WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura ilheus camara ilheus prefeitura ilheus



dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
videos


:: 7/dez/2018 . 19:56

FITNESS: Suco seca barriga e elimina toxinas; aprenda a fazer

O suco de camomila, limão e espinafre ajuda o organismo a eliminar toxinas e diminui a gordura da barriga. Enquanto a camomila alivia a ansiedade, que pode levar à gula, o limão e o espinafre trabalham para queimar as gordurinhas.

Ingredientes:

3 saquinhos de chá de camomila

4 xícaras (chá) de água mineral

2 xícaras (chá) de espinafre picado

1 xícara (chá) de maçã com casca picada

1 xícara (chá) de pepino com casca picado

1/2 limão sem casca

Adoçante a gosto

Modo de preparo:

Faça o chá com uma xícara de água e reserve. No liquidificador, coloque o espinafre, a maçã, o pepino, o limão e o restante da água, bata até ficar homogêneo, acrescente o chá, o adoçante e gelo. Beba durante o dia.

POR: IB

PF mira quadrilha que recrutava estagiários de bancos para desviar dinheiro

A Polícia Federal (PF) deflagra, na manhã desta sexta-feira (7/12), operação para desarticular quadrilha que fraudava os sistemas informatizados de instituições financeiras com o intuito de desviar dinheiro. Estão sendo cumpridos quatro mandados de prisão preventiva e três mandados de temporária, além de oito buscas e apreensões em Brasília, Goiânia (GO) e São Paulo (SP). Só no último ano, ao menos R$ 30 milhões teriam sido desviados.
Segundo a PF, a organização criminosa recrutava estagiários e empregados terceirizados de bancos para que instalassem equipamentos para invadir o sistema dos bancos e ter acesso aos dados dos clientes, através de senhas de servidores das instituições financeiras. Com as informações, os criminosos transferiram valores de correntistas para contas de integrantes do grupo.
Além do DF, as investigações encontraram fraude em Alagoas, Rio Grande do Norte, Goiás, Santa Catarina e em São Paulo. O esquema foi descoberto pelos setores de segurança dos bancos, que repassaram as informações para a investigação da PF em 2016.
Ainda segundo a PF, o líder do grupo aproximava-se de pessoas ligados a delitos cibernéticos em cada um dos estados onde foram detectadas as fraudes. O acusado já havia sido preso pela prática de crimes semelhantes. Todos os mandados da operação foram expedidos pela 10ª Vara Federal da Seção Judiciária do DF.

Caminhoneiros se articulam em possível greve, após decisão de ministro do STF sobre frete

Após a decisão do ministro Luiz Fux do STF (Supremo Tribunal Federal), que nesta quinta-feira (6) suspendeu a aplicação de multas contra empresas que não cumprirem a tabela do frete, grupos de caminhoneiros voltaram a ficar agitados com a discussão de uma possível nova paralisação.

Um dos líderes do movimento ocorrido em maio, Wallace Landim, o “Chorão”, disse à reportagem que uma paralisação não está descartada, mas que só vai se posicionar sobre o assunto após conversar com a AGU (Advocacia-Geral da União). Ele tentará se encontrar com a advogada-geral da União, Grace Mendonça, ainda nesta sexta (7). O encontro, porém, não está confirmado.

 

“Eu só vou me posicionar depois que eu conversar com o pessoal da AGU. Mas não está descartado, não. Se precisar, a partir da próxima semana, a gente já está se articulando”, disse Chorão.

Por grupos de redes sociais, já corre uma convocação para mobilização na madrugada de domingo (9). O diretor do Sindicam de Ourinhos (Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens do Estado de São Paulo), Ariovaldo de Almeida Junior, pede que os caminhoneiros reflitam sobre uma paralisação de 24 horas.

“Gostaria de conversar com todos vocês para que a categoria dê uma resposta imediata a toda e qualquer ameaça aos nossos direitos, lutas e conquistas. Esse tipo de atitude não só nos prejudica, como coloca em cheque o próprio piso mínimo, como coloca em cheque a nossa dignidade, o nosso orgulho e tudo aquilo que fizemos”, escreveu.

A decisão de Fux impede que as empresas que não pagarem o valor mínimo estabelecido pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) para o transporte de mercadorias por caminhões sejam multadas.

Fux atendeu a um pleito da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) para analisar com urgência um pedido de medida cautelar que visava suspender a tabela do frete. A CNA alegou que a ANTT editou uma nova resolução em novembro com mais penalidades.

por: VN





web