvimento social e econômico do estado”, ressalta Marcus Cavalcanti, secretário de Infraestrutura da Bahia.

Em 2020 foram entregues as pontes sobre o Rio Buranhém, que liga Guaratinga a Santo Antônio do Jacinto, em Minas Gerais; sobre o Rio Japara Grande, entre Prado e o distrito de Cumuruxatiba; sobre o Rio Sauipe, no Litoral Norte Baiano; sobre o Rio Baetantã, no distrito de São Roque do Paraguaçu, sobre o Rio Angelim, em Potiraguá, sobre o Rio Juerana, que fica na rodovia entre Itanagra e Linha Verde; e a lhéus-Pontal. Somadas, as obras contam com mais R$ 160 milhões em investimentos.

No dia 18 de setembro, dia em que alcançou a marca de 600 viagens ao interior, o governador Rui Costa vistoriou as obras da nova ponte sobre o Rio São Francisco, na cidade de Barra. Batizado de Ponte do Feijão, o novo equipamento fará a ligação com a cidade de Xique-Xique e tem um investimento de R$ 133 milhões. Prevista para ser finalizada no segundo semestre de 2021, a ponte oferece mais segurança, conforto e rapidez na travessia entre as duas cidades além de ser uma importante ligação da região oeste baiana com o restante do estado, contribuindo para o desenvolvimento do agronegócio, do turismo e do setor de geração de energia eólica na região.

Mais pontes

A construção da Ponte sobre o Rio Grande, entre Palmeiras e Caeté-Açu, foi concluída neste mês de setembro. O novo equipamento possui 40 metros de comprimento. O investimento na obra foi de aproximadamente R$ 1 milhão.

A recuperação da Ponte sobre o Rio Itapicuru, que liga Olindina e Itapicuru, está em andamento e com 75% de execução. A obra em 156 metros de extensão do equipamento está prevista para ser concluída em novembro. O investimento na restauração da ponte é de R$ 1,6 milhão.

A ponte sobre o Rio Verde está sendo construída na BA-678, em Mascote. O equipamento está com 30% das obras concluídas e está prevista para ser concluída em fevereiro de 2021. O novo equipamento terá 45,7 metros de comprimento. O investimento para a implantação da ponte é de aproximadamente R$ 2,4 milhões.

A restauração de 43,2 metros da ponte do Cavaco e 33,4 metros da ponte do Itachama estão em andamento na BA-026, entre Amargosa e Brejões. Ambas as obras se encontram com 30% de execução e previstas para serem concluídas no mês de dezembro deste ano. O investimento total dos serviços é de R$ 1,2 milhão.

Estado prorroga até 12 de outubro decreto que proíbe aulas e eventos na Bahia

O decreto estadual nº 19.586, que venceria neste domingo (27) determinando a proibição das aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada e eventos com mais de 100 pessoas, ficará em vigor até o dia 12 de outubro.
A prorrogação será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (26). O decreto proíbe as atividades que envolvem aglomeração de pessoas, como shows, feiras, apresentações circenses, eventos científicos, passeatas, bem como abertura e funcionamento de zoológicos, museus, teatros, dentre outros.
Transporte intermunicipal
Conforme anunciado pelo governador Rui Costa, no início da tarde desta sexta-feira (25), o transporte coletivo intermunicipal será autorizado em 114 cidades do sul, extremo sul e parte do sudoeste Bahia, a partir de segunda-feira (28). Com a decisão, que também será publicada na edição deste sábado do Diário Oficial, todos os 417 municípios baianos poderão reabrir os terminais rodoviários.

Ilhéus: Em vídeo, prefeito diz buscar soluções definitivas em relação ao avanço do mar na zona norte

O avanço da maré na zona norte de Ilhéus, é um problema antigo, e que está atingindo de forma mais contundente na região do São Miguel e São Domingos, paleativamente, à Prefeitura de Ilhéus tem realizado a contenção do avanço da maré com pedras, mas já estão buscando soluções definitivas, resgatando um projeto antigo para que os moradores possam viver em paz, sem o medo do avanço da maré.

Através de um vídeo, o Prefeito Mario Alexandre diz estar dialogando com os governos Estaduais e Federais sobre um projeto definitivo para solucionar o problema.

 

Covid-19: Bolsonaro libera R$ 2,5 bi para aderir ao consórcio de vacinas da OMS

credito: CNN

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) assinou duas medidas provisórias que colocam o Brasil como parte da Covax, aliança global da Organização Mundial da Saúde (OMS) para vacinas contra a Covid-19, com a liberação de R$ 2,5 bilhões.

As medidas provisórias foram publicadas em edição extra do Diário Oficial da União nesta quinta-feira (24).

A primeira MP é, segundo a Secretaria-Geral da Presidência, “a adesão ao Instrumento de Acesso Global de Vacinas Covid-19 (Covax Facility)”.

O texto da medida provisória está um passo atrás, autorizando a adesão. A MP 1003/2020 estabelece que o Brasil não será obrigado a comprar alguma vacina que seja aprovada e que, caso queira, poderá fazer isso sem a necessidade de licitação.

Apesar da dispensa da licitação, a medida coloca que seguirá sendo necessário um processo administrativo com justificativa para a escolha de compra e o preço pago e as condições sanitárias da vacina escolhida.

A outra MP, a 1004/2020, prevê a liberação de R$ 2,5 bilhões para que o Brasil possa integrar a Covax. Como parte da aliança, o país terá acesso às vacinas aprovadas nas nações que fazem parte dessa iniciativa.

O comunicado do governo diz que a participação na Covax permitirá que o país possa comprar vacinas para imunizar 10% da população até o final de 2021, “o que permite atender populações consideradas prioritárias”.

“A adesão permitirá o acesso ao portfólio de nove vacinas em desenvolvimento, além de outras em análise. Com a diversificação de possíveis fornecedores, aumentam as chances de acesso da população brasileira à vacina no menor tempo possível”, diz a nota divulgada.

Antes da decisão anunciada hoje, o Brasil enviou três pedidos para que tivesse mais tempo para avaliar se deveria ou não entrar para a Covax. Havia a expectativa de que o valor a ser liberado fosse o dobro anunciado hoje, na faixa dos R$ 5 bilhões.

Turismo: Salvador ganha voos inéditos de Goiânia e Ribeirão Preto

Goiânia e Ribeirão Preto são os mais novos destinos com ligação direta para o Salvador Bahia Airport.  O primeiro pouso vindo dessa cidade do interior paulista acontece na próxima sexta-feira (25), às 21h40, operado pela VoePass, com retorno às 6h do domingo. No mês de novembro o voo entre Salvador e Goiânia começa a ser operado de maneira regular pela Gol Linhas Aéreas. A viagem acontecerá quatro vezes por semana.

O próximo bimestre ainda reserva outras novidades, pois as três maiores companhias aéreas vão reforçar suas frotas para os 19 destinos que já têm ligação direta com Salvador. A partir do dia 5 de outubro, a Azul retomará a rota entre Salvador e Vitória da Conquista, voando seis vezes por semana entre as duas cidades. A aeronave pousa na capital às 14h35 e decola rumo a Conquista às 16h45. Já a Latam vai adicionar na sua malha um quarto voo diário entre o Salvador Bahia Airport e o Aeroporto de Guarulhos.

“Estamos recompondo nossa malha aérea gradativamente, passado o momento crítico da pandemia, e a expectativa é que tenhamos uma boa oferta de voos para os turistas que nos visitam já nos próximos meses e, principalmente, durante o verão”, afirma o secretário do Turismo do Estado da Bahia, Fausto Franco.

Frequência ampliada  

Também no mês de outubro, todos os voos regionais da Gol (operados em parceria com a VoePass) terão a frequência semanal ampliada. As viagens para Maceió, Aracaju, Ilhéus, Vitória da Conquista e Porto Seguro serão diárias. As partidas para Barreiras, Petrolina, Natal e João Pessoa ganharão uma frequência adicional e passarão a acontecer quatro vezes na semana. Em novembro, o voo para Maceió será operado diretamente pela Gol, com um Boeing-737, todas com capacidade superior a 100 assentos.

No próximo mês voos para outros destinos brasileiros também serão diários. Todos os dias os passageiros encontrarão opções de viagem pela Gol para as cidades de Recife, Vitória, Belo Horizonte, Fortaleza, Campinas e para o Rio de Janeiro (aeroportos de Santos Dumont e Galeão). Quem precisar viajar para a cidade de São Paulo, poderá escolher entre três voos diários para o Aeroporto de Congonhas.

“O aumento de voos diretos para Salvador revela a solidez da demanda gerada a partir do nosso aeroporto. A capital baiana se configura como ponto de conexão entre o Nordeste e outras regiões do país, favorecendo a chegada de turistas e facilitando a geração de negócios com outras cidades do Brasil”, pontua Marc Gordien, diretor comercial do Salvador Bahia Airport.










rl consultoria




web