WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de ilheus



setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago   out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  
videos


:: 10/set/2019 . 21:52

Ilhéus: Foto de cachorro sendo ‘velado’ em caixão viraliza

Por: Correio

A imagem de um cachorro sendo velado dentro de um caixão em Ilhéus, no sul da Bahia, viralizou depois de ser postada em uma página de humor e fatos inusitados no Facebook. O animal aparece enrolado em um lençol e com flores espalhadas ao redor em um caixão adequado ao seu tamanho, com pessoas ao redor.

O caixão, feito especialmente para o animal de estimação, foi vendido pelo Serviço de Assistência Familiar (SAF), no bairro Conquista, e o fato aconteceu no último sábado (7).

Diante da repercussão da imagem, o SAF divulgou nota para dizer que não faz velório ou sepultamento dos cachorros, “apenas comercializa a urna (caixão) para animais de estimação”. Cabe à família cuidar das demais etapas (leia nota abaixo).

https://m.facebook.com/Serumaninhomilgrau2/photos/a.668311640201025/948859655479554/?type=3

Não há detalhes sobre como o cachorro morreu e nem como a família procedeu para o enterro do animal. Na página “Serumaninho Mil Grau”, são centenas de compartilhamentos da postagem, que tem apenas a foto e uma legenda informando que o velório foi em Ilhéus.

A ação dividiu opiniões. Um internauta afirmou que se tratava de “respeito e demonstração do amor que o dono tinha pelo animal”. Outra discordou. “Com todo respeito, eu amo cachorro. Mas o povo tá tendo mais respeito pelos animal do que pelas crianças”. Mas a maioria foi favorável ao velório. “Os animais merecem respeito e dignidade porque são criaturas de Deus”, escreveu um rapaz. “Todos merecem um velório digno”, acrescentou outro internauta.

Nota do SAF:

Nos últimos dias viralizaram algumas imagens nas redes sociais de um possível velório de um cachorro em nossa unidade. Diante disso, informamos que o SAF apenas comercializa a urna (caixão) para animais de estimação. NÃO realizamos velórios, processos de conservação ou sepultamento destes. Estes processos descritos são de responsabilidade da família.

Nossos espaços obedecem a todas as regras sanitárias e são utilizados APENAS para velórios de humanos. O respeito ao cliente será sempre nosso principal valor.

Najila é indiciada por extorsão, fraude processual e denúncia caluniosa

 

A Polícia Civil de São Paulo indiciou a modelo baiana Najila Trindade Mendes de Souza por fraude processual, denúncia caluniosa e extorsão após a acusação contra o jogador Neymar de estupro, durante um encontro em Paris no dia 15 de maio. Estivens Alves, O ex-marido de Najila, também foi denunciado por fraude processual e divulgação de conteúdo erótico.

Segundo o portal G1, o indiciamento vem após a conclusão de dois inquéritos que tramitavam pelo 11º DP (Santo Amaro) envolvendo o atacante do PSG e da Seleção Brasileira. As peças são desdobramentos do caso investigado e encerrado junto à 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, sob a presidência de Juliana Lopes Bussacos.

“Com base no conjunto probatório reunido durante as investigações, a delegada decidiu pelo indiciamento de N. e Estivens Alves seu ex-companheiro, pelo crime de fraude processual (art. 347, parágrafo único, CP). Decidiu, ainda, por indiciar Alves pelo artigo 218-C, por divulgar material com conteúdo erótico de N. para um repórter, em troca de publicações suas na internet. Após o esclarecimento da materialidade delitiva, procedida à realização das respectivas perícias e oitivas, a autoridade também decidiu pelo indiciamento de N. nos crimes de denunciação caluniosa e extorsão”, diz a nota da Secretaria de Segurança Pública.

Os inquéritos seguem sob segredo de Justiça e foram encaminhados ao Tribunal de Justiça para apreciação dos representantes do Ministério Público e do Poder Judiciário. As informações são do G1.

Atenção: Ministério da Saúde divulga boletim epidemiológico sobre o sarampo

O Ministério da Saúde (MS), por meio da Secretaria de Vigilância em Saúde, apresentou os dados referentes à Semana Epidemiológica (SE), período compreendido entre 9 de junho e 31 de agosto de 2019, 24ª e 35ª semanas respectivamente. O boletim também divulga as recomendações do MS para subsidiar as ações de vigilância, prevenção e controle do sarampo no país.

No período entre 9 de junho e 31 de agosto de 2019 foram confirmados laboratorialmente um total de 2.753 casos, em 13 Unidades da Federação com transmissão ativa. A maioria dos casos (98,3% – 2.708) estão concentrados em 82,5% (99) dos municípios do Estado de São Paulo, na região Sudeste do país. A incidência neste estado é de 23,4 casos por 100 mil habitantes.

Outro fator preocupante refere-se aos óbitos em decorrência da infecção. De acordo com a Secretaria de Vigilância em Saúde, foram confirmados quatro óbitos, três no estado de São Paulo e um no estado de Pernambuco. Três óbitos ocorreram em menores de um ano de idade e um em um indivíduo de 42 anos. Nenhuma das pessoas era vacinada contra o sarampo.

O MS realiza ações conjuntas para o enfretamento do surto da doença. O bloqueio vacinal seletivo deve ser realizado em até 72 horas em todos os contatos do caso suspeito durante a investigação. Até agosto deste ano foram distribuídas, para todos os estados, o total de 18.371.890 doses e o estoque total até 3 de setembro de 2019 era de 2.332.752 doses. O consumo médio mensal no Brasil é de 1,9 milhões de doses. Ademais, foram distribuídas 8,2 milhões de doses adicionais fora da rotina.

Distribuição da vacina – O MS monitorará somente os insumos armazenados em estoque nacional e aqueles repassados às secretarias estaduais. O órgão informa que as unidades de saúde dos municípios devem acessar ao sistema na data registrada na fonte da tabela. O plano para monitoramento da dispensação dos Estados às Secretarias Municipais ainda está em desenvolvimento.

Por sua vez, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) reforça as ações de conscientização e informa que a vacina contra o sarampo está disponível no serviço de rotina das Unidades Básicas de Saúde (UBSs). A Vigilância Epidemiológica de Ilhéus ressalta que o município é um dos roteiros turísticos mais procurados do Brasil e por esse motivo é de suma importância que as pessoas se conscientizem e colaborem com a ação.

A atividade já imunizou funcionários, passageiros e transeuntes no aeroporto Jorge Amado e no Terminal Rodoviário de Ilhéus, além de funcionários da empresa OAS, responsável pela construção da ponte. A população com idades de 1 a 29 anos deve procurar as salas de imunização para receber as 2 doses da vacina tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola). Já as pessoas com idades de 30 a 49 anos, devem receber 1 dose da vacina tríplice viral. Os profissionais da saúde devem ser vacinados independentemente da idade.

As vacinas são seguras, contudo as contraindicações devem ser respeitadas mesmo em situações de surto de sarampo. Não devem receber a vacina contendo o componente do sarampo as gestantes, crianças menores de seis meses de idade e imunodeprimidos. O MS disponibilizará aos estados e ao Distrito Federal, cápsulas de Vitamina A na concentração de 50.000 UI, para casos suspeitos da doença em crianças menores de seis meses de idade.

Em virtude da fotossensibilidade da Vitamina A (palmito de retinol), o MS salienta ainda que os profissionais devem estar atentos às medidas de armazenamento, transporte e administração. Competirá aos estados o recebimento, armazenamento e distribuição aos respectivos municípios.

Recomendações do Ministério da Saúde – Reforçar as equipes de investigação de campo; fortalecer a capacidade dos sistemas de vigilância epidemiológica; produzir ampla divulgação midiática; estabelecer estratégias para implementações imediatas de ações nos casos importados de sarampo; entre outras. A vacina é a única medida preventiva eficaz contra o sarampo.

Ilhéus: Porto Sul estima colocar a Bahia como 3º maior produtor de minério de ferro do país

O Porto Sul será instalado em Ilhéus, no sul da Bahia, e colocará a Bahia como terceiro produtor de minério de ferro do País. A estimativa é da Bahia Mineração (Bamin), empresa responsável pelo projeto, que prevê produzir 18 milhões de toneladas/ano para o mercado internacional. Na tarde de segunda-feira (9), o prefeito Mário Alexandre recebeu uma equipe da TV Santa Cruz, emissora afiliada à Rede Globo para falar sobre o tema.

Quando perguntado sobre a expectativa de uma obra que beneficiará todo a Bahia, sendo Ilhéus a “cereja do bolo”, o prefeito classificou a obra como viável e promissora, principalmente na geração de emprego e renda. “São quase dez bilhões em investimentos, e isso gera uma expectativa na cidade. Ainda no primeiro semestre de 2020, acompanharemos o início dessa obra. Estamos lutando junto aos governos estadual e federal”, arrematou Mário Alexandre.

Passo importante – Os bons ventos do desenvolvimento cravaram avanços. Em Ilhéus, os resultados aproximam o projeto da sua concretização. Em maio último, o governador Rui Costa e representantes da Bamin assinaram o termo de unificação dos terminais do Porto Sul e a constituição da Sociedade de Propósito Específico (SPE), para a construção do empreendimento. A assinatura do termo permite o início do processo de desapropriações necessário à implantação do Porto.

A unificação dos terminais deve assegurar o aumento da eficiência operacional do Porto Sul, a partir do uso compartilhado, pelo Estado e a companhia, das estruturas marítimas e terrestres do equipamento. O projeto Pedra de Ferro, é um projeto greenfield integrado que inclui mina, ferrovia e porto, combinados a alta qualidade e tecnologia. A previsão de implantação da Mina Pedra de Ferro é para o segundo semestre de 2020 e das operações em 2024.

Empregabilidade – A obra do Porto Sul é considerada fundamental para a exportação do minério de ferro, proveniente da mina Pedra de Ferro, que fica no município de Caetité. Os empreendimentos devem gerar milhares de empregos diretos e indiretos na implantação, e 1.500 empregos diretos e 9 mil indiretos na operação. Comprometida com o desenvolvimento regional, a empresa tem como meta a contratação de pelo menos 60% da mão de obra local.

Para alcançar esta meta, a empresa possui um programa de qualificação profissional em parceria com o Senai, o Mina de Talentos, que tem como objetivo preparar a mão de obra local para as oportunidades de trabalho que surgirão nas regiões, tanto nas operações da BAMIN quanto em outros empreendimentos. O programa já qualificou mais de 1,3 mil trabalhadores e este ano já promoveu duas etapas em Ilhéus com 180 trabalhadores qualificados em funções que serão demandadas na construção do Porto Sul.

Sobre o Porto Sul – O Porto Sul, localizado no distrito de Aritaguá, na zona sul de Ilhéus, receberá as cargas transportadas pela Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL) para seguir para os mercados internacionais. O Estado da Bahia e BAMIN são sócios, com responsabilidade e papéis diferentes, no entanto ambos têm participação ativa nas decisões que envolvem o empreendimento.











rl consultoria




web