Os cidadãos que tiveram o título de eleitor cancelado, não fizeram o cadastramento biométrico, transferência, tirar primeira e segunda via, têm até o dia 6 de maio para regularizar a situação.

Após o prazo, quem não estiver em dia com o documento, não poderá votar nas eleições municipais de outubro, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país.

Para regularizar o título, o cidadão deve comparecer ao SAC de Ilhéus,  situada na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro, ou no cartório eleitoral na avenida esperança, munido do RG e comprovante de residência no nome do titular ou dos pais ( xerox e original).

Será cobrada uma multa de R$ 3,51 por turno para o eleitor que deixou de comparecer.

Além de ficar impedido de votar, o cidadão que teve o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.