Como alguns dos mais importantes episódios da cultura popular brasileira, a eleição para definir a substituta de Carla Perez no conjunto musical É o Tchan ocorreu no “Domingão do Faustão”. Ao longo de algumas semanas, o povo conheceu as postulantes ao cargo. Habilidosas dançarinas, carismáticas figuras humanas e bem torneadas panturrilhas desfilaram no palco do programa e fascinaram a audiência. Depois do extenuante processo seletivo, a grande final foi vencida com louvor por Sheila Mello, que derrotou Daniela Freitas por ampla margem: a acachapante preferência de 62,9% dos votantes. Nossa heroína havia sido democraticamente eleita a Nova Loira do Tchan.

VEJA O VÍDEO:

Eis que 21 anos se passaram e você ainda completa o título supracitado com “é linda, deixa ela entrar”. Se bobear, lembra até das medidas que se transformaram em poesia na levada sem vergonha de Beto Jamaica e Compadre Washington. O que veio a seguir foi uma passagem meteórica. Bateu recordes de venda como capa de revistas masculinas, era presença garantida em programas dominicais de toda sorte, encheu estádios e viajou o mundo, tudo isso no exíguo espaço de 5 anos. Sheila relembrou com carinho a efeméride. Usando uma montagem feita por fãs, escreveu no Instagram: “Honrando a história desse shortinho azul e dessa menina cheia de insegurança, expectativa e sonhos!” Ninguém será capaz de contrariar tal afirmação.

De 2004 para cá, em carreira solo, com breves retornos ao conjunto que catapultou sua relevância no showbiz, mostrou seu repertório como atriz, participante de reality show, cantora e até youtuber. Entre os destaques, o inesquecível videoclipe da música “Água”, a passagem ruidosa pela segunda temporada de “A Fazenda” e o espetáculo “Sheilas sob as luzes”, em que dividiu o palco com a ex-parceira Scheila Carvalho. Luz na passarela que lá vem ela, há 21 anos passando para dar seu recado.

POR: Chico Barney